Ir para o conteúdo
  • FORMAS DE POUPAR

  • Leaderboard

    1. Rick Lusitano

      Rick Lusitano

      Utilizador


      • Pontos

        57

      • Contagem de conteúdo

        720


    2. Nuno Silva

      Nuno Silva

      Utilizador


      • Pontos

        22

      • Contagem de conteúdo

        129


    3. Plataformas De Crowdfunding

      Plataformas De Crowdfunding

      Utilizador


      • Pontos

        21

      • Contagem de conteúdo

        119


    4. D@vid

      D@vid

      Utilizador


      • Pontos

        17

      • Contagem de conteúdo

        8.197



    Conteúdo Popular

    A apresentar conteúdo com maior reputação desde 23-02-2019 em todas as áreas

    1. 6 points
      Tirando um fundo que já tenho há quase 2 anos, o caixagest, eu entrei mais a sério nos fundos apartir de agosto/setembro do ano passado, como podem imaginar, acertei em cheiro na pior altura para entrar! De todo o modo, antes de entrar li muito, incluindo todo este tópico, pelo que sabia que corria o risco de ter entrado na pior altura. Tudo o que eu li ajudou-me muito, tanto a não me preocupar muito com as perdas e não entrar em tentação de resgatar, bem como em ter tomado duas decisões que no caso correram bem. As duas decisões foram 1 ter investido cerca de 1/3 num fundo ligado a saúde que para além de ter boas rentabilidades caiu menos de metade do mercado na crise de 2008. Nesta queda aconteceu o mesmo, apesar do Sp 500 ter caído 20%, este fundo caiu apenas 10%. 2 – investi num fundo de obrigações essencialmente do governo dos EUA, este fundo está atualmente com 5% de ganho. Na realidade com a recuperação que já ocorreu, se eu não tivesse feito estes 2 passos estaria na mesma, visto que os fundos que caíram mais também recuperaram mais. Contudo o aspeto psicológico é importante, e o facto de ter minimizado as perdas também me ajudou a estar calmo, ainda para mais que sou novato e ainda não tenho ganhos para aguentar as perdas. Devo muito a todos vocês, por me terem dado bases para entrar de forma mais consciente e conhecedora no mundo dos fundos.
    2. 5 points
      XIRR Para quem quiser calcular os retornos das plataformas P2P (e não só, aqui a imaginação é o limite ) coloquei um ficheiro de Excel que faz isso em: https://financialawarenessforall.wordpress.com/extras/ Enjoy
    3. 4 points
      Fiz esta planilha no Google Sheets para me ajudar a definir o autoinvest da Mintos. Ela mostra o que foi ofertado nos últimos dias na Mintos, os juros e prazo dos loans de um LO. Funciona apenas para loans com buyback e em Euro. Além disso, é bem pesada (não deve rodar em smartphone). Vou deixar disponível só por alguns dias. Para experimentar, você precisa fazer uma cópia. https://docs.google.com/spreadsheets/d/1tUVAeV1aBz_d9nt2KzJrNDU_ZwFzY1-kKJdEbgRAmX4/edit?usp=sharing
    4. 4 points
      A crowdestor já respondeu sobre o fundo, já será qualquer coisa em caso de falência de algum borrower: "Here is more about our BuyBack fund: In order to maximize the financial security for Investors in case of default by the Borrowers, CROWDESTOR has decided to introduce a New Program called 'Buyback Guarantee Fund'. The aim of the Program is to safeguard the Investor's proper return in case the Borrower is subject to default. The Program will operate as follows: 1. CROWDESTOR makes an initial investment in the Buyback Guarantee Fund an amount of EUR 50,000. 2. Since 1st of March 2019, CROWDESTOR is devoting a commission of 1-2% from each project that is funded via CROWDESTOR Platform into the Buyback Guarantee Fund. 3. We expect to reach the pool value at EUR 100,000 by the end of 2019. 4. In case of a default of Borrower, the Platform will compensate all Investors, in a proportionate amount, according to Distribution Rules of Buyback Guarantee Fund, their contributions to the particular project. 5. The current standing of funds available in the Buyback Guarantee Fund at any given time will be published on the website. In summary, the Buyback Guarantee Fund will operate in a roughly similar way to the Deposit Guarantee Funds of credit institutions operating in the EU Member States. While being a start-up crowdfunding entity, CROWDESTOR constantly strives to offer to its client's various instruments aimed for improvement of the Investors' risk standing in an overall balanced and structured approach."
    5. 4 points
      Estão a chorar pela seca na Mintos?! Hoje não me queixo, mais de 500 paus em loans com taxas de juro de 14% e com desconto mínimo de -0.2%. SALDOS NA MINTOS Se forem agora ao SM, encontram montes de loans com taxas de juro de 14% e com desconto!!! Tem é que se filtrar os loans da Ucrânia e outros que não pagam juros nos lates. E tirar também os loans em Grace Period. Total disponível depois de filtrado = perto de 1000 loans a desconto com YTM de 72% e shorters (PS: Ao contrário de quem diz que eu ando sempre a colocar referrals, também dou dinheiro a ganhar a quem me lê. Temos que nos ajudar uns aos outros. Há de existir muitos que sabem de novidades e não dizem nada. )
    6. 4 points
      Fiz um pequeno "botox" na primeira página. Nos fundos de obrigações saiu pelo menos um da Pimco, o Total Return, e foram colocados dois, Pictet Eur Government e Pimco GIS Income. Nos de Tesouraria retirei um que estava já "morto", o antigo ES Tesouraria, e coloquei o inevitável CaixaGest Liquidez, o maior fundo Português. Nos fundos mistos também foram retirados alguns, ainda não foi desta que achei que deveria retirar o Nordea Stable Return haha, e colocados novos, o inevitável Acatis Gané ( para mim actualmente um dos melhores fundos do mercado ) o MFS Prudent Wealth e um da Allianz. Nas acções, foram retirados alguns que tinha sido alvo de fusão e que deixaram de ser tão interessantes, e basicamente foram colocados dois, Legg Mason e Allianz AI. Nos PPR também decidi mexer, já estava a começar a ser pouco parcial em não colocar um fundo da Optimize, constantemente nos tops de PPR do mercado, em tantos que eles têm acabei por colocar um mais agressivo com uma média de 4,5% ao ano nos últimos 10 anos. Novamente volto a dizer que a 1ª página é de longe algum top de fundos, continuam a serem apenas alguns fundos que ao longo destes 7 anos de tópico tenho achado interessantes. Tenho ideia que de todos os fundos, apenas os PPR AR Invest e BPI Reforma Acções não se encontram disponíveis no banco que ao longo destes anos tem sido o meu banco de investimento, e sendo este um tópico "pessoal" é normal que acabe por colocar fundos com os quais tenho mais afinidade, outros haverão tão ou talvez até mais interessantes noutros bancos, é apenas uma questão de procura.
    7. 4 points
      Para ter o maior controlo possível dos empréstimos onde investimos utilizo um AI por loaner, de forma a conseguir gerir a diversificação, taxas e prazos segundo a minha estratégia. Neste momento, tenho 30 AIs activos, com os principais configurados desta forma:
    8. 4 points
      Então é apenas uma questão de matemática: amortize o crédito (habitação ou o do carro) cujos juros forem superiores, ou invista se encontrar um investimento que supere o valor dos juros dos créditos (não se esqueça no entanto do risco inerente). Não sendo possível pagar o carro a pronto, e se os juros deste crédito forem os mais elevados, então procure amortizar este crédito o mais rápido possivel. Mas pondere se necessita mesmo com urgência desse carro familiar ou se pode aguentar mais uns anos com o que tem agora ou comprar um usado mais em conta. É uma decisão muito importante a tomar para quem não é rico. Não se deixe cegamente seduzir pelas alegadas facilidades do crédito. Não há almoços grátis.
    9. 4 points
      Concordo amigo Cardoso, Nos investimentos como na vida em geral, acho que nunca "temos" nem sabemos tudo, o importante no nosso caminho é irmos desenvolvendo as nossas aptidões e aprendendo com os erros (os nossos e os dos outros). Eu tanto gosto de investir nas subidas como nas quedas, dependendo das circunstancias e depois de uma boa análise, e nesse sentido acho que este fórum é um bom local para troca de opiniões e experiências.
    10. 3 points
      corrigi a Fast Invest
    11. 3 points
      O mercado secundário na iuvo também está cheio de loans current com desconto e com taxas até 15%, é possivel que o p2pmillionaire também esteja a fazer um dump aí. É aproveitar enquanto há!
    12. 3 points
      Não sei será bom ou não a Mintos, não colocar limites diários de compra e venda. Imagina um investidor desses entrar com 1M ou mais na Mintos, seca tudo e esmaga as taxas, os outros podem começar a ficar com cash drag ou simplesmente retirar cash. Ou então imagina, ele hoje despejou parte da carteira, o PM deve ter ficando às moscas. Amanhã os LO vão ter que subir as taxas se querem que os investidores comprem no PM. Resumindo, um big player, pode influenciar um mercado pequeno, positivamente ou negativamente.
    13. 3 points
      Não invistas nada que segundo as últimas notícias os EUA vão entrar em recessão em 2021, mantém o dinheirinho parado mais 2 anos 😂
    14. 2 points
      Ele já tinha falado da Viainvest no passado, mas descartou-a logo, alegadamente pela questão dos impostos, portanto não será esta https://financiallyfree.eu/viainvest-review/ Yep, essas 2 também já estão excluídas. O curioso é que ele ligou ao cliente da plataforma: Allô, eu sou o Zé, queria falar consigo sobre o empréstimo que está a fazer na plataforma XYZ. Se ainda fosse a Cristina a ligar, ainda recebia um cartãozinho com 2500 EUR.
    15. 2 points
      Já lá foste também. Eu fui ontem á noite. O gajo diz que vai a uma plataforma em Maio, que falou com 1 borrower dessa plataforma que disse que não o era. Depois de falar com a plataforma tirou essa oportunidade do site. Palpites para qual será? (A mim, pareceu que estaria a falar da Reinvest24, mas posso estar enganado.) +22k de referrals num mês, é o meu ídolo! Trabalhar para quê? Bastar fazer reviews a plataformas.
    16. 2 points
      Ora bem, cá vai... É este tipo de euforia dos recém chegados ao P2P que estou a usar como um dos parâmentros na minha análise de quando sair antes da bolha da P2P rebentar. Já vi isto nalgum lado... Crypto. Estar a comparar um produto com garantia de capital, regulado, no país de origem, que por acaso até é dívida governativa aplicada ao pequeno aforrador (pelo que será sempre a última gota de um hipotético default de uma nação), com colocar o dinheiro em países como Arménia, Kosovo, Rússia, Macedónia, etc, sem qualquer regulamentação, nem obrigação legal de honra dos compromissos para com os investidores, que por acaso até estão localizados a uns milhares de quilómetros, num espaço económico diferente muitas vezes... pá... Para mim é só estúpido. Mas isto sou eu, que percebo pouco da poda. Se calhar o burro sou eu.
    17. 2 points
      Vejam o vosso dinheiro a ir ao fundo na Grupeer. Ou, vejam para aonde vai o vosso dinheiro, gajas e barcos. Ou ainda, vamos nos pirar com o guito. Adios suckers! (Não resisti às piadas ) Vídeo com boa-produção. Excelente fotografia. Podiam era investir no SM primeiro em vez de gastar dinheiro nestas campanhas de marketing. Podem ver alguns vídeos muito reveladores sobre os Loan Originators no canal da Grupeer em https://www.youtube.com/channel/UCwX8lmRNDK8Hr44IhHp683A: Kviku (Mintos, Viventor, Bondster) DoZarplati (Mintos) NordCard A24 Finance Monify Primo Invest
    18. 2 points
      Se ainda não estiver lá, como essas tem a peerberry e a iuvo(só pelo bónus, vale a pena). Diversificar em plataformas é bom até certo ponto, para ir para plataformas piores ou num estágio de desenvolvimento muito inicial mais vale diversificar dentro das plataformas onde já está.(só a mintos é um mundo)
    19. 2 points
      Eu uso os mesmos critérios para o PM, com a diferença que configuro YTM em vez da taxa de juro (que também pode ser especificada no AI do SM) e com discount/premium até 0%. Ou seja, não aceito loans com premium. Outra coisa que faço é gerar o AI a partir da página de "loan listings" => configurar os filtros aí e depois carregar em "create auto invest portfolio". Criar um novo a partir da página "Auto Invest" oferece menos filtros e configurações.
    20. 2 points
      há dias muitos o questionaram disso se tinha 1 milhão por que andava na Mintos e a por referrals, a resposta dele foi desafiar se conheciam algum rico que não quizesse ser mais rico e não só , mais 2 ou 3 com 200k -500k na mintos que tb andam por os foruns . o Homem não vai abandonar a Mintos, precisa de cash flow a curto prazo para oportunidade imobiliária, depois volta umas semanas depois , das plataformas diz que a Mintos é a preferida e mais atractiva para os LO pelo numero investidores vs capital disponivel . Engraçado que diz que aproveitou para testar a liquidez do Secondary Market.
    21. 2 points
      o meu tem 21 anos Não me chateio. Ora vejamos, no pior dos casos em que estou a trabalhar num sitio em que tenho de ir de carro, uso o carro 1 hora por dia. São 4,1% do dia. Se incluirmos fins de semana, em 10 anos são 152 dias de 24h de "diversão" e "chatices" porque ir para o trabalho no para arranca não é nada fixe. Portanto, são cerca de 6 anos de crédito para pagar um carro de 20K que só dá 152 dias completos de diversão e que com juros custa 25k. esses 25k dão para a entrada de uma casa ou viajar de avião, comboio e metro durante 2 décadas. São escolhas e prioridades. Claro que há situações em que a segurança e conforto é muito importante, principalmente quando se tem uma pila pequena, faz-se muita autoestrada ou se tem filhos. O vizinho que tem um BMW mas que chora porque os bancos pedem 20% de entrada para uma casa, não tenho pena nenhuma. Nenhum crédito pessoal deve demorar mais de 4 anos a pagar, muito menos na nossa economia. Deixo um video muito bom sobre o tema:
    22. 2 points
      É bem verdade, conheço várias pessoas que tiveram inúmeros problemas com créditos da Cofidis. Para mim, créditos só em bancos tradicionais e só quando estritamente necessário, em geral não gosto de créditos para nada. Talvez por isso é que ando num carro com 20 anos 🙂
    23. 2 points
      Sobretudo isto e já não é pouco. Pergunto-me se as pessoas que aceitam que o Estado vasculhe livremente a nossa vida financeira sob o argumento do "quem não deve não teme" também aceitaria que o Estado pudesse sem ordem judicial entrar em nossas casas, nos nossos emails, nas nossas telecomunicações, fazer revistas pessoais, videovigilância em todo o lado, etc, invocando o Bem comum, a felicidade da maioria, o futuro radioso, etc, Quem não deve não teme, correcto? As pessoas de bem nada têm a esconder, correcto? "Pois mas não é a mesma coisa" podem estes responder; pois para mim é a mesma coisa: devassa coerciva do Estado sobre a vida privada dos cidadãos.
    24. 2 points
      Boas, Vi hoje uma coisa que quero partilhar convosco para alertar os iniciantes (e menos iniciantes) nestas andanças e tem a ver com saber o que se está a comprar e os custos que têm. Entrei no site do Banco BEST e estavam a fazer publicidade a alguns fundos "Blackrock Index managed portfolios". Por curiosidade pesquisei um dos fundos (BlackRock Strategic Funds - Managed Index Portfolios Growth A2 EUR - LU1241524880) e vi que tem custos de subscrição de 5% (sim, 5% off logo à cabeça). Adicionalmente, tem custos de 1.13% anuais como se pode ver em http://www.morningstar.pt/pt/funds/snapshot/snapshot.aspx?id=F00000VYLU Por curiosidade, ainda nesse página, vi quais as 5 maiores posições em que investem e não é que são: iShares Core S&P 500 ETF USD Acc iShares MSCI USA ETF USD Acc iShares Core MSCI EM IMI ETF USD... iShares Edge MSCI Wld Qual Fctr ... iShares Edge MSCI Wld Mom Fctr E.. Ou seja, as 5 maiores posições detidas são outros fundos (também eles geridos pela Blackrock, deve ser coincidência ...hehehe), também eles com os seus custos anuais (em torno de 0.30%/0.50%; só o do S&P500 é que é mais barato). Ou seja, não faz sentido nenhum um investidor comprar uma coisa destas. Isto é mesmo roubar à descarada e aproveitar-se da ignorância das pessoas. Não existe nenhum motivo racional para a existência destas camadas de custos anuais e para aceitar custos à cabeça para fazer algo que qualquer um de nós consegue fazer. Abraço, sinbad
    25. 2 points
      E depois há os que estão para investir há 2/3 anos...ora porque o mercado estava a subir e era melhor não entrar e esperar por quedas, ora porque depois as quedas vieram ( como em Outubro/Dezembro de 2018 ), e mesmo assim estiveram à espera que caísse mais para entrar, porque ainda há o Brexit, porque ainda há a guerra EUA/China, porque ainda há Itália, porque ainda há isto e aquilo...e têm o capital parado aos anos, não perdem ( para além da inflação ) mas também não ganham 😂
    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa