Forums

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      12,853
      posts
    2. 3,112
      posts
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      950
      posts
    4. 351
      posts
    5. 4,022
      posts
    6. 24,273
      posts
    7. 26,283
      posts
    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      24,316
      posts
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      450
      posts
    3. 884
      posts
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      556
      posts
    5. 1,663
      posts
    1. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10,381
      posts
    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      posts
  • Member Statistics

    22,181
    Total Members
    193
    Most Online
    Newest Member
    susana (visitante)
    Joined
  • Forum Statistics

    12,566
    Total Topics
    123,320
    Total Posts
  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações Recentes

    • Trabalhador independente
      By pauloaguia · Posted
      A empresa pode meter como despesa aquilo que te paga, mesmo que não cobres IVA. Apenas não pode deduzir o IVA àquilo que tem de entregar ao Estado porque não o paga... Mas isso não é suposto fazer diferença. Por exemplo, imaginemos que fazes em trabalho à empresa por 100€ (sem IVA); se cobrasses IVA a empresa pagaria 123€ e podia deduzir os 23€ do IVA a entregar ao estado e que os clientes da empresa lhe pagaram a ela - mas em ambos os casos vai só gastar os 100€... Para sair do regime de isenção tens de meter uma declaração de alteração, indicando a opção por abandonar o regime de isenção (estou a assumir que tens isenção pelo artigo 53º do CIVA). Mas depois tens obrigatoriamente de ficar no regime de IVA durante 5 anos - ou seja, não é algo de que depois te possas arrepender e voltar atrás facilmente. O facto de estares isento de IVA permite-te apresentar preços mais baixos junto dos clientes finais (para as empresas não faz grande diferença porque depois deduzem o IVA). Tens a certeza que queres perder essa vantagem competitiva?
    • Trabalhador independente
      By sergiocardoso · Posted
      para a empresa meter para despesas
    • Reforma do IRS 2015: FAQ
      By pauloaguia · Posted
      Interpretaste bem. Eu é que já ando a dar recados misturados Significa que a entidade que passou a fatura tem de ter um Código de Atividade Económica nessa secção (ou numa das outras que lá aparecem) para que a despesa possa ser dedutível como de Educação. Podes consultar o CAE a partir do número de contribuinte da empresa através do site http://www.sicae.pt/Consulta.aspx 
    • deduções no IRS - agora também sem eFatura
      By pauloaguia · Posted
      Pois... eu arriscaria dizer que só substituem os valores do eFatura da mesma categoria mas como o artigo não é completamente explícito a esse respeito o melhor é confirmar com as instruções de preenchimento ou junto das Finanças...
    • Factura Educação surge como Outros
      By pauloaguia · Posted
      Saiu há dias um Decreto-Lei que estabelece a possibilidade de o contribuinte indicar manualmente os valores de deduções na declaração de IRS, sobrepondo-se assim ao eFatura: http://www.forumfinancas.pt/topic/12693-deduções-no-irs-agora-também-sem-efatura  Em qualquer caso eu diria que tens mais do que motivos para preencher o livro de reclamações, nas Finanças...
  • Popular Contributors

    1. 1
      FoxNinja
      5
    2. 2
      pauloaguia
      3
    3. 3
      ABCD
      2
    4. 4
      D@vid
      2
    5. 5
      Eurico, o presbítero
      1