Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Search the Community

    Showing results for tags 'creditos'.



    More search options

    • Search By Tags

      Type tags separated by commas.
    • Search By Author

    Content Type


    Forums

    • Finanças
      • Créditos
      • Bancos
      • Seguros
      • Imóveis
      • Incumprimento e Penhoras
      • Poupar dinheiro
      • Investimentos
    • Fiscalidade e Trabalho
      • Impostos
      • Segurança Social
      • Direitos do trabalhador
      • Trabalho por conta própria
      • Heranças
    • Geral
      • Apresentações
      • Diversos
    • Fórum
      • Regras

    Find results in...

    Find results that contain...


    Date Created

    • Start

      End


    Last Updated

    • Start

      End


    Filter by number of...

    Found 8 results

    1. Guest

      CPCV datas a cumprir

      Boa Tarde, Pouco antes de começar a questão do COVID vendi um terreno e assinamos o CPCV, no entanto após a assinatura do mesmo, foi me informado pelo notário de que teria um Onus que tinha de ser retirado. Isto seria relativa a uma construção clandestina que tinha sido feita no imóvel nos anos 80. A minha questão é, durante este processo de demolição da construção, pedido da certidão de retirada de onus á camara, e atualização da caderneta perdial, já passaram os prazos de assinatura da escritura descritos no CPCV. Tendo em conta que esta questão foi "fruto" da situação atual e não poder fazer nada para acelerar os processos, posso ter problemas? Obrigado desde já.
    2. O mercado está uma loucura completa. Toda a gente compra imoveis amntigos, restaura-os e pede preços absurdos. Sinto que comprar uma casa restaurada é quase dar um tiro nas minhas finanças. Alguém me sabe dizer se existem creditos cuja finalidade é a restauração/construção de imoveis ? Se sim as taxas são muito diferentes das de um crédito à habitação ?
    3. Joao Araujo

      Duvida

      Boa noite Hoje fui contactado por ums sms do UNIVERSO que dizia que a minha conta foi bloqueada e que deveria entrar em contacto para o numero 707... Apos ligar disseram que tinha uma quantia de 122 Euros em falta mas que nao podiam dizer de quem e so contactando o Banco de Portugal!! Fui ao site do banco de Portugal e fiz download do Mapa CRC mas de facto nao entendo nada porque e muito tecnico!!! Gostava de obter ajuda sobre qual a empresa financeira que diz que devo esses 122 Euros porque acho super estranho este episodio!!! Sera que alguem pode ajudar a interpretar o referido mapa? Melhores cumprimentos Joao Araujo
    4. Guest

      Dividas fiscais herança

      A minha avó faleceu em 12/2015 e deixou 3 filhos. Conforme nos foi indicado foi entregue o seu IRS em março de 2016. Em abril de 2016 foi feita uma habilitação de herdeiros apenas porque um dos filhos tinha um conta bancária na qual a falecida era co-titular. Ora, assim da habilitação de herdeiros resultou que dois dos filhos renunciaram à herança para que o filho co-titular da falecida ficasse com a totalidade do dinheiro que, na verdade, sempre lhe pertenceu. Falamos de pouco mais de 600 euros. Em 07/2016 a Autoridade Tributária notifica os herdeiros a pagar um montante devido a título de irs que está, neste momento, em fase de execução por não ter sido liquidado. Inicialmente cerca de 500 euros. Neste momento já acrescem custas e juros (quase mais 200 euros). Sei que as dívidas fiscais podem ser "herdadas", mas neste caso em que a habilitação de herdeiros estava concluída, pode o fisco penhorar o filho que herdou o dinheiro, já que os restantes filhos repudiaram a herança. De uma forma clara se este herdeiro se recusar a pagar pode o fisco reverter esta dívida para o herdeiro, designadamente penhorando-lhe o vencimento ou as contas bancárias? Muito obrigada.
    5. HugoBMA

      Dividas após a morte

      O meu pai faleceu no passado dia 22-06-2016 vitima de atropelamento no passeio por um condutor alcoolizado com 2.4 de alcoolemia, no entanto não existe nenhuma testemunha chave, ou seja nenhuma testemunha que tenha visto o momento do acidente, que comprove que o meu pai ia realmente no passeio, ou se ia na estrada no momento do acidente, e devido a isso, caso o homem que matou o meu pai alegue que não ia no passeio, talvez existe uma possibilidade de não receber nenhuma indemnização pela sua morte. O meu pai contraiu dividas de de 3 créditos, que somam mais ou menos 8 mil euros em créditos com a Barclays e a Unicre, que estava a pagar todos os meses, por prestações baixas, de modo a não haver nenhum processo judicial. A minha questão é, uma vez que o meu pai não tinha dinheiro, para alem do seu pequeno salário de Bombeiro, o unico bem que tinha era um carro avaliado em 300€, e caso eu não receba nenhuma indeminização, eu e os meus irmãos como herdeiros legitimos, teremos que pagar as dividas deixadas pelo meu pai? Resumindo tudo em uma simples frase, Herdeiros Herdam Dividas? Obrigado a todos pela ajuda
    6. Bom dia, gostaria de obter a vossa ajuda. O meu contrato a termo certo terminou por cessação no final de Agosto não tendo sido nessa altura pago os créditos correspondentes ao termino do mesmo. No dia 7 deste mês apresentaram-me um plano de pagamentos dos créditos a 12 meses por dificuldades económicas da ex entidade patronal que eu não aceitei. Sou obrigado a aceitar? No total que tenho a receber a ex entidade patronal não contemplou o valor relativo ás horas de formação que não tive nos 3 anos de contrato e que tenho direito. Fiz uma contra proposta de pagamento dos créditos laborais a 4 meses que a ex entidade patronal não aceitou e mantem-se intransigente no pagamento a 12 meses. A questão é se tenho que aceitar e também se existe algo na lei que esteja do meu lado. Obrigado pela atenção
    7. Guest

      Credito consolidado

      Tenho varios creditos com pagamentos totais de 523 euros mensais. Tentei transformar estes creditos num só com o qual pagaria os anteriores ( e ficaria a pagar 410 euros ) mas não consigo pois dizem -me que ultrapasso 30 % do rendimento. Será que quem consegue pagar 523 não tem capacidade para poder pagar apenas 410 !!!!! Alguem me sabe dizer como posso ultrapassar esta situação.
    8. Boas... Venho pedir a vossa opinião no seguinte... por problemas vários tive que me endividar com cartões de credito, cujo plafond utilizado ronda os 2800€ que pago mensalmente (são três cartões e a mensalidade destes ronda os 150€). tenho também um crédito automóvel que pago mensalmente 230€ e que acabará em Junho de 2017, sendo que o capital em dívida é 2800€ +-. Vou receber agora de reembolso IRS a quantia que me permite liquidar, ou os 3 créditos pessoais ou o crédito automóvel. A minha pergunta para vós será, o que faziam? Quero saber a vossa opinião, se liquido os créditos pessoais e fico com o automóvel ou se liquido o automóvel e depois liquido os pessoais... O objetivo é não voltar a usar os cartões de crédito, só em caso de urgência...
    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa