Ir para o conteúdo

Actividade últimas semanas

A apresentar todo o conteúdo publicado nos últimos 15 dias.

This stream auto-updates     

  1. Hoje
  2. Housers

    O minimo é 50€, que é o minimo que podes meter por negócio. Depois de eles validarem a conta podes investir por cartao de crédito (MB Net), basta seleccionar a oportunidade, escrever 50 euros no valor e depois escolher cartao de crédito e pagar. E os 50 euros de bonus ficam logo disponiveis.
  3. Fundos de Investimento / IRS

    Essa conversa dos u.m baralhou-me um bocado. O melhor é pensar sempre em termos de UPs e valor de cada UP. O melhor é olharmos mais em concreto para as várias transações que fez. As UPs que vendeu em 2013 foram vendidas por um preço superior ou inferio ao valor de compra? Se foi por um preço superior então nesse ano deveria estar sujeito a mais-valias que terá pago nesse ano. Se foi inferior, então teve menos valias, as quais podiam transitar e abater mais-valias que tivesse nos dois anos a seguir, caso optasse pelo englobamento de rendimentos. Uma vez que se passaram muitos anos nunca poderia abater essas menos-valias agora, pelo que se vendeu estas últimas UPs a um preço superior às que comprou em 2010-2013, então será tributado.
  4. Cartões de crédito - Melhores benefícios

    Acabei de perguntar no chat de assistencia da Cofidis, e no cofidis conta 1 ano a partir do momento em que o contrato entra em vigor. Cumprimentos,
  5. Ontem
  6. Robocash

    e entrei bem devagarinho vamos lá ver se entretano aquilo cai lá.
  7. Fiscalidade de vendas de "garagem"

    Obrigado parm, Sim de facto faz todo o sentido a analise que efectuou. Fico completamente esclarecido, concluindo que não existe nada a pagar ao fisco.
  8. Posso deixar de ser Cabeça de Casal?????

    o cabeça de casal não pode vender nada nem tomar grandes decisões sobre a herança, só pode administrar o dia-a-dia aliás para vender o que quer que seja todos têm que assinar , ou então alguns ou algum tem que ter uma procuração dos outros que não podem estar presentes na escritura - o cabeça de casal é apenas a pessoa que trata, p.ex., de marcar a escritura de venda ( acordando as datas com os outros herdeiros e com os compradores ), que fala com o notário ou com a conservatória para tratar da burocracia respetiva, etc. , sempre dando conhecimento aos outros e não tratando de nada que não tenha sido acordado com todos: está totalmente impedido de vender ou alienar o que quer que seja pertença da herança até porque a sua assinatura não é suficiente, tem que ser todos. para mudar o cabeça de casal por falta de cumprimento das suas obrigações basta todos os restantes herdeiros juntarem-se e, se estiverem de acordo, designarem um outro de entre eles para a função destituindo o anterior, e formalizando isso junto das entidades intervenientes , p.ex. Finanças, Notário, etc se não houver acordo entre os outros herdeiros então pode haver um problema pois ter-se-á que seguir as regras - ou seja normalmente o cabeça de casal será o mais velho, p.ex.. ,no entanto poderás sempre escrever ao cabeça de casal a exigir prestação dos esclarecimentos que entendas necessários e contas e sabendo que sem a tua assinatura nenhuma decisão de venda ou alienação de património da herança pode ser tomada, ou mesmo de aceitação de encargos financeiros para a massa da herança, p.ex. tratando-se de um imóvel o cabeça de casal não pode decidir fazer obras e gastar dinheiro sem ter o acordo de todos os outros
  9. Seguro habitação

    Tipicamente o seguro devia cobrir o custo da reconstrução (nem o valor de compra nem o valor patrimonial, portanto). Se for um seguro associado ao empréstimo habitação é comum ir sendo actualizado em função do valor em dívida e não do valor da casa... Será o caso? O que deve fazer é entrar em contacto com a sua seguradora e, por um lado, confirmar as condições do seguro que tem e, se for caso disso, renegociar o mesmo...
  10. Licença parental Inicial exclusiva do pai

    Questões relacionadas com a interpretação do Código de Trabalho podem ser colocadas à Autoridade para as Condições do Trabalho, não passam pela Segurança Social...
  11. Camaras de filmar no local de trabalho

    Se as camaras estão colocadas em locais em que violem o direito à privacidade/intimidade pessoal dos trabalhadores (como locais onde as pessoas se despem para trocar de roupa, casas de banho, vestiários, etc) então estão a cometer uma ilegalidade. Se assim for, informem a entidade patronal que não aceitam tal situação; ou então apresentem queixa na Comissão Nacional de Proteção de Dados e/ou na Autoridade para as Condições no Trabalho.
  12. Fundos de Investimento

    Ou seja tirando 28% a esses 13% e tirando 8% aos 9,42% do PPR alves ribeiro + os seus benefícios no IRS, anda ela por ela. Daqui a 10 anos veremos quem ganhará.
  13. Taxa de Poupança

    Não há vontade. Os instrumentos motivacionais (punições e recompensas) existentes na Administração Publica são extremamente débeis e como tal dão origem a que todo o sistema seja pouco eficiente (a maioria dos funcionários limita-se a cumprir o mínimo exigível); só com mais e mais recursos se consegue colmatar em parte essa ineficiência. No que no sector privado se faria com um funcionário, na AP são precisos 2 ou 3. Além disso, geralmente na AP não se faz rigorosa parcimónia no uso do erário nem dos meios/bens do Estado ("não é meu, que se f*da"). O funcionamento do Estado tem tanta areia na engrenagem (porreirismo, corporativismo, clientalismo, politiquismo partidário, "quintas", jogadas sindicais, corrupção, falta de boa supervisão/fiscalização, tolerância aos abusos de direitos e à incompetência, baixa exigência produtiva, lideranças distituidas de autoridade, etc) que a maioria das novas maçãs que caiam no cesto da AP rapidamente apodrecem em contacto com as maçãs veteranas. Se o mesmo se passasse em qualquer empresa privada, esta ia rapidamente à falência; contudo com o fluxo ininterrupto de recursos provenientes dos impostos/espoliação legal/injustiça organizada, o Estado vai-se aguentando.
  14. Banco CTT

    Igualmente, aproveitei quando o DP a 5 anos do BNI Europa dava 2,50%. Não tenho cartão.
  15. Última semana
  16. ouro físico ou etf?

    Olá a todos. Estou a pensar em investir (entre outras coisas) um pouco em ouro físico, mas de tudo o que leio fico com uma dúvida: em caso de necessidade futura como fazer para vender sem ter que ir ao uma loja de ouro e perder 10 ou 20% do valor? É que a ter que vender aí não me parece grande investimento "na prática". Algum conselho, além de "não invista em ouro físico"?
  17. P2P - Tópico Geral

    Por acaso também gostaria de saber mais sobre os documentos com valores para declarar-mos em sede IRS. Alguém que já esteja metido nisto e que já tenha feito!?
  18. Recusa em passar relatório

    Bom dia. Fui vitima de um atropelamento em 2015 em que o seguro da viatura assumiu toda a responsabilidade, fui tratado nesse âmbito pela seguradora em hospitais e clínicas privadas. A seguradora deu-me alta no inicio deste ano. Contactei 3 médicos a solicitar relatório clínico, 2 passaram relatório, 1 negou o pedido invocando que devo fazer o pedido via seguradora. A questão que coloco é se é legal negar um pedido destes ao lesado? Obrigado.
  19. Herança - Deserdar

    A não ser que renunciem à herança, este continua a ter de ser dividida por todos os herdeiros. Se a mãe conseguir vender o apartamento tem de repartir o dinheiro da venda com os filhos. Por exemplo, se a casa estava em nome do casal, 50% da casa já é da mãe. O resto é dividido igualmente pelos 3 (mãe e filhos). No total 16.5% para cada filho e 66.5% para a mãe.
  20. Alternativas a um crédito consolidado não aprovado

    Ainda bem. Em relação ao cartões, depois de ter a vida em ordem financeiramente, o Black da Cetelem deve ser para manter, já que desde que se pague sempre o saldo no fim do mês permite ter 3% de desconto nas compras de super/hipermercados e restaurantes. Já o da Wizink, depois de ter a dívida saldada dê-lhe um chuto no traseiro que poucas vantagens tem e pelos vistos a política deles não é de encorajar.
  21. Declarar menos-valias

    Boa tarde. No caso de se ter uma menos-valia na venda de acções, o reporte da mesma tem vantagens em escolher o englobamento? Ou seja, vai contar para todos os rendimentos ou apenas para os rendimentos da categoria G? No caso de reporte de menos-valias e mais-valias, no mesmo ano, em que sentido, as menos-valias vão permitir que as mais-valias não paguem imposto? exemplo: menos-valia de 1000 euros. e mais-valia de 500 euros. isto quer dizer que os 500 euros não vão ser tributados e sobram 500 euros para o ano seguinte ser descontado em outras mais-valias? ou o "desconto" dos 1000 euros incide sobre o valor tributado de mais-valia (28% x 500). sobrando o restante para os próximos anos? por fim, optar por englobamento implica dar acesso às contas bancárias à autoridade tributária? obrigado.
  22. Retenção - Imobiliária

    Bom dia, A quem me puder ajudar, agradeço esclarecimento nas seguintes situações: 1º) Se o inquilino fôr uma empresa pessoa coletiva, e o senhorio fôr também ele uma empresa pessoa coletiva, com CAE secundário 68200 (Arrendamento de bens imobiliários), o senhorio está dispensado de emitir fatura com retenção. E terei que mencionar na fatura o artigo 97º, nº 1, alínea g do CIRC. Correto? Estou a fazer a correta interpretação do artigo? 2º) E no caso do senhorio ser uma empresa em nome individual, também com CAE secundário 68200 (Arrendamento de bens imobiliários)? Também está dispensado de fazer retenção? Qual o artigo?
  23. Em https://www.igcp.pt/fotos/editor2/2017/CPTM_Taxas_de_Juro/10_TAXA_JURO_CTPM.pdf já se vê uma taxa de 6,88% (acréscimo de 1,88%) para as subscrições de Outubro 2013.
  24. Residência Fiscal e Rendimentos no estrangeiro

    Se não quiser ser tributado em Portugal pelo que ganha em Angola, é importante que a sua morada no Portal das Finanças seja a de Angola. Não interessa o que tem no cartão de cidadão, na carta, no banco e noutros documentos. Sendo Angola (fora do espaço Europeu), vai ter de nomear um representante fiscal residente cá. Um irmão, uma avó ou, na ausência destes, um profissional. Se for cidadão Português, poderá também pedir na embaixada em Luanda, um documento que ateste que está em Angola a residir. Nunca se sabe! Tenha em atenção que, se beneficiar da dispensa do pagamento do IMI numa casa que declarou ser a sua residência habitual em Portugal, esta insenção entrará em contradição com a declaração de residência no estrangeiro, pelo que será melhor pedir o fim desse benefício. Se paga IMI no imobiliário que cá tem e não sabe o que é a insenção de IMI para habitação própria permanente ou se tiver nenhum imobiliário em seu nome, não se preocupe com esta parte.
  25. Partilha de Herança

    Muito obrigado pela atenção.
  26. Pois, nesse aspecto tens razão e faz algum sentido sim .. Mas se essa situação da Alemanha for verdade, quem são os proprietários das casas para arrendamento a preços acessíveis ? Apenas os "patos bravos" construtores alemães ?
  27. reformado português a viver no estrangeiro

    Mas o que fazer para não sermos tributados em Portugal? Acho até que a SS não devia sequer fazer retenção na fonte.
  1. Carregar mais actividade
×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa