Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Search the Community

    Showing results for tags 'irs'.



    More search options

    • Search By Tags

      Type tags separated by commas.
    • Search By Author

    Content Type


    Forums

    • Finanças
      • Créditos
      • Bancos
      • Seguros
      • Imóveis
      • Incumprimento e Penhoras
      • Poupar dinheiro
      • Investimentos
    • Fiscalidade e Trabalho
      • Impostos
      • Segurança Social
      • Direitos do trabalhador
      • Trabalho por conta própria
      • Heranças
    • Geral
      • Apresentações
      • Diversos
    • Fórum
      • Regras

    Find results in...

    Find results that contain...


    Date Created

    • Start

      End


    Last Updated

    • Start

      End


    Filter by number of...

    Found 873 results

    1. Boa tarde, gostaria da vossa ajuda porque estou com muitas duvidas sobre o cálculo das mais valias. Em duas chamadas para as finanças, fizeram-me contas e deram contas diferentes a ambos, e cada um diz uma coisa diferente. Fiz simulações de mais valias em simuladores online, mas também me dão valores estranhos e sem sentido. Aqui vão as minhas contas: Contruí uma moradia em 2016. Como foi auto construção com muitas sub-empreitadas já há algum tempo, não tenho facturas de nada e muita coisa fui eu fazendo e não sei bem calcular custos. Por isso vamos assumir o valor da compra como valor patrimonial que são 166.000 euros. Vou vender a casa no inicio de janeiro por 350.000 euros (valor da venda), e devo ainda 100.000 ao banco. Portanto, pelas minhas contas, o meu cálculo de mais valias será: 350-100 = 250 mil euros - 166 mil euros, o que me dá um "lucro" de 84 mil euros. As mais valias deveriam ser calculadas a partir daqui, certo? Até aqui parece-me limpinho. Agora o problema. Vou reinvistir este valor na compra um apartamento em Lisboa que tem um custo de 400.000 euros, e vou recorrer ao banco em 200.000 euros. Como tal vou investir 200.000 euros meus, e deveria ficar sem mais valias para pagar impostos delas, certo? Em todos os simuladores me dizem que vou ter que pagar mais valias ainda assim sobre os 84.000 euros. há aqui uma nuance.. o apartamento ficará em nome de duas pessoas, e será para Habit. propria permanente, pelo que percebo que para as finanças eu só vá entrar com metade do valor, e a outra pessoa com a outra metade. Mas mesmo que assim fosse, eu iria investir 100.000 euros de capital próprio, o que devia cobrir os 84.000 de mais valias do lucro da venda. Em todo o lado me dizem que vou ter que pagar impostos, quando na verdade não vou ter qualquer mais valia e ainda vou ter que pedir dinheiro adicional ao banco para comprar o novo apartamento, após investir a minha mais valia. Alguem consegue esclarecer o que terei ou não que pagar nesta situação? muito obrigado desde já, Tiago Silva
    2. Boa tarde, herdei uma casa do meu pai que faleceu recentemente. Moro eu próprio em casa arrendada. Posso passar a minha morada fiscal/HPP para a casa do meu pai, vender de seguida e assim usar as mais-valias num reinvestimento de uma casa que venha a comprar nos próximos 36 meses? Encontrei este artigo, que parece validar o que digo, http://www.netconsumo.com/2016/07/vendi-uma-casa-herdada-tenho-que-pagar.html Gostava era de ter 100% certeza, pois nas finanças não me souberam dar uma resposta assente em leis e artigos... Obrigado e Cumprimentos
    3. gastao

      Agregado familiar

      Na última declaração do IRS o meu agregado familiar era composto por mim e a minha filha, em com 18 anos, que era estudante. Há cerca de meio ano a minha esposa faleceu. A minha filha esteve a estudar no ensino superior no ano letivo 2018/19. Este ano letivo não continuou os estudos e tem estado a trabalhar com trabalhos temporários. A minha dúvida é a seguinte: Em 2020, ao fazer a declaração do IRS referente a 2019, a minha filha ainda pode fazer parte do agregado familiar?
    4. Guest

      Venda de imovel doado

      Ola gostaria se expor uma situação, venda de um imóvel que foi doado! O valor patrimonial do imóvel doado é de 50.000 mas a venda foi dlrealizada por 20.000. Na declaração de irs que devo fazer? Uma vez que foi doado vou ter uma tributação sobre o valor patrimonial ou uma vez que apesar de ser doação a venda foi inferior ao seu valor e tenho uma menos valia e não estou sujeito a tributação? Obrigada fico a espera de uma ajuda Cumprimentos Inês
    5. Bom dia Vou abrir actividade como trabalhador independente passando recibos verdes mas tenho algumas questões. Criando um cenário: 800€ bruto por mês, quanto (em percentagem) é que terei que descontar para a Segurança Social e IRS mensalmente? Qual será o meu valor líquido mensal? Obrigado
    6. Arlete Silva

      Venda de eucaliptos

      Boa tarde, O meu pai é reformado e este ano vendeu eucaliptos no valor de 1.750 euros. O comprador é uma empresa e penso que irá emitir fatura com a designação de autofacturação e irá entregar o IVA ao Estado. Como deverei declarar este rendimento no IRS do meu pai? Obrigada. Cumprimentos,
    7. Fábio Costa

      É necessário alterar a morada fiscal?

      Boa tarde a todos. Desde o início deste ano (2019) estou a dividir apartamento com mais 3 amigos. No entanto não alterei a minha morada fiscal . Gostaria de saber se consigo ter direito ao reembolso de 15% no IRS ou preciso de alterar a morada fiscal. E, se mudar a morada fiscal agora, recebo os 15% desde janeiro ou só de novembro e dezembro? Os recibos da renda estão a ser emitidos diretamente no site das finanças. Muito obrigado pela atenção!
    8. Guest

      IRS gratificações

      Bom dia, espero que me consigam ajudar, a minha empresa declarou no meu rendimento gratificações, quando as mesma faziam parte do esquema comissional, agora as finanças vieram dizer que tenho de corrigir os anos nos quais isso aconteceu. A empresa não deu escolha, íamos receber as comissões desta forma e pronto. Estava na alínea 402 e agora vai ter de passar para 401. Isto é vai alterar e muito as declarações. Alguém pode ajudar no que posso fazer?
    9. Ricardo Almeida

      Taxa retenção 2019

      Tenho esta situação: Trabalho dependente (continente) 2 dependentes Unido de fato (ambos trabalham) A minha situação alterou se para 2 dependentes, a contabilista da minha empresa aplicou a taxa irs do quadro de casado/2 titulares. Está correto? Ou deve ser o quadro de não casado! Já estamos juntos à muito tempo, a morada fiscal à já 8anos, e à 6 anos 1 dependente, mas sempre foi aplicada a taxa de nao casado. Também está correto ou está mal. Se está mal, sei penalizado pela empresaoi finanças por ter tido uma tributação errada? Desde já o meu obrigado pela atenção.
    10. Guest

      Taxa retenção 2019

      Tenho uma situação que se está a passar e gosta de ver satisfeita uma curiosidade! É o seguinte. Tenho um novo dependente, agora são 2, não casado e em união de fato e trabalhador dependente. A contabilista da empresa aplica a taxa de retenção sobre a tabela de casado/ dois titulates! Está correto ou a taxa de incidir na tabela de não casado? Grato pela ajuda.
    11. É possível compensar as perdas nas vendas dum imóvel com os lucros de outro no mesmo ano? Vendi um imóvel (apartamento) com lucro de cerca de 20.000€ que tinha adquirido em 1993 e vendi uma loja que adquiri no mesmo ano com um prejuizo de cerca de 35.000€, ambos vendidos este ano, 2019.
    12. TPimpao

      Valor à data Doação

      Boa tarde, Gostaria de obter alguma ajuda para tentar perceber o cálculo das mais valias de um imóvel doado em vida. A formula é conhecida e a minha dúvida esta no "Valor de aquisição". Valor de venda – (valor de aquisição x coeficiente de desvalorização da moeda) – encargos com compra e venda – encargos suportados com valorização do imóvel (nos últimos 5 anos) Qual o valor que deve ser considerado no "Valor de Aquisição"? Na caderneta perdial tenho um "Valor patrimonial total" de 100.000€ e na certidão permanente tenho um "Valor tributável" de 50.000€ Obrigado, TP
    13. Guest

      Trabalhar remotamente para o UK

      Boa noite, Vou assinar um contrato sem termo com um empresa inglesa, sediada em Londres, UK. Esta empresa não tem representação legal cá. Trabalharei para esta empresa a partir de Lisboa. Como devo proceder para legalizar os impostos e segurança social cá? Devo "registar" o contrato nalgum lado ou informar alguém? Obrigado, J.
    14. Boa tarde. Ha alguns sites a anunciar que existem novas retenções sobre as rendas, segundo a duração do contrato. No site abaixo, dizem que a partir de 1 de janeiro de 2019, a taxa de IRS aplicável às rendas é diferente consoante a duração do respectivo contrato de arrendamento (nova redação do artigo 72.º do CIRS, introduzida pela Lei n.º 3/2019, de 9 de janeiro). Já liguei para a Autoridade Tributária duas vezes e na primeira chamada disseram que a lei não está em vigor, na segunda disseram que está.... Como é que têm em consideração na entrega de IRS, no ano que vem, estas questões dos contratos terem X tempo de duração? Será que vai funcionar mesmo? Estou a pensar fazer contratos novos aos meus inquilinos, com mais tempo de duração para usufruir do decréscimo das taxas, mas não sei até que ponto a lei está em vigor. Alguém pode ajudar? Muito obrigada. Duração do arrendamento Taxa de IRS Taxa IRS (por igual renovação) Inferior a 2 anos 28% De 2 a 5 anos 26% -2 pontos percentuais até 14% De 5 a 10 anos 23% -5 pontos percentuais até 14% De 10 a 20 anos 14% Superior a 20 anos 10% https://www.economias.pt/taxa-de-irs-sobre-rendas/
    15. Boa noite Preciso de uma pequena ajuda da vossa parte, ou seja um aconselhamento. Passo a explicar a situação: Tenho uma casa a qual se encontra desabitada e no ano passado (Setembro) pediram me, se podia alugar Expliquei a pessoa que a casa não tinha condições, pois estava suja e precisava de ser pintada. depois lá cedi e aluguei a casa por uma renda simbólica (120€) da qual não tirei nenhum lucro, pois ao banco pago quase 200€ da prestação. Acordamos que no mês de Outubro a pessoa não pagava renda, pois iria limpar e pintar a casa. Não fiz nenhum contrato o que se falou foi apenas de boca, pois era uma situação urgente pois a senhora em causa dizia que era mal tratada pelo ex marido. Tb não fui as finanças declarar essas rendas. Este Verão o pagamento da renda da casa começou a falhar e o que é certo É que tive de meter a senhora na rua pois já não era a 1ª vez que me falhava com o pagamento da renda Resumindo: Aluguei casa sem contrato e sem declarar essas rendas nas finanças. Pedi o pagamento das rendas em atraso, caso contrário teria de falar com um advogado para me tratar da situação. Já não pedi o arranjo das coisas que ficaram destruídas em casa, então a senhora em causa falou que ia as finanças fazer queixa de mim. A minha pergunta é: o que devo fazer nesta situação? São 8 meses de renda a 120€ cada e 2 meses e meio de rendas em atraso com água e luz, o que da um total de 418€.... Já agora vou emprestar a casa a uma amiga, apenas ira pagar água e luz, devo fazer contrato apenas entre nós 2 ou devo informar tb as finanças?
    16. Bom dia, Tenho uma dúvida e preciso de ajuda. Na empresa onde trabalho evolui na progressão na carreira no mês de Julho, mas só neste mês de Setembro é que pagaram os retroactivos do mês de Julho e Agosto e o subsidio de férias de Agosto. Acontece que no vencimento deste mês de Setembro os retroactivos que deviriam sofrer retenção pela diferença relativamente ao que foi retido no mês em causa não foi, englobaram tudo e aplicaram uma taxa de IRS bem superior ao deveria ter sido. Dando o exemplo no mês de julho a taxa aplicada foi de 18.8% com o retroactivo deveria ter sido aplicada a taxa de 20.9%, mas como pagaram tudo junto a taxa aplicada foi de 23%. Já no subsidio de férias acertaram para a taxa correta, ou seja corrigiram de 18.8% para 20%. Gostaria de saber onde poderei encontrar o artigo do IRS relativamente ao pagamento dos retroactivos, de forma a ser ressarcido. Obrigado.
    17. Guest

      Reinvestimento Imóvel

      Bom dia, Eu e a minha esposa temos: - Casados desde Fevereiro de 2019 - Morada Fiscal de ambos na Habitação A desde 2017 - IRS Feito sempre como Solteiros - Habitação A comprada em 2003 por mim - Habitação B comprada em 2018 pela esposa. Pretensão: - Vender a Habitação A - por oportunidade única de negócio - Vender a Habitação B - por oportunidade única de negócio - Comprar Habitação C para uso comum Questão: - Verifica-se isenção da tributação das mais-valias tendo em conta que o objetivo é comprar Habitação C comum? ou - Mais-valia isenta de tributação em virtude da Habitação A ter morada fiscal comum, mas a venda da Habitação B é tributada visto não ser a morada fiscal comum? Agradeço ajuda.
    18. Guest

      Condições Para Casado 1 Titular

      Viva, Pretendia saber se é possível passar a ter os descontos como “Casado - Único Titular” sabendo que: - o meu cônjuge está numa condição de Licença sem vencimento; - temos uma casa arrendada (com tudo devidamente declarado). Muito obrigado. FF
    19. Bom dia, Solicito a vossa ajuda para um esclarecimento relativamente a declaracao de reinvestimento de mais-valias, decorrentes da alienacao e subsequente compra de habitacao propria permanente. 1) Segundo meu entendimento, apos alienacao de habitacao propria permanente e existindo mais-valias, o sujeito passivo beneficio de um periodo de 36 meses para proceder ao reinvestimento das mesmas, em nova habitacao propria permanente, correcto? 2) E igualmente meu entendimento que, devera ser declarada em sede de IRS a intencao de reinvestimento das mais-valias, sob a forma do montante que se pretende reinvestir, correcto? 3) Assumindo que a venda da habitacao propria permanente gera mais-valias no valor de 100.000 euros, que existe intencao de reinvestimento das mesmas na totalidade e que essa intencao se reflecte na declaracao de IRS, o que acontece caso no prazo dos 3 anos, o sujeito passive apenas reinvista e.g., 80.000 euros, apesar de ter declarado a intencao de reinvestimento de 100.000 euros? Muito obrigado!
    20. Joana Cardoso

      E-Fatura - Trabalhador misto

      Bom dia, Suscitou-me uma dúvida sobre a devida identificação de faturas através do portal E-fatura. Ora, sendo um trabalhador por conta de outrem mas com atividade aberta na area da saude para prestação de serviços não superiores a totalidade de 10mil €. Aquando a idenficação das mesmas é possivel colocar algumas como " no ambito da atividade prossional total ou parcial"? Obrigada pelos esclarecimentos,
    21. Guest

      Informação

      Boa noite, tenho dois part times um durante a semana e outro ao fim de semana, gostaria de saber se tenho que pagar IRS, pois nunca fiz visto que juntei dois part times recentemente, recebo de volta de 800 euros dos dois, qual é o valor que vou pagar de irs?
    22. Guest

      "Vale Infância", Vencimento e IRS

      Boa tarde, a minha entidade patronal propôs-me entregar "Vales Infância" todos os meses, enquanto "ajuda" ao pagamento da creche do meu filho! Acontece que tenho montes de dúvidas sobre estas ajudas nomeadamente: - se eu receber de vencimento 400€, por hipotese, e o "vale infância" for de 100€, isso quer dizer que só declaro, para o IRS, 300€? - O "vale infância" é um valor que fica "cativo" no vencimento para aquele fim especifico (creche) ou recebo na mesma os 400€ e os 100€ são uma ajuda adicional da empresa como complemento ao vencimento? - Para efeitos de descontos e para apuramento da declaração anual do IRS, que implicações é que têm estes "vales"? Declaro menos, logo, irei receber menos de IRS? - E como ficam todas estas contas no caso de eu ter actividade aberta (ou seja, sou trabalhador dependente e independente)...que vantagens/desvantagens tenho eu nestes vales? Alguém com as mesmas duvidas que tenha tido respostas? Cumprimentos
    23. Ricardo2028

      Mudar morada fiscal a meio do ano

      Boa noite, Desde o início do ano que me encontro a habitar numa casa arrendada. Por desleixo, apenas agora estou a tratar do processo de mudança de morada fiscal. A minha pergunta é se, no IRS do próximo ano, todas as rendas serão consideradas para efeitos dedutíveis ou apenas de agora em diante, com a morada fiscal alterada. Obrigado desde já pelas respostas,
    24. manimeica

      Rendimento colectável IRS

      Boa tarde, Como trabalhador independente, guardo parte dos meus rendimentos especificamente para entregar ao fisco em abril do próximo ano. Como é dinheiro que fica parado, quero estimar o melhor possível os valores, para investir o resto. Como posso calcular o meu rendimento colectável a partir do meu rendimento bruto? Tenho considerado 100% dos meus rendimentos brutos são colectáveis mas penso que essa percentagem está mais próxima de 80-90%. 2. Como posso estimar as deduções? 3. É possível fazer simulações do meu IRS para 2019 no portal das finanças (sem submeter)? Obrigado desde já!
    25. luiscorreia31

      Venda casa porteira

      Adquiri um imóvel em 2012 (3º andar) num prédio com casa da porteira. Em 2019, essa casa da porteira foi colocada em propriedade horizontal e vendida, tendo cada condómino recebido a sua parte do valor total. Gostaria de saber como e onde declaro o valor por mim recebido no IRS 2019 e se tenho alguma vantagem em usar o valor recebido da venda para amortizar o crédito à habitação que tenho do 3º andar e assim diminuir o valor a tributar. Obrigado e cumprimentos
    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa