Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Search the Community

    Showing results for tags 'subsidio'.

    • Search By Tags

      Type tags separated by commas.
    • Search By Author

    Content Type


    Forums

    • Finanças
      • Créditos
      • Bancos
      • Seguros
      • Imóveis
      • Incumprimento e Penhoras
      • Poupar dinheiro
      • Investimentos
    • Fiscalidade e Trabalho
      • Impostos
      • Segurança Social
      • Direitos do trabalhador
      • Trabalho por conta própria
      • Heranças
    • Geral
      • Apresentações
      • Diversos
    • Fórum
      • Regras

    Find results in...

    Find results that contain...


    Date Created

    • Start

      End


    Last Updated

    • Start

      End


    Filter by number of...

    1. Bom dia, tenho contrato de trabalho por conta de outrem e tenho atividade aberta para recebimento de serviços que presto que nada tem a ver com o contrato/empresa por conta de outrem. A minha dúvida é se alguma dia, tento em conta a situação de pandemia, e se chegar ao ponto de sair da empresa com a qual tenho contrato se tenho direito ao subsidio de desemprego estando a receber como trabalhador independente (ter atividade aberta e estar a receber, não regularmente) ou se terei que cancelar/fechar atividade antes de acontecer alguma coisa com o contrato de trabalho e não perder direito ao
    2. Bom dia, Gostaria de saber se me conseguiam ajudar facultando algumas informações sobre passar um recibo-factura através do acto isolado, enquanto estamos a receber o subsídio de desemprego, por favor. É possível? Se sim, quais as condições e passos para o fazer? Quando retomarmos o subsídio de desemprego após acabar o trabalho, é feito nova inscrição ou retoma-se o subsídio suspenso? Obrigado. Cumprimentos, João
    3. Trabalhei para uma entidade patrona com um contrato a termo incerto que cessou entretanto e solicitei o subsídio de desemprego. Para um trabalho especifico de curta duração a tempo inteiro (paragem de fábrica) fui contatado pelo ex-empregador. Poderi solici9tar a suspensão do subsídio de desemprego? Não existe uma regra que no caso de regressar ao trabalho para último ex-empregador perco o direito ao subsídio de desemprego?
    4. Bom dia Tenho um contrato de trabalho, iniciado a 14/03/2019, com a função de directora administrativa, celebrado a termo certo naquela data por um período de seis meses que foi consecutivamente renovado até à presente data e continua em vigor, dado que nunca houve denúncia por parte da entidade empregadora. Neste momento a entidade empregadora pretende fazer cessar o contrato de trabalho, no entanto alega, verbalmente, que o contrato celebrado inicialmente tem de ser alterado de forma a que conste a duração de um ano e assim garantir o meu acesso ao subsídio de desemprego. O
    5. Boa noite. Gostava de pedir vossa ajuda. Sou trabalhadora independente e acumulo com o trabalho por conta de outrem. Em 31/12/2020 fiquei despedida da empresa que fechou a atividade. A minha questão é: Ao pedir o subsídio de desemprego posso deixar a atividade aberta ou tenho que a fechar?
    6. Boa tarde, tenho uma questão. Requeri o subsídio de desemprego no dia 12 de Janeiro, sendo esta a data de entrada quando é que recebo o subsídio em conta? Obrigada
    7. Boa tarde, O meu subsidio de desemprego termina a 2/01/21, tentei ligar diversas vezes a segurança social para confirmar se terei o tal prolongamento do subsidio mas ligo e passada uns minutos a chamada cai. Queria se possivel que me confirmem se realmente me enquadro! Obrigado
    8. Boa tarde, Tenho informação que o subsídio de desemprego que termine em 2021 será prolongado por mais 6 meses. Tenho dúvidas no seguinte: como o meu subsídio terminou em 14 deste mês (dezembro), estou abrangida ou não?
    9. Guest

      subsidio desemprego

      Boa tarde Gostaria de obter uma informação relativamente ao Subsídio de Desemprego. Recentemente recebi a informação do valor a receber mensalmente pelo Sub. de Desemprego. A minha dúvida prende-se com o numero de meses que me foi aplicado o subsidio. A minha situação é a seguinte: actividade laboral de 01/01/2019 a 31/10/2020 despedida por extinção posto trabalho anteriormente estive a receber subsidio de desemprego de 01/01/2018 a 31/12/2018 01/01/2019 a 19/07/2019. Pretendo saber a qual duração de meses a que tenho direito. Obrigada pela ajuda. Sonia
    10. Diana Alves

      Subsídio de Desemprego

      Muito Bom Dia, Gostaria de obter uma informação relativamente ao Subsídio de Desemprego. Recentemente recebi a informação do valor a receber mensalmente pelo Sub. de Desemprego. A minha dúvida prende-se com os calcúlos efectuados para a apuração do mesmo. Nos últimos 6 meses estive em layoff e, aparentemente a SS contabilizou o valor das renumerações com base no layoff e não com base no meu salário bruto de contrato. Podem confirmar se está correcto? Uma vez que isto diminui bastante o valor final do Subsídio. Obrigada, Diana Alves de Sousa
    11. Boa tarde. Estou desempregado a alguns meses e recebo subsidio desemprego o qual não dá para o sustento da minha família. Meu irmão trabalha em Hong Kong e me ajuda através da empresa dele financeiramente todos os meses com 1.200 euros que me é enviado através de N26 conta esta que deposito na minha conta em Portugal. Estou a correr riscos com o fisco com esta situação pontual? Não tenho nenhum papel a indicar pois é uma ajuda familiar... Obrigado desde já.
    12. 1ª questão - Tendo trabalhado durante 360 dias nos últimos 24 meses para mais do que uma empresa, sendo que na ultima empresa trabalhou com um contrato de 6 meses que não foi renovado, o trabalhador dependente tem direito ao subsidio de desemprego? 2ª questão - Tendo o mesmo trabalhador 60 anos, com 39 anos de descontos, e tendo trabalhado 6 anos desde o ultimo subsidio de desemprego, utilizado no período total,, a quantos dias de subsidio terá agora direito?
    13. Boa tarde. Trabalhei de Abril de 2017 a Julho de 2020 numa empresa (assinei contrato em Abril e depois passei a efetiva ao fim de 12 meses. Despedi-me uma vez que já não tinha condições para continuar. Surgiu agora uma hipótese de trabalhar para outra entidade com um contrato de 3 meses. A minha dúvida é se findo esse contrato depois tenho direito a subsídio de desemprego? (Não sei se influencia mas estive de baixa de gravidez de risco de Outubro 2017 a Junho 2018 e depois de licença de maternidade até Outubro de 2018). Obrigada. Cristina Mateus
    14. Estou desempregada há relativamente pouco tempo. Residente no Arquipélago da Madeira. Pretendo mudar a minha residência para o Arquipélago dos Açores. Não estou a sair do país, logo não estou abrangida ao regime daqueles que procuram emprego na UE. Implica perder o meu subsídio por apenas mudar a residência. Continuarei no país e procurarei emprego também. Mas não quero ser penalizada pela mudança. Online não tem informações em relação à questão. Os telefones do Centro de Emprego e Segurança Social estão impedidos ou temos que aguardar horas. Para marcar presencialmente, temos que marcar vaga
    15. Guest

      Apoio covid ss

      Boa tarde, nos meses anteriores recebi apoio relativo à quebra de rendimentos. Este mês ainda não tenho qualquer resposta. Sabem quando vai ser pago? Já alguém recebeu? Obrigada
    16. Boa noite, Tenho uma dúvida para a qual não estou a encontrar nenhuma informação conclusiva. Trabalhei 12 meses por conta de outrem (no ano anterior fazia contribuições como trabalhadora independente). O meu contrato não foi renovado e o último mês (Abril) foi em Lay-Off. Após submeter o requerimento para o Subsídio de Desemprego, o mesmo foi Indeferido por "não ter 360 dias de trabalho por conta de outrem). Entrei em contacto com a entidade patronal, que me explicou que a S.S. demorava cerca de uma semana a assumir os descontos. Um mês e meio depois, no portal da Segurança
    17. Boa noite - Tenho 51 anos e estive a trabalhar durante 6 meses num part-time de 20 horas semanais, ordenado de 315€. - A empresa fez os descontos durantes esses 6 meses para a segurança social. - Nos últimos três anos só fiz estes seis meses de descontos. - Tenho direito a algum subsídio de desemprego? Qual o valor? E duração? Agradeço desde já a quem ajudar-me nestas questões. Fiquem todos bem!
    18. Diogo Carvalho

      subsidio socio não remunerado

      Bom dia Era trabalhador por conta de outrem mas por causa do COVID-19 fiquei sem emprego e agora recebo o subsídio de desemprego Fui convidado para fazer parte de uma sociedade por quotas, se for sócio não gerente e não remunerado perco o direito ao subsidio de desemprego? obrigado e cumprimentos
    19. Boa tarde a todos, Comecei a trabalhar numa multi-nacional no dia 2 de Dezembro de 2019 juntamente com outros 3 colegas que entraram respectivamente dia 2 de Dezembro, dia 29 de Novembro e dia 28 de Novembro. Os contratos foram todos assinados no primeiro dia de trabalho. Os meus colegas que entraram dia 28 e 29 de Novembro já receberam o subsídio de férias proporcional e subsídio de natal proporcional (devido ao fecho de contas do ano). No entanto eu e o meu outro colega que entrámos dia 2 não recebemos. Eu nem estava à espera de receber nada já, apenas 6 meses depois mas como os me
    20. Guest

      Subsídio de emprego

      Boas ,gostaria de saber se por algum motivo ficar aem subsídio, se sou alertada ..email...carta...segurança social direta..? Obrigado
    21. Boa noite. Estou grávida e o bebê nascerá em maio. Gostaria de saber como funciona o subsídio de parentalidade porque estive sempre a contrato só este mês e que mudei para recibos verdes. Joana Duarte
    22. Boa tarde, Venho por este meio, pedir esclarecimentos a quem tenha melhor formação que eu. Tive a informar me mas continuo com muitas dúvidas e os meus RH não me esclarecem. Trabalho numa empresa, onde estes por norma celebram contratos de formação de três meses e só depois contrato a tempo incerto. O que se passa é o seguinte: 1) Assinei o contrato a tempo incerto a dia 16/3/2019 , depois fui colada num outro protejo em que me obrigaram a fazer denuncia do contrato, para um outro com data de inicio à 20/3/2019. Por lei , temos direito férias após seis meses de contrato certo
    23. Boa noite, Neste momento encontro-me desempregado e a receber o subsídio de desemprego, porém recentemente inscrevi-me em alguns cursos estrangeiros e tenho que dedicar-me a tempo inteiro. A vida não está fácil para ninguém, mas penso que posso tirar algum proveito para o meu futuro, e como não quero ficar na posição de ter que rejeitar um emprego para seguir com os estudos ou vice-versa, a melhor opção será cancelar a minha inscrição no Centro de Emprego e consequentemente cessar o subsidio por parte da Segurança Social. Embora já tenha lido vários artigos, não consigo encontrar a re
    24. Olá a todos. Agradeço se alguém me pode ajudar a ajudar um vizinho meu. Passo a explicar: Ele teve uma actualização de renda para 500€ e eu ajudei-o a pedir o subsidio municipal de arrendamento por cumprir os requisitos. Ontem recebi no meu mail uma declaração com o subsidio recebido da CML_SMA pela pessoa em 2018 e que menciona: "Nos termos da alínea a) do nº1 do artigo 78.º-E do Código do Imposto Sobre os Rendimentos de Pessoas Singulares (CIRS), declara-se que fulano com o Nif tal beneficiou do Programa do Subsídio Municipal ao Arrendamento (SMA), criado pelo Regulamento do S
    25. Saudações A minha esposa tem uma empresa na qual é a sócia-gerente única. Vai vender a mesma empresa e a dúvida que temos é se tem direito ao subsídio de desemprego após a venda. Tem os descontos todos em dia. Desconta desde 2007. O processo é automático? Terá que a nova dona da empresa fazer algo (tipo despedir)?
    ×
    ×
    • Create New...