Ir para o conteúdo
  • FORMAS DE POUPAR

  • Leaderboard

    1. Rick Lusitano

      Rick Lusitano

      Utilizador


      • Pontos

        30

      • Contagem de conteúdo

        281


    2. 5coroas

      5coroas

      Utilizador


      • Pontos

        22

      • Contagem de conteúdo

        1.283


    3. D@vid

      D@vid

      Utilizador


      • Pontos

        17

      • Contagem de conteúdo

        8.013


    4. Patanisca

      Patanisca

      Utilizador


      • Pontos

        11

      • Contagem de conteúdo

        749



    Conteúdo Popular

    A apresentar conteúdo com maior reputação desde 18-10-2018 em todas as áreas

    1. 3 points
      No Best acho que até já abrem por videochamada mas não sei como funciona. Os PPRs que falaram, para mim os dois melhores, há um terceiro também na 1ª página que é um fundo também mas com garantia de capital, podem ser subscritos no Banco Invest ( AR PPR ) e no Novo Banco ou Best ( NB PPR ), Best talvez tenhas a vantagem de não pagares comissões de manutenção. Analisa bem os dois, e vê o que te pode ser mais favorável para esses 20 anos, por exemplo, o AR PPR a longo prazo tem superado tudo e todos, mas foi muito devido ao ano de 2012 onde aproveitaram muito bem o mercado obrigacionista, no curto prazo perdeu algum fulgor em comparação com o NB PPR, este último vai alterar a politica de investimento e vai poder apostar ainda mais em acções, não devíamos só olhar para rentabilidades, mas fica as rentabilidades anualizadas para comparação: AR PPR: 2018: -1,32% 1 Ano: -1,30% 3 Anos: +5,19% 5 Anos: +7,70% 10 Anos: +10,29% NB PPR: 2018: +0,56% 1 Ano: +2,66% 3 Anos: +3,09% 5 Anos: +5,18% 10 Anos: +6,79% Olhando bem para os números, quero em crer que de facto, se não fosse o ano de 2012 onde o AR PPR ganhou quase 50% e o NB 23%, que os resultados do NB PPR seriam melhores em todos os prazos, de salientar também que o NB PPR se tem mostrado menos volátil ( 4,17% ) do que o AR PPR ( 5,50% ).
    2. 3 points
      Já repararam que a Mintos está com loan originators tipo iuvo? (só que a iuvo tem alguns loans com melhores taxas de juro) Ou seja, cada vez mais, os originators só pagam no BuyBack, o capital investido e os juros iniciais, mas não pagam os juros do período de atraso dos loans. (Na iuvo, o BB é só no capital investido) Estive a fazer uma razia nos AutoInvest, a limpar os originators ranhosos. Há originators que num país só fazem BB do capital inicial e juros iniciais, mas no mesmo grupo, o originator pode ter subsidiárias que fazem o BB completo. Exemplo: GetBucks nas subsidiárias africanas, nada de juros no período de atraso, mas a GetBucks na subsidiária da Polónia paga tudo. Há originators que compensam com late fees ( "Penalty Income" ), mas é sempre abaixo dos juros do atraso que teriam que pagar, há originators que nem late fees pagam. Se ordenerem por "Interest income on delayed payments", veem logo quem paga juros do atraso ou não. https://www.mintos.com/en/loan-originators/#details
    3. 3 points
      É sobre criptomoedas, mas pode ser aplicado para algumas plataformas de P2P. 😀 Vídeo de 1 minuto. Banano_Cryptocurrency.mp4
    4. 2 points
      Pelo menos até aos valores anuais que dão direito ao máximo de beneficios fiscais e em complemento de outras formas de investimento, na minha opinião, penso que é boa ideia, contudo as circunstancias da vida e a personalidade das outras pessoas podem diferir das minhas e eventualmente não lhes compensar o risco/retorno ou ficarem "presos" ao PPR. Se eu pudesse voltar atrás teria feito um PPR logo desde inicio da minha vida laboral. Nunca é cedo demais para começar a poupar/investir, pois quanto mais tempo estivermos dentro mais hipóteses temos de obter maiores rentabilidades. 100 euritos por mês x 540 meses (45 anos) + mais valias + beneficios fiscais, sempre se acumula alguma coisa para gastar na reforma nos remédios para o reumatismo.
    5. 2 points
      É uma péssima razão para não o fazeres; não achas que tendo em conta o que está em causa (maior ou menor rentabilidade x 20 anos) não deverias contrariar essa "preguiça" ou seja lá o que te leva a não te apetecer, e apostar no melhor produto existente presentemente no mercado? Olha que por vezes fugir da "trabalheira" tem elevados custos, sobretudo quando estamos a falar em rendimentos que acumulam num longo prazo. Nisto de investir com sucesso é importante usar o máximo possivel a racionalidade ( e mesmo assim nada é garantido) e não sucumbir aos nossos "apetites" e zonas de conforto. Abres uma conta conjunta e depois subscreves 2 PPRs, um para cada titular, só assim ficas habilitado a obter o máximo de beneficios fiscais.
    6. 2 points
      É raro usar os AI, excepto quando sou obrigado (um pouco contra vontade), por exemplo, na Swaper (excesso de procura para a oferta de loans) e na Robocash (por não existir outra alternativa de compra). Eu gosto de ver debaixo do capô dos loans, não caso com qualquer uma que apareça à frente (programa da TV). A Grupeer está a se aproveitar da fome dos investidores e do contágio da Mogo/Lendo/Mintos. A Mintos está a provocar uma corrida para baixo, nas taxas de juro do sector P2P Lending. O que é curioso, é que quando as taxas de juro estavam baixas no mundo inteiro nos produtos tradicionais, os investidores arriscaram para ter melhores taxas, que as P2P ofereciam, agora que as taxas de juro sobem (nas obrigações, hipotecas, depósitos e restante mercado monetário) nos EUA e resto do mundo por contágio, é que as plataformas começam a baixar as suas taxas de juro. E eu a pensar que as subidas de taxas de juro no mundo iria trazer maiores taxas nas P2P e talvez mais defaults, e eis que acontece o oposto. Se não vejamos, se tiverem obrigações governamentais/certificados ou até mesmo corporativas a dar por exemplo 6% de TANB, será que vão arriscar nas P2P dos bálticos a 9% ou 10%? Será que o diferencial (prémio de risco) é suficiente para compensar o risco? Será o principio da bolha da P2P? Como aconteceu à cerca de 1 ano com as criptos? Com a cada vez maior exposição mediática »»»» Mais investidores/dinheiro »»»» Maior cash drag »»»» Menores taxas de juro (Imaginem que em vez de valor/preço de 1 activo, é o volume de entradas de novos investidores/dinheiro, em sentido contrário são as taxas de juro. É assim que rebentam as bolhas mas também os esquemas Ponzi. ) DISCLAIMER: Continuo a investir nas P2P, mas para mim, existem limites de risco vs. retorno. Se vou arriscar tenho de ter o prémio de risco associado. E para mim, P2P Lending bálticos têm de dar no mínimo 11% (que com juro composto e outros truques, andará perto dos 12%). Sell the news, buy the rumors...
    7. 2 points
      Novos loans na Grupeer, mas se abrirem, verão que são: 1 - O mesmo empréstimo divido em 4 tranches (método usado para os empréstimos de imobiliário, de elevados montantes) = investir nos 4 loans não diversifica nada, apenas aumentamos 4x a exposição ao mesmo risco 2 - Não são empréstimos "Business Loan" como indicado pela plataforma, mas sim empréstimos de imobiliário "Development Project" Se forem ver este originator, a Primo invest SIA, é o mesmo originator dos outros empréstimos imobiliários na Noruega (14% »» 13%) e Bielorrússia (14% »» 15%). Agora, Republica Checa a 12%. A Grupeer já nem se dá ao trabalho de colocar as imagens do imobiliário, contas e dados relevantes para a construção. O pessoal anda cheio de fomeca, que come tudo sem ver ou analisar os projectos. Os AI ajudam a ter investidores cegos e obedientes.
    8. 2 points
      E outra coisa que muita gente não se apercebe, mas que é extremamente importante: A segurança informática das plataformas. Estou em 7 P2P, e apenas uma delas tem autenticação de 2 factores disponível e apenas há coisa de 1 mês, a Mintos. Todas as outras apenas basta abrir o site e o Chrome até se encarrega de fazer login automático. Basta ter um backdoor instalado a correr no sistema, qualquer hacker entra facilmente no browser e acede às contas de forma "legítima" e sem deixar rasto. Nas Exchanges de crypto, existem mais do que duas camadas de segurança, então a Coinbase é mesmo agressiva no que toda às políticas de segurança, ainda bem. Logins com 2FA, operações de resgates temporizadas, apresentação de prova física, etc. Nos nossos online banking portugueses, temos cartões matriz, autenticação 2 factores SMS, e códigos de entrada baseados em posição numérica. Bastante seguro. Nalgumas P2P, onde muitos de nós guardam somas avultadas, basta user/pass e indicar o IBAN de destino, voilá. E não esquecer a questão da morte ou inabilidade para movimentar as contas P2P. Se um parente próximo precisar de aceder às contas, não acredito que seja uma coisa simples de se conseguir, até mesmo por causa da jurisdição que é aplicada no país onde os fundos estão investidos. Portanto meus caros, P2P é muito giro, discutimos aqui muito sobre taxas porreiras e tal, mas acredito que a maior parte dos investidores nem sequer esteja ciente dos riscos elevadíssimos destas práticas. Eu considero isto mais arriscado do que criptomoedas. E estou investido e experimentado nos dois tipos de investimento. Stay safe!
    9. 2 points
      - Camelos, cabras, ovelhas e colheitas na Somália e Quénia = Retornos da venda dos animais, do leite e das colheitas = ROI 10-40% https://ari.farm Moedas usadas: USD, BTC Tens este artigo sobre a Ari.farm: https://www.investitin.com/investing-sheep-goats-camels/ - Galinhas e colheitas de cereais na Nigéria = Retornos da venda dos animais e das colheitas = ROI 8-25% https://www.farmcrowdy.com Moedas usadas: NGN São plataformas de países pobres mas têm app para Android e iOS, ou contrário de muitas plataformas europeias e britânicas conhecidas. (Yep, temos que nos habituar, o Reino Unido vai sair da Europa, vão ser apenas mais umas ilhas no Mar do Norte, como a Islândia e as Ilhas Faroé.) Escusado dizer, que para além do risco cambial, principalmente na NGN e na BTC, existe risco de guerras, conflitos sociais, golpes de estado, inflação, fome, seca, risco de burlas, risco de liquidez, riscos legais, riscos políticos, etc..
    10. 2 points
      E o mais curioso foi que meses antes do mês de Dezembro, haviam já muitos a avisar ( desta vez com gráficos e análises etc. ) que estava por dias a Bitcoin cair, recordo até os vários gráficos a comparar com o gráfico das "bolhas", e mesmo assim fecharam os olhos.
    11. 2 points
      A maioria das vezes acho que simplesmente deveríamos reconhecer humildemente que não temos a capacidade de adivinhar o futuro de algo tão complexo como a evolução dos mercados bolsistas. Por exemplo a História está replecta de momentos em que as bolsas reagiram precisamente ao contrário do que se esperava; as pessoas tendem a não assimilar que o que é mau para uns pode ser bom para outros e vice-versa. Pessoalmente, presto mais atenção aos comportamentos dos investidores do que aos eventos ou fake-eventos económicos ou políticos. Iminente, com i inicial, se refere a alguma coisa que está prestes a acontecer, muito proximamente ou imediatamente Eminente, com e inicial, se refere a alguém ou alguma coisa superior, excelente, ilustre, de grande importância
    12. 2 points
      Mas quem quiser investir na agricultura, directamente e também contribuir para um mundo melhor, também conheço outras 2 plataformas para investir em: - Camelos, cabras, ovelhas e colheitas na Somália e Quénia = Retornos da venda dos animais, do leite e das colheitas = ROI 10-40% - Galinhas e colheitas de cereais na Nigéria = Retornos da venda dos animais e das colheitas = ROI 8-25%
    13. 2 points
      Já viram o novo visual da EstateGuru? Bonito, não acham? 😉 Bastante user-friendly, simples, transparente, mais organizada, mais funções, mais bonita. (Exemplo do meu portfolio.) Abaixo o mercado de empréstimos imobiliários, como podem ver com taxas mais atractivas que muitas plataformas de P2P Lending (Viventor, Viainvest, Twino, PeerBerry, etc) e com potencialmente o risco mais reduzido quando comparado com os BuyBacks (quando os há, e valem o que valem). Os empréstimos costumam "voar" em minutos, o AutoInvest é indispensável para apanhar loans de montantes mais reduzidos, os loans de maiores montantes (várias centenas de milhar de euros) demoram um pouco mais e poderá dar para investir manualmente se desejarem. A EstateGuru já era considerada quase a "Mintos do imobiliário", agora para ser a "Mintos do imobiliário" só falta apenas o Secondary Market (não é que sinta a sua falta). A EstateGuru é uma das empresas usadas como exemplo de inovação pelo Governo da Estónia, quando faz road-shows no estrangeiro. Desde de 2014 (uma das plataformas mais antigas, mais antiga que a Mintos, Twino, etc), intermediou 515 loans de imobiliário e só teve até 2 loans com defaults, mas foram recuperados rapidamente os valores com a venda dos terrenos/edifícios e entregues aos investidores, com ZERO de perdas para os investidores, o que foi bom para observar como a EG procede nestes casos. Ao contrário de várias plataformas, a EstateGuru tem escritórios em vários países (não são apenas números de telefone), incluindo em Londres, Reino Unido. Quem tiver interessado em se inscrever na EstateGuru, deixo o meu referral, (Bónus de 0.5%): https://estateguru.co/portal/login/auth?userPromotionCode=EGU45629
    14. 2 points
      Na minha opinião começamos a ter neste momento muitos sites de p2p lending e semelhantes, e o risco de alguns serem apenas "esquemas" para angariarem o nosso dinheiro está a aumentar. Não sei se já ha regras para estes sites poderem serem criados, mas o melhor será fazer uma investigação decente antes de lá colocarem o vosso dinheiro caso contrario, quando vier uma nova crise global (que virá) vamos andar todos de mãos à cabeça pois perdemos todo o dinheiro investido na p2p que agora desapareceu. Não se baseiem apenas do que um amigo disse ou no que leram num forum, investiguem!
    15. 2 points
      O que há de pior: - regime politico/económico misto (ou seja uma mistura de socialismo que sobrevive às costas do capitalismo mas que ainda por cima "morde na mão que o alimenta") e que se traduz por uma excessiva interferência do Estado na vida das pessoas e das empresas, redistribuição forçada da riqueza produzida, Estado pouco eficiente, burocrático e à mercê de interesses de lobbies, Partidos, Sindicatos, etc, ou seja muito vulnerável à corrupção e à má governação; enfim, não anda muito longe do que se passa no Brasil, só a escala é outra. - Na maioria da população existe pouca ambição, eventualmente derivado da cultura predominante que herdámos, ou seja uma mistura de Cristianismo/Socialismo que alicerçados numa base de inveja/ressentimento leva as pessoas espicaçadas pelos Media a desprezar o mérito, o sucesso, o esforço, a independência, a liberdade individual e a enaltecer a vitimização, a igualização forçada para baixo e o parasitismo.
    16. 1 point
      Boa noite Tenho este site debaixo de vista desde o Verão e para já está tudo a correr 5 estrelas! Trata-se de um site de descontos em várias lojas com um funcionamento tipo Grupon (negoceiam com as lojas aderentes descontos para compras em quantidade). O site teve origem em Italia em 2014 e neste momento dá descontos em várias lojas (Portugal incluido) em vários paises europeus (Itália, Espanha, Alemanha, França, etc). Para já em Portugal apenas tem disponível um vale de desconto para a MediaMarkt, mas podemos comprar vales em algumas lojas Espanholas e Italianas (Decathlon, Amazon, Netflix, Cepsa, El corte inglés, Bitnovo, etc.) Destas lojas acima para já utilizei vouchers sem problemas na Cepsa (existe uma lista de postos aderentes), Decathlon (todas), Bitnovo (para comprar bitcoins), Amazon (amazon.es) e Mediamarkt (todas). Para já estas foram as que consegui experimentar sem problemas, provavelmente outras funcionarão. Como obter os vouchers com desconto? Aquando ao registo ganhamos cerca de 5 euros como bónus de boas vindas. Depois ganhamos uma quantia (cerca de 30 centimos) por dia só por visitarmos o site. Se nos registarmos no inicio do mês (agora) e visitarmos o site diariamente (só abrir a página não temos que fazer mais nada) chegamos ao fim do mês com cerca de 12,5 euros que já dá para comprar um voucher de 25 euros com 50% de desconto :). Para perceberem melhor a mecânica do site podem vistar o link https://poupaeganha.pt/desconto-em-combustivel/ onde está tudo muitissimo bem explicado. Se quiserem se increver e não se importarem de usar o meu link de refererido agradeço https://www.sixthcontinent.com/citizen_affiliation/316463/1 Qualquer dúvida que possa esclarecer disponham Bons descontos
    17. 1 point
      Em Outubro/2017 já estava com demasiada pujança ("Viagra Power Phase"). Quase que dá para sobrepor 2 gráficos. Só falta a fase aonde vai abaixo da sua média, ("Blow off Phase").
    18. 1 point
      Actualização do status das minhas p2p (ultima actualização a 08/08): Raize: Continuo em retirada lenta devido ao constante atraso dos restantes loans mas já restam menos de 100€ na conta Twino: Todas as noites batem loans de 10 e 11%, o lançamento dos resultados de 2017 e Q1,Q2,Q3 de 2018 está para breve, tudo normal Mintos: As taxas parecem começar a querer subir lentamente, desde Agosto que o meu foco é baixar o avg term dos meus loans(de 22m para 10m) - www.mintos.com/en/ref/7IO3KW RoboCash: Com novos originators e aumentando o valor dos loans espero continuar a manter o drag baixo e a rentabilidade alta Grupeer: Começa a ficar mais dificil de apanhar novos loans devido ao maior número de utilizadores e a não usar autoinvest por causa da redundância de loans (vários loans para o mesmo projecto) - à parte disso continua a ser a casa que mais rentabilidade me dá - https://www.grupeer.com?invited_by=grp_100959 Peerberry: A cumprir, sem cashdrag, ligeira quebra na rate para 11% Lenndy: A cumprir, sem cashdrag, rate fixou em 12% para buybacks - https://system.lenndy.com/?LRK6y22 EstateGuru(RE): Estou em vias de ter o meu primeiro default e na expectativa de ver como a situação se vai resolver, se tudo correr como esperado é para reforçar - https://estateguru.co/portal/registration/signup?userPromotionCode=EGU42300 CrowdEstate(RE): Estou contente, updates periódicos sobre os loans, taxas altas, nada a apontar Iuvo: Única nova adição desde o último update, esta à excepção das outras entrei em força para chegar ao bónus de 90€(já creditado). Segui algumas dicas para ter rentabilidade alta devido ao buyback não cobrir prestações em atraso e tou com boa rentabilidade - Se alguém precisar de referral enviem me o vosso email por msg (30€ ao chegar aos 1k, 60€ aos 2.5k) Próximos passos: Para 2018 já fechei a loja e não pretendo reforçar ou entrar em mais nenhuma plataforma, para Janeiro vou fazer um rebalanceamento do montante nas plataformas, levantando numas e depositando noutras. Até essa altura também vou ponderar entrar na Bulkestate, Envestio e Fastinvest (as 2 high risk high reward da moda). Também estou a pensar começar a fazer o meu tracking das p2p num CRM customizado por mim em vez de Excel para tirar partido das funcionalidades de reporting
    19. 1 point
      o tópico é de produtos de capital garantido e a lista é dos PPR de capital garantido. O Invest AR não é de capital garantido.
    20. 1 point
      Que ETF's vão aproveitar para comprar nos saldos?
    21. 1 point
      Não posso falar por outros mas eu mantenho o que disse, não a considero boa e não me parece que valha o risco. Existem muitas opções mais fiáveis no mercado e não vejo razão para arriscar o meu capital aí por causa de mais uns pontos percentuais, mas cada um sabe de si e onde põe o seu dinheiro.
    22. 1 point
      Eu faço o mesmo, tento a todo o custo não ser clientes dessas empresas. Até a Via Verde já deixou de usar o 707 🙏
    23. 1 point
      @GMCristiano Obrigado pelos updates. Posso dizer que a tua aplicação é a mais realista para quem quer efetuar um plano de amortizações CH ao pormenor (possível) Estou a organizar todo um plano de crédito, poupança e investimento a nível pessoal, a pensar no futuro. Na parte do crédito, a questão da amortização veio ser solucionada pela tua aplicação. No meu caso, estipulei uma idade em que gostaria de me ver livre do CH. Fui jogando com o valor a amortizar (que me é possível) e cheguei a uma conclusão da idade final e um plano de amortizações. Aproveito para dizer que no ActivoBank a amortização mensal é fácil no homebanking. Escolhe-se o valor a liquidar, a data e voilá. Os "botões de -1% e +1% Encargos com Seguros" no relatório vieram adicionar precisão ao plano. Faço uma simulação no homebanking com os meses de CH normal, e outra com os meses de CH amortizado. Vou jogando com os botões para ajustar o valor dos seguros às simulações. Acredito que para quem não está familiarizado com créditos habitação, spreads, encargos, seguros etc, a aplicação possa parecer complicada devido a ter muitos inputs. Talvez teres dois modos, um básico e outro avançado. Apenas um reparo no relatório, no painel "Crédito com Amortização Mensal Antecipada", o tópico "Amortização de Remanescente" ao final poderá confundir um pouco. Ou seja a conclusão final deveria ser o MTIC. (Não sei onde colocarias a outra informação). No caso em que não se selecciona a checkbox de "Amortizar Remanescente" no formulário inicial, é mais óbvia a informação do relatório "Se Aplicada Amortização de Remanescente", pois vem seguido da conclusão MTIC e é quase que uma alternativa ao plano. Pensando bem, quando a opção "Amortização de Remanescente" no formulário estivesse ativa, acho que nem colocaria essa informação no relatório. Mais uma vez, bom trabalho.
    24. 1 point
      Boas Patanisca, De facto quando entrei na UIVO fiquei com a mesma sensação, no entanto posso contar a minha experiência, inicialmente nada recebia por late fee, no entanto desde este mês que tenho recebido algumas moedas pelos late fees. Esta plataforma tem um bonus bem apetitoso, 90€ "caídos do céu" é bastante bom. Faz-me lembrar a altura dos bonus das casas de apostas, onde deu pra encher bem o pote.
    25. 1 point
      25 x 4,06% = 1,15€ brutos 1,15€ / 360dias x 30 dias = 0,10 € brutos no primeiro mês 0,10€ x 0,72 = 0,07€ líquidos a receber de juros no primeiro mês No entanto não se esqueça que no segundo mês já não tem os 25,00€ aplicados, pois a Raize vai-lhe pagar uma parte do capital juntamente com os juros na primeira prestação, ou seja, no segundo mês, terá de fazer a mesma conta, mas tendo por base o valor que terá então investido no periodo.
    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa