Ir para o conteúdo

Pesquisar na Comunidade

A apresentar resultados para as etiquetas 'fiador'.



Mais opções de pesquisa

  • Procurar por Etiquetas

    Escrever etiquetas separadas por vírgulas, que representam o tema específico do tópico. Exemplos: "irs", "acções", "descontos", "férias".
  • Procurar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Finanças
    • Créditos
    • Bancos
    • Seguros
    • Imóveis
    • Incumprimento e Penhoras
    • Poupar dinheiro
    • Investimentos
  • Fiscalidade e Trabalho
    • Impostos
    • Segurança Social
    • Direitos do trabalhador
    • Trabalho por conta própria
    • Heranças
  • Geral
    • Apresentações
    • Diversos
  • Fórum
    • Regras

9 resultados encontrados

  1. Olá muito boa tarde preciso de um conselho da vossa parte, por favor, que é o seguinte: eu tenho uma irmã que pediu crédito de habitação em 2005 tendo a minha mãe ficado como sua fiadora. Entretanto ficou desempregada em 2012 não conseguiu pagar o crédito e entregou a casa ao banco em 2012 e pediu insolvência. Durante estes anos, o banco nunca contactou a fiadora minha mãe para pagar qualquer dívida. Entretanto, o banco vendeu a casa por 35 mil euros e agora em dezembro de 2017 lembrou-se de enviar cartas ameaçadoras para a minha mãe pagar a restante dívida de 53 mil euros até dia 8 de janeiro ou iria proceder judicialmente com vista à cobrança dos créditos. A minha irmã está insolvente até 2022 e a minha mãe, claro, ficou muito surpresa e revoltada porque passados estes anos todos lhe enviarem estas cartas. Contactei a advogada do banco que me diz para a minha mãe com 75 anos enviar a proposta de um plano de pagamento mensal dos 53 mil euros, caso contrário poderão ver parte da sua reforma penhorada e os seus bens arrestados. Pergunto-vos, por favor, como pode o banco passados estes anos todos enviar estas cartas à minha mãe? E estando ela impossibilitada de pagar valores acima de 40 mensais o que deve fazer? Será melhor pedir insolvência? Fico grato por qualquer esclarecimento que me possam dar. Obrigado e feliz ano novo.
  2. Fiador e herdeiros

    Bom dia.tenho uma duvida e gostaria de ver se alguem me pode ajudar. A minha mãe foi fiadora do meu irmao e minha cunhada na compra de um apartamento. A minha mae faleceu em 2010 e deixou uma casa como herança aos 3 filhos, que foi vendida em iniciou do ano passado. o meu irmao divorciou-se da esposa no ano passado tambem mas mantendo o apartamento e o credito conjunto. Desde agosto do ano passado que meu irmao e a ex-mulher nao pagam as prestações do credito e agora o banco enviou para execuçao e ameaça vir em cima dos herdeiros da minha mae (fiadora) devido a falta de pagamento. Gostaria de saber se podem vir em cima dos herdeiros?uma fez que a minha mae falaceu em 2010 e o problema de falta de pagamento iniciou-se em 2016 quando ela ja nao está viva ha mt tempo?
  3. Fiador Pensionista

    Bom dia, descobri este fórum por acaso e espero que me consigam ajudar. Estou a tentar comprar casa juntamente com o meu namorado e foi-nos pedido pelo banco que um dos fiadores deveria estar efectivo (nem eu nem o meu namorado estamos). Pensei que a minha mãe poderia ser nossa fiadora mas ela é pensionista. Mesmo assim ela pode ser nossa fiadora? Obrigada
  4. Óbito

    Bom dia, A minha namorada foi fiadora de um sujeito que morreu há cerca de 2 anos. O falecido deixou o crédito em que a minha namorada foi fiadora por pagar, ela foi notificada com um aviso de execução de penhora. É legal? Obrigado
  5. ajuda

    Boa noite, meus pais ficaram fiadores de um crédito de uns amigos mas estes ultimos 3 meses eles não têm vindo a pagar e estão em dívida , essa semana eles receberam uma carta que iriam penhorar os bens, não haverá outra forma de resolver? E se os mais pais pagarem ? Poderiam depois ficar com o imóvel para eles ?
  6. Herdeiro de fiador

    Olá boa tarde juntei-me a este fórum para tentar que alguém me possa ajudar. a situação e a seguinte: o pai do meu namorado foi fiador de uma casa de alguém. Entretanto ele faleceu em 2008. O proprietário desse imóvel terá uma dívida a CGD, o que em teoria seria paga pelo fiador, mas estando ele falecido, essa dívida pode ser cobrada ao herdeiro (os)? obrigada
  7. Boa tarde. Alguem me me sabe dizer se sendo eu fiador ha 10 anos de uma pessoa solteira, depois casou e "adicionou" o nome do esposo no contrato do banco, ou seja a casa no banco passou a estar no nome dos dois, se eu posso arranjar argumeno juridico para deixar de ser fiador? Eu na altura só fui fiador dela enquanto solteira. Como posso agora ser fiador dos dois?... Obrigado
  8. Crédito Habitação Emigrante

    Boa noite, Eu sou emigrante e gostaria de comprar casa em Portugal. No entanto, não tenho fiador. Domiciliar o ordenado não é a minha preferência, visto que não recebendo em euros,fazer uma transferência fixa mensal, poderá prejudicar-me com a variação do valor do euro podendo chegar até, ao valor total de uma prestação da casa, como prejuízo. Pretendo comprar uma casa de 70000€ e posso dar uma entrada até 30000€ se for necessário para aprovação do crédito. Sem fiador, sem domiciliação, compreendo o lado do banco não aprovando o crédito porque não lhes estou efectivamente a dar garantias, para além do facto de em caso de incumprimento lhes deixar a casa, avaliada em 90000€ quase metade paga (pelo menos). Algumas dicas sobre como agir ou passos a dar para facilitar a aprovação do crédito? Grata pela atenção desde já, Ana G
  9. Como tantos outros portugueses, tenho um problema que creio não ser muito debatido na comunicação social e que merece atenção e passo a contar-vos a minha história. Fui Fiadora num credito à habitação em 2001. O Banco é o Millenium BCP, que aliás divulga no seu Site as diferentes formas de proteção e convites a responsabilidade de assumir fiança. Essa proteção existe, na Lei 58/2012, alterada pela 58/2014- REGIME EXTRAORDINARIO DE PROTEÇÃO DE DEVEDORES EM SITUAÇÃO ECONOMICA MUITO DIFICIL. Este regime permite negociar, dialogar e evitar penhora da minha própria casa, mesmo depois de vendida a casa que garante o empréstimo, ou seja, eles arrastam propositadamente para irem buscar todos os bens, deixando-me a mim fiadora, na rua. Este mesmo banco, tão solicito a divulgar aquela proteção, da mencionada Lei, não esta a cumpri-la e isto tem de se saber! Esta a arrastar um ação executiva para me penhorar tudo, ignorando que eu próprias tenho um credito à habitação, uma prestação a pagar. apesar dos apelos que tenho feito, alegando que estou desempregada há 3 anos, que sou divorciada com uma filha a cargo de 5 anos, eles insistem em avançar com a ação, simplesmente porque como tenho uma habitação, hipotecada à banca, sou um alvo fácil. Advogados, não me ajudam, pois a minha própria defensora atribuída pelo apoio judiciário já se demonstrou mais solicitadora do banco, do que minha defensora, de facto. Toda a ajuda é Benvinda incluindo de Advogado (a) que queira pegar neste caso e saiba como, porque o que esta em causa, não é não pagar mas não pagar dezenas de milhares de euros de juros, dinheiro esse que não tenho nem que venda tudo, so porque o Banco arrasta o processo! Ajudem-me por favor.
×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa