Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Search the Community

    Showing results for tags 'irs'.

    • Search By Tags

      Type tags separated by commas.
    • Search By Author

    Content Type


    Forums

    • Finanças
      • Créditos
      • Bancos
      • Seguros
      • Imóveis
      • Incumprimento e Penhoras
      • Poupar dinheiro
      • Investimentos
    • Fiscalidade e Trabalho
      • Impostos
      • Segurança Social
      • Direitos do trabalhador
      • Trabalho por conta própria
      • Heranças
    • Geral
      • Apresentações
      • Diversos
    • Fórum
      • Regras

    Find results in...

    Find results that contain...


    Date Created

    • Start

      End


    Last Updated

    • Start

      End


    Filter by number of...

    1. Guest

      Estado da minha declaração IRS

      Bom dia, Crio este tópico para partilharmos entre nós o estado das nossas declarações. IRS Automático Data receção - 31-03-2021 Data situação - 01-04-2021 Liquidação em Processamento Bons reembolsos! Cumprimentos Christophe Vieira
    2. Guest

      Irs e venda+compra hpp

      Boa noite, Em Agosto de 2023 comprei um imóvel por 180.000€ (recurso a crédito habitação de 90%). Estive de Agosto até Dezembro de 2023 (inclusive), a pagar mensalmente uma prestação de cerca de 850€/mês. Em Nov de 2023, vendi (por 145.000€) um outro imóvel, comprado em 2017 (por 40.000€). Em Dez de 2023, decidi abater 100.000€ ao empréstimo que tinha feito em Agosto. Tendo em conta estás transações, decidi fazer o IRS com recurso a um contabilista, para que tudo ficasse certo a nível de anexos e etc. De referir que no meu núcleo familitar o rendimento liquido mensal é
    3. Guest

      Ascendentes e Colaterais

      Boa tarde A questão é a seguinte: Tenho familiar Viúva 71 anos que têm consigo irmã de 69 com deficiência de + de 80% que recebe um subsidio de doença desde (quase) sempre e mais outro de inclusão. Está em casa da mais velha desde 2006 e durante o dia frequenta um centro de apoio. Pode a mais velha colocar ela como dependente colateral e poder de alguma forma usufruir de algum beneficio, pois as tarefas e despesas são grandes. Obrigado.
    4. Luis Alves - Aventuras

      IRS União de Fato ou Solteiro

      Bom Dia, Nós últimos anos faço o irs em conjunto com a minha companheira, em união de fato, com 2 dependentes. Este ano ao fazer as simulações, saltou uma dúvida, posso fazer uma declaração de irs com estado civil solteiro e adicionar os 2 dependentes e a minha companheira fazer outra declaração como solteira e sem dependentes ? é possível ou tenho que colocar sempre no estado civil união de fato ou casado ? Desde já Muito Obrigado,
    5. Guest

      Herança e o IRS

      O meu pai e mais 2 herdeiros venderam uma casa. Como proceder no IRS. O meu avô faleceu em 2005 e a minha avó em 2017, automáticamente passa o bem para os herdeiros? Não sei qual a data de aquisição colocar? Sei que o Valor patrimonial tem que ser nas finanças, mas pede se esse valor à data do óbito da minha avó?
    6. Olá a todos, procuro a vossa ajuda para esclarecer como a AT calcula o abatimento por mínimo de existência. Creio que as fórmulas estão no artigo 70º do CIRS, no entanto, não consigo encontrar coerência entre o existente no artigo e o valor apurado na minha nota de liquidação. Resumo a minha situação: Rendimentos globais = 9930€ (provenientes de rendimentos A e B ) - Escolhi opção englobar os dois rendimentos e tratar como se fosse A Deduções específicas = 4104€ Abatimento por mínimo de Existência = 2979,86€ Deduções à colecta = 288.86€ (250€ despesas gerais + outros) Benefício
    7. Guest

      IRS Não Residente

      Tenho mora fiscal num país da UE e declaro os meus rendimentos lá. Posso entregar uma declararção de IRS como não residente, em que constem esses rendimentos num dos anexos, ou, alternativamente, obter uma declaração de dispensa de entrega de IRS?
    8. Empregada doméstica pode estar como trabalhadora independente e passar recibos verdes segundo o regime de atividade B, ou tendo já outra atividade A por conta de outrem passar recibo a parte?
    9. Boa tarde Estou separada, mas ainda oficialmente casada. submeti o meu IRS com tributação separada. No entanto recebi uma carta das finanças com o erro "NIF DO CONJUGE EXISTE NOUTRA DR COMO DEP,DEP.GCONJ,AFILH/TIT,CONJUGE OUTRO AGREG(E09)". Como posso retificar isto? Porque a declaração obriga-me a por no quadro 6A 01 a por o contribuinte do meu conjuge.
    10. Guest

      irs não residente

      Boa tarde, Duvida: contribuinte nao residente só com rendimentos categoria H. No campo B optar pela tributação regime geral ou optar pelo regime dos residentes artigo 68 ou artigo 17. Qual a diferença e qual é mais benéfico. Obrigada
    11. Guest

      Anexo G Quadro 19

      Ontem tentei submeter o IRS com o benefício da isenção das mais-valias por reinvestimento total do valor da venda e o valor da simulação era igual com, ou sem, o quadro 19 incluído. Já alguém conseguiu usufruir desse benefício? Li algures que o simulador não estava a considerar o quadro 19.
    12. Boa noite, estou a preencher o meu IRS e no anexo B tenho de colocar o valor dos meus rendimentos enquanto trabalhadora independente, mas a minha dúvida é, nesse valor não devo juntar as faturas recibos que passei apenas com os valores de adiantamento por contadas despesas dos clientes, certo? Porque não foram rendimentos. Tenho de colocar esses valores em um quadro especifico?
    13. Boa tarde, Para os casos em que existem despesas de saúde comparticipadas pelo seguro, o seguro havia comunicado após pedido de informação que essas despesas deveriam ser alocadas nos Outros (Despesas Gerais). No entanto consultando agora no Portal das Finanças constata-se que as Finanças estão a abater o valor comparticipado pelo seguro ao total de despesas identificadas como sendo de saúde, ora as faturas das despesas que tinham sido comparticipadas tinham sido alocadas nas Despesas Gerais. Constatando agora a forma como as Finanças estão a fazer as contas, é ainda pos
    14. Guest

      IRS JOVEM

      Bom dia, A minha filha concluiu mestrado no ano de 2020 e, apesar de ter rendimentos nesse ano e em 2021, a declaração dos mesmos foi integrada com a do agregado familiar, no regime "normal". Somente a partir dos rendimentos obtidos em 2022 (i.e. declaração de IRS submetida em 2023), passou a declarar como independente. Por desconhecimento, estes rendimentos foram submetidos sem ser ao abrigo do IRS Jovem de que poderia beneficiar. Soube agora que deveria ter sido submetido ao abrigo deste regime, para poder continuar a usufruir do mesmo, uma vez que tinha 26 anos - idad
    15. Guest

      IRS Jovem

      bom dia, O IRS jovem pode ser aplicado a jovens estrangeiros considerados residentes em Portugal? Obrigada, Sofia
    16. Vendi em 2023 uma casa que herdei dos meus pais, obtendo uma mais-valia. Parte dessa mais valia utilizei para amortização do crédito da minha habitação própria e permanente. Poderei considerar um reinvestimento uma vez que se trata da minha HPP? E em caso afirmativo onde deverei registar essa situação no anexo G ? Obrigada
    17. Guest

      Grau de incapacidade 60%

      Boa tarde, Fui diagnosticado com incapacidade de 60% em Março de 2024, tenho beneficio fiscal na entrega da declaração de IRS este ano (rendimentos de 2023) ? Joaquim
    18. Joao Araujo

      Duvidas no reembolso

      Boa tarde. Peço imensa desculpa mas gostava, por favor, de ser esclarecido se é possivel no IRS de 2023 receber 1154,89€ quando no ano de 2022 recebi 1748,30€, 2021 1744,56€ e 2020 1994,49€? Será possivel uma tão grande discrepância ou poderá, eventualmente, haver um erro na obtenção do valor em questão ou erro no preenchimento da declaração Mod 3 do IRS? Melhores cumprimentos João Araujo
    19. Guest

      IRS Jovem

      Concluí o 12º ano em 2022 e trabalhei entre janeiro e junho de 2023. Ingressei na universidade no ano de 2023. Poderei usufruir do IRS Jovem após concluir a licenciatura? Ou, tendo já trabalhado, apenas posso usufruir na declaração de 2023?
    20. Boa tarde, A minha dúvida prende-se com os seguintes excertos dos vossos guias: "Atenção, se optar por deduzir a despesa da pensão de alimentos não pode deduzir as restantes despesas de educação ou saúde dos dependentes, nem a dedução fixa. Isto porque, perante a lei, estas deduções não podem ser acumuladas com a pensão de alimentos." e "As despesas com a criança não poderão ser deduzidas à colecta pelo progenitor que deduz a pensão de alimentos." Concretamente, como é que o SP garante que não está a "deduzir as restantes despesas de educação ou saúde dos dependentes"?
    21. Guest

      IRS - Mais Valias

      Boa tarde, Agradeço a vossa ajuda, no sentido de me esclarecerem como se deve proceder na seguinte situação: Um casal adquiriu uma casa em 2018 e venderam-na em 2022, dando indicação na declaração de IRS de que reinvestiriam, nos 36 meses seguintes, parte do valor da venda para amortização do crédito hipotecário, e outra parte para aquisição de uma nova habitação; contudo entretanto divorciaram-se e têm de declarar o valor reinvestido, mas cada um comprou a sua própria casa, considerando que já não habitarão conjuntamente. Neste caso como devem fazer? Cada um declara a sua parte
    22. Olá 👋🏼 preciso da vossa ajuda para confirmar que faturas posso apresentar na entrega do irs desde ano, dado que em 2023 vendi o meu apartamento. Fiz algumas remodelações (mão de obra familiar) no apartamento para que ficasse mais valorizado, troquei chão, os móveis da cozinha, pintei as paredes, coloquei um exaustor. Estas faturas de material podem ser contempladas na apresentação do irs? Obtive mais valias compra a venda do imóvel e estou a tentar apresentar o máximo de despesas na valorização do imóvel mas não sei exatamente o que posso apresentar. Desde já, obrigada.
    23. Guest

      Como declarar permuta de imóveis.

      Bom dia. Em setembro de 2023, permutei uma casa de segunda habitação por um apartamento destinado a arrendamento. À casa que permutei foi atribuído o valor de 285 000 euros (tendo sido adquirida em outubro de 2000 por 116 700 euros) e ao apartamento o valor de 162 500 euros. Do valor que recebi (122 500 euros) usei a totalidade para liquidar o empréstimo da minha habitação própria permanente. Pretendo saber como preencho os quadros 4 e 19 do anexo G. Obrigada. Cristina Vila Chã
    24. Susana_Santos_74

      Declaração IRS separado com filhos

      Boa tarde, Gostaria de ver esclarecido uma questão que me surgiu este ano, após simular a declaração de IRS em separado. Estou em união de facto com o meu companheiro há 25 anos e temos 2 filhos em comum. Ambos temos rendimentos e nenhum dos nossos filhos trabalha. A minha questão é caso opte por entregar a declaração de IRS em separado, como devemos declarar os nossos filhos? Devem ser declarados apenas numa das declarações IRS? Se sim, qual o critério de escolha, ou seja, podemos ser nós a decidir em qual declaração colocar ou há uma regra? Se há uma regra qual é essa reg
    25. Joao Manuel Santos

      Cálculo de Mais valias na venda de imóvel

      Boa tarde. Eu e os meus irmãos vendemos, em 2023, 1/2 de um imóvel que era dos meus pais e que ainda se encontrava indiviso. O meu pai faleceu em 1986 e a minha mãe em 2015. A minha questão é como apurar o valor de aquisição, para cálculo das mais-valias, sendo certo que na caderneta predial o valor tributário, à data de 2021, era de 101.000 €. A metade do imóvel foi adquirida pelos meus pais por volta do ano de 1966. Obrigado.
    ×
    ×
    • Create New...