Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Search the Community

    Showing results for tags 'subsídio desemprego'.

    • Search By Tags

      Type tags separated by commas.
    • Search By Author

    Content Type


    Forums

    • Finanças
      • Créditos
      • Bancos
      • Seguros
      • Imóveis
      • Incumprimento e Penhoras
      • Poupar dinheiro
      • Investimentos
    • Fiscalidade e Trabalho
      • Impostos
      • Segurança Social
      • Direitos do trabalhador
      • Trabalho por conta própria
      • Heranças
    • Geral
      • Apresentações
      • Diversos
    • Fórum
      • Regras

    Find results in...

    Find results that contain...


    Date Created

    • Start

      End


    Last Updated

    • Start

      End


    Filter by number of...

    Found 19 results

    1. Boa Tarde, Tenho uma dúvida, estive de baixa desde outubro de 2021 ate 03/05/2024 devido a uma doença oncologica ,devido as condições de trabalho num callcenter ,acordei com a empresa em sair(inicio a 09/2015 e termino a 04/05/2024). iniciei um trabalho em regime de part time e a trabalhar em casa porque faço ainda tratamentos de quimio e seria melhor para mim, fiz contrato com 30 de experiencia e recebi a carta de cessão de contrato, neste caso tenho direto ao fundo de desemprego visto que os últimos meses estive de baixa?
    2. Vitor Teixeira 1981

      Fundo Desemprego

      Ola Estou a trabalhar na mesma empresa á mais de 20 anos, agora surgiu uma nova oportunidade numa nova empresa, e estou a pensar mudar. Se por algum motivo for despedida no período experimental (primeiros 30 dias por exemplo) tenho direito ao fundo de desemprego?
    3. lapa

      Sub Desemprego

      Boa tarde Gostaria de simular o sub desemprego mas não estou a conseguir. Para ter direito tenho que ter pelo menos 360 dias de descontos nos últimos 24 meses, até ai tudo certo. Desde 2020 que estou de baixa e desde abril 2022 que estou de baixa nao remunerada, logo sem descontos. Portanto 360 dias ou mais de descontos tenho de 2020 a abril 2022. Quando tento fazer a simulação pede me o valor de 12 meses dos últimos 14 meses ora ficando desempregado em Março 2023 os valores seriam de janeiro a Dezembro de 2022, mas só tenho descontos/rendimentos de janeiro a abril 2022. Como faço e
    4. Boa tarde, Dia 09 de Maio deixo de trabalhar com a minha entidade patronal (com quem tenho um contato? e terei direito a subsídio de desemprego. Entretanto, estou a fazer um trabalho como consultora, que terminarei no final de Abril. Se passar o ato único a 01 de Maio, de alguma forma isso poderá prejudicar-me quando for entregar o pedido de subsídio de desemprego a 10 de Maio? Obrigada
    5. Boa noite. Estou de baixa prolongada desde Agosto 2019. A minha entidade patronal entrou em contacto comigo para uma possível saída da empresa de forma amigável (despedimento por já não necessitarem das funções que exercia). Tenho direito ao subsídio de desemprego na mesma? O tempo que estive de baixa conta para tempo de descontos na segurança social? Desde já obrigada.
    6. Bom dia, Gostaria de saber se me conseguiam ajudar facultando algumas informações sobre passar um recibo-factura através do acto isolado, enquanto estamos a receber o subsídio de desemprego, por favor. É possível? Se sim, quais as condições e passos para o fazer? Quando retomarmos o subsídio de desemprego após acabar o trabalho, é feito nova inscrição ou retoma-se o subsídio suspenso? Obrigado. Cumprimentos, João
    7. Boa tarde Tenho 26 anos, sou estudante na UPorto e tenho estatuto de trabalhador-estudante, estou a trabalhar já há um ano na empresa que estou atualmente. Na conversa inicial sobre os valores acordados relativos ao salário, foi me informado um valor que é diferente no qual venho sendo pago já conversei sobre isso e me enrolaram dizendo que eram os descontos, além disso ao conversar com outros colegas com mesmo tempo de experiência e mesmo cargo percebi que ganhavam mais do que eu, e também recebo menos comparado do mercado. Já tive algumas conversas com meus superiores sobre ajuste sal
    8. Olá boa noite, Trabalho desde os 18 anos sempre com descontos e por contra de outrem. Há 3 anos fiquei desempregada e esgotei o subsídio de desemprego e subsequente. Neste momento trabalho a recibos verdes para a mesma entidade à 15 meses. A minha dúvida é, tenho direito novamente a subsídio de desemprego?
    9. Boa noite,Tenho uma dúvida para a qual não estou a conseguir encontrar resposta e a comunicação com a segurança social está especialmente difícil ultimamente. Talvez me consigam ajudar!Sou trabalhador independente, vivo em Portugal e trabalho remotamente para uma empresa estrangeira. Trata-se de uma prestação de serviços, todos os meses passo recibo verde. Este trabalho dura há mais de 3 anos e representa mais de 80% dos meus rendimentos.Cumpro todas as minhas obrigações em Portugal - segurança social, IVA, IRS, etc.Esta empresa está agora com dificuldades e consequentemente fiquei sem trabalh
    10. Estou pela primeira vez com subsidio de desemprego. Como o contrato a termo certo que tinha era só de seis meses o valor depois de dividido por 12 ficou no valor minimo atribuído. Agora vou assinar em breve um contrato por três meses. Se após a cessação do contrato eu necessitar de recorrer novamente a subsidio e o tiver cancelado, terei novamente direito? E o valor será actualizado , tendo em conta o rendimento dos dois contratos? Se eu suspender o subsidio posso reactivá-lo no final do contrato? E o valor manter-se-á o já existente? Obrigada
    11. Boa noite a todos, Trabalhei durante 1 ano e 6 meses para uma empresa com com contrato a termo certo e a empresa não me renovou o contrato após o 3°. Solicitei o subsídio de desemprego e o pedido foi indeferido porque apenas tenho 313 dias de descontos e são necessários, pelo menos, 360 dias para solicitar o subsídio. Depois disso, reparei que poderia eventualmente pedir o subsídio social de desemprego, que exige bem.menos que os 360 dias de descontos. Porém tenho uma dúvida relativamente as condições deste subsidio. Uma das condições é que: " Cumprir a condição de recurso
    12. Olá, venho aqui ver se me poderão esclarecer uma dúvida, pois já li tanta coisa e não vi resposta! Trabalho por conta de outrém há 17 anos na empresa A e recentemente também por conta própria abri uma pequena loja. A empresa A está em fase de cortes e propôs-me um acordo de rescisão em que terei o subsídio de desemprego. Posso ter o subsidio e ao mesmo tempo estar na minha loja?! Obrigada pelo tempo.
    13. Olá, venho aqui ver se me poderão esclarecer uma dúvida, pois já li tanta coisa e não vi resposta! Trabalho por conta de outrém há 17 anos na empresa A e recentemente também por conta própria abri uma pequena loja. A empresa A está em fase de cortes e propôs-me um acordo de rescisão em que terei o subsídio de desemprego. Posso ter o subsidio e ao mesmo tempo estar na minha loja?! Obrigada pelo tempo.
    14. Bons dias Gostaria de obter ajuda para a seguinte questão : Entreguei a 02/05/2017, os papeis para ter direito ao subsídio de desemprego , tenho 45 anos e 4 meses de descontos para segurança social, apesar de estado de baixa médica desde 19/07/2016, A minha idade é de 63 anos , o salário base actual é de 1.545,00€, não tenho dependentes e a minha mulher está reformada depois de um desemprego de longa duração. Por estes motivos agradecia que me fizessem quanto é que irei receber e durante quanto tempo. Grato pela vossa ajuda Alberto Ferraria
    15. Boa noite a todos, Considerando uma pessoa que trabalha por conta de outrém (empresa A) e que é sócio de uma outra empresa (B) (embora não remunerado e sem atividade na empresa B.) tem direito a subsídio de desemprego caso saia involuntariamente da empresa A, sendo na mesma altura sócio da B? Já dei uma leitura na segurança social, mas não encontro nenhuma referência a esta questão específica. Agradeço a vossa ajuda.
    16. tive uma firma de 2008 ate hoje ,derivado a um problema de saúde ,ando desde 2013 de baixa medica,a partir dai a situação da empresa foi sempre a piorar,não restando outra alternativa pedir a insolvência,terei direito ao subsidio de desemprego ,como sou socio gerente.
    17. Guest

      IRS para desempregados/reformados

      Tenho grande dúvida: estou desempregado a receber subsídio de desemprego (será de longa duração devido a idade) e minha mulher recebe uma pensão minima (+/-450/mes) por invalidez permanente. Temos muitas despesas de saúde entre outras. Qual o tratamento do IRS nesta situação, e quais eventuais benefícios fiscais possíveis para incentivar facturas com nº de contribuinte entre outros benefícios considerando que o subsídio de desemprego não é considerado para efeitos de IRS, e a pensão é tão pequena que também podia ser excluida de declaração. Obg.
    18. Bom dia, Gostaria que me dessem a tua opinião sobre uma situação. Trabalho numa empresa que como está em dificuldades está a fazer acordos com alguns trabalhadores e eu sou um deles. Irão pagar um valor de acordo de rescisão e dizem que dão a folha para o desemprego. Podemos ir para o fundo de desemprego mesmo chegando a acordo e não termos sido despedidos? Trabalho na empresa há mais de 40 meses. Obrigado, Luis
    19. Como penso que a contagem dos 180 dias relativamente ao subsídio de desemprego não se encontra muito explicita, gostaria de partilhar a minha experiência, assim sendo: em dezembro de 2014 comecei a receber o subsídio de desemprego . Contudo, como já estava a contar com esta situação, anteriormente fui enviando currículos e em janeiro comecei a iniciar funções numa outra empresa e por tal pedi a suspensão do subsídio.Tendo o projeto (recibos verdes) terminado em agosto, dirigi-me nesse mês ao IEFP para pedir o reinício da prestação social. Contudo, verifiquei que o valor diário concedido sofre
    ×
    ×
    • Create New...