Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Search the Community

    Showing results for tags 'despedimento'.

    • Search By Tags

      Type tags separated by commas.
    • Search By Author

    Content Type


    Forums

    • Finanças
      • Créditos
      • Bancos
      • Seguros
      • Imóveis
      • Incumprimento e Penhoras
      • Poupar dinheiro
      • Investimentos
    • Fiscalidade e Trabalho
      • Impostos
      • Segurança Social
      • Direitos do trabalhador
      • Trabalho por conta própria
      • Heranças
    • Geral
      • Apresentações
      • Diversos
    • Fórum
      • Regras

    Find results in...

    Find results that contain...


    Date Created

    • Start

      End


    Last Updated

    • Start

      End


    Filter by number of...

    1. Olá. ''Discuti'' com a minha chefe e ela disse que ia falar com o advogado dela porque, durante a ''discussão'', eu mencionei que não era obrigado a fazer tudo o que ela me ordenasse, e portanto, ela poderia despedir-me com justa causa, porque tinha testemunhas em como eu disse isso (o marido dela estava lá e a minha colega também), ao qual eu respondi para ela fazer aquilo que achasse melhor. O contracto é sem termo, estou lá a contrato e descontos desde 08/01/2020, mas comecei lá a trabalhar no início de Setembro de 2019, sem contrato e sem descontos, ''à experiência''. Já sofri ime
    2. Olá. Estou efetivo numa empresa (Irá fazer 1 ano e 3 meses na segunda-feira), e a minha patroa ameaçou-me despedir com um processo disciplinar e, consequentemente, justa causa (algo assim), simplesmente porque discutimos pela segunda vez (embora não tenha havido faltas de respeito por parte de ninguém), ela simplesmente disse que eu me recusei a fazer o que me foi pedido, o que é mentira. Diz que vai falar com o advogado dela. Queria saber as consequências legais de ser despedido por justa causa e o que eu posso fazer para contestar essa decisão, visto que ela não está a ser sinc
    3. Boa noite. Vou renunciar o meu contrato de trabalho mas tenho dúvidas quando ao tempo de aviso prévio. Assinei um contrato sem termo há menos de dois anos, o que sei que teria de dar 30 dias, mas antes desse contrato tive 3 contratos a termo certo com duração de 1 ano e meio. Esse ano e meio dos contratos a termo certo também contam para a data de aviso prévio? Ou só o último contrato, neste caso sem termo? muito obrigado
    4. Marques2005

      Despedimento - direitos

      Boas, gostaria, por favor, que me elucidassem do seguinte: fiz um contrato de trabalho a termo certo de 6 meses (02 de março a 02 de setembro). O mesmo, caso fosse renovado passaria e passou a termo incerto. Com esta questão da pandemia a empresa teve uma quebra grande na faturação e pondera despedir algumas pessoas. Gostaria de saber, por favor, qual o tempo que a entidade empregadora tem que me dar de pré-aviso e quais os valores que tenho a receber. Nota: estou a receber o subsidio de natal e de férias em duodécimos e já gozei 6 dias de férias. Grato pela atenção dispens
    5. fabio463

      Despedir-me

      Boa noite . Venho por este meio , pedir umas informações de ajuda se for possível! Então sendo que estou a trabalhar numa empresa. Informação relativa ao meu contrato: Contrato de trabalho a terço certo Período experimental de 90 dias Meu contrato começou a ( 2 de Março de 2020 ) e 2 de Setembro de 2020 faz 6 Meses que lá estou ! A minha duvida é : Quanto tempo tenho de avisar a empresa ? Quanto tempo tenho de dar a empresa ? Que direitos tenho sobre a empresa ao fazer tudo direito ( como manda a lei ) Mas é possível sair sem dar esse devido tempo ou
    6. Olá, bom dia precisava de esclarecer uma dúvida. Se cessei o contrato por mútuo acordo posso requerir o fundo de desemprego?
    7. Bom dia. Trabalho num lar como enfermeira a 3 anos e 5 meses. E desde dezembro de 2019 fiquei também com o cargo de Diretora. Neste momento esta a ficar impossível trabalhar neste local.. psicologicamente.. ainda não gozei ferias. Se sair sem dar aviso prévio o que pode o meu patrão exigir? Recebo um subsídio de isenção de horário e outro por direção para além do ordenado base..
    8. Boas A empresa onde tarbalho vai agora entrar no 2 mes de layoff ja estava anes a querer rescindir do meu contrato mas com isto tudo ja nao sei como o devo fazer durante layoff tenho de dar dias a casa? ou posso apenas enviar a carta por email? Obrigado
    9. Bom dia, O meu pai trabalha numa empresa que agora, com toda esta situação do COVID19 fechou temporariamente portas. Ainda não recebeu o ordenado de Março. Contactou os patrões que têm adiado ao máximo a situação. Em suma não querem (ou não podem por terem dividas fiscais) aderir ao Lay Off, e não têm dinheiro para pagar ordenados, mas também não o despedem, impedindo que ele tenha direito a qualquer fonte de rendimento. Quais são as opções dele? - Pode despedir-se por justa causa ? Ou só passado 60 dias de falta de pagamento? - Quais são as opções dele? Obrigado pela ajuda
    10. Trabalho numa empresa desde Dezembro de 2007. Entretanto a minha companheira engravidou e decidimos ser eu, o pai, a gozar a licença. Antes da licença entrar em vigor, gozei férias pagas. A data de início da licença foi a 6/5/2019, e entretanto resolvi pedir a licença alargada, a terminar em 31/12/2019. Entretanto decidimos pôr termo na ligação contratual, e a 4/11/2019 informei a empresa, de modo a estar "livre" no início de Janeiro. Gostaria de saber quais os meus direitos monetários face a minha situação. Cumprimentos,
    11. Trabalho numa empresa desde Dezembro de 2007. Entretanto a minha companheira engravidou e decidimos ser eu, o pai, a gozar a licença. Antes da licença entrar em vigor, gozei férias pagas. A data de início da licença foi a 6/5/2019, e entretanto resolvi pedir a licença alargada, a terminar em 31/12/2019. Entretanto decidimos pôr termo na ligação contratual, e a 4/11/2019 informei a empresa, de modo a estar "livre" no início de Janeiro. Gostaria de saber quais os meus direitos monetários face a minha situação. Cumprimentos,
    12. ramos1982

      despedimento

      Boa tarde vou despedirme do meu local de trabalho onde estou a 8 anos pretendo sair amanha para comecar noutro lado. É possivel?que tenho que dar ao meu trabalho?
    13. Boa tarde malta, Trabalho numa empresa à cerca de 5 anos, tenho contrato a termo incerto, tenho uma proposta de trabalho para outro local e quero avançar para tal portanto, para me despedir tenho de enviar uma carta com 2 meses de antecedência, recebo o subsidio de ferias/natal por duodecimos, e algumas ferias para gozar. Nao tenho nada a receber ou tenho? Só o direito a gozar as ferias que tenho direito? e dar os 2 meses a casa? Obrigado
    14. Boa tarde. Estou numa empresa com contrato de 6 meses desde 14 de Fevereiro. Por motivos de 'restruturação interna', colocaram os funcionários em contacto com uma advogada que nos apresentou uma adenda de contrato que altera o contrato para 5 meses, de forma a sairmos mais cedo. Isto, sob ameaça de processo disciplinar. Em contacto com a ACT, disseram-me que este tipo de adenda é ilegal, e que o contrato deve ser celebrado até ao final dos 6 meses. Disseram-me, portanto, para não assinar nada, nem para aceitar férias que não fossem marcadas por mim próprio.
    15. Boa tarde, Espero que alguém me consiga ajudar. No início do mês fui despedida por mensagem whats APP (não sendo efectivamente despedida, simplesmente o empregador solicitou a devolução das fardas e das chaves). O motivo do despedimento foi ter faltado 4 dias consecutivos sem justificação (não tinha dinheiro para ir para o trabalho pois estava a aguardar o pagamento do meu salário). Nessa mesma semana, uns dias depois, fui obrigada a faltar novamente pois o meu marido ia a uma entrevista de trabalho e não tinha com quem deixar o meu filho de 4 meses. Nesse mesmo dia, recebi a dita menag
    16. Guest

      sr

      boa noite gostaria que me informassem do seguinte trabalho ha 8 meses numa empresa e quero sair sem dar tempo pois tenho outra proposta de trabalho imediato quero saber o que tenho de dar de indemnização a empresa e se posso começar a trabalhar logo na outra. gostaria que me enviassem a resposta para este mail: luis.msoares@hotmail.com obrigado luis soares
    17. Guest

      Dias de Férias

      Bom dia! Estou com uma pequena dúvida. Vou dentro de poucos dias entregar a minha carta de demissão à minha entidade empregadora. Até dia 1 de janeiro de 2019 tenho 32 dias de férias para gozar. Dia 2 de maio, já com a carta entregue, pretendo usufruir de todas as férias que tenho direito e cessar funções no último dia em que as férias me permitam ser gozadas. A dúvida paira na seguinte situação: 32 dias + 8 dias (de janeiro a abril) = 40 dias Estes 40 dias equivalem a dois meses maio e junho, tenho direito aos 4 dias de férias adicionais? Caso tenha, n
    18. Boa tarde, Assinei contrato sem termo no dia 18/10/2018, e até hoje dia 6 de novembro ainda não recebi. Não vale a pena estar a detalhar, mas pelo que vejo e ouço, desconfio que os dinheiros estão a ser desviadas e servem para tudo menos para pagar aos trabalhadores. A minha dúvida é a seguinte: chegando o dia 1 de dezembro, se tiver sem receber o salário de outubro (que diz respeito ao periodo de 18 a 31 de outubro) e sem receber o salário de novembro (que diz respeito ao mês todo), poderei despedir-me por justa causa? Será que o outubro parcial e o novemebro contam como d
    19. Boa tarde é assim ao fim de 3 anos e qualquer coisa numa empresa decidi despedir me mandei a carta mas mao posso dar os 60 dias de aviso previo so posso dar 42 dias ate ao dia 31 de maio de 2018... O que eu queria saber e se ela me pode descontar os restantes dias e sendo que ja gozei 12 dias de ferias ainda me faltam 10 ela tem de me as dar ou como funciona?
    20. CarlosMartins

      Despedimento sem contrato

      Boa noite,Mantenho uma relação com uma empresa desde à 2 anos e meio, empresa que me tem vindo a pagar valores que tem vindo a aumentar ao longo dos tempos. No final de 2017 a empresa assumiu um compromisso comigo de colocar um estágio legal pois até à data tenho me mantido sem eles fazerem descontos do meu ordenado. Na última semana de Janeiro e já após terem colocado a candidatura de estágio profissional decidiram prescindir dos meus serviços sem me darem qualquer tipo de compensações... Podem me indicar a que é que tenho direito neste caso?Obrigado por toda ajuda pois necessito urgentemente
    21. Boa noite ,trabalhei 7anos e 10meses numa empresa sendo eu comercial no ramo de bebidas,MAS como nao era valorizado e tive proposta melhor saí! Tenho deveres e direitos mas ja passou 2 meses depois q enviei carta despedimento e meu ex patrão so mandou uma d advogado a dizer q tinha sido conhecido a recepção da carta e q ia ser analisada situação ate hoje nao pagaram que devo fazer tenho direitos
    22. Boa tarde. Trabalho numa empresa com contratos a termo certo, com duração de 6 meses cada.Neste momento estou no terceiro contrato de 6 meses.A minha questão prende-se com o facto de eu não querer renovar no final destes 6 meses, uma vez que faço um ano e meio, na empresa, e passo a funcionária efectiva.Gostaria de saber como devo proceder? Nomeadamente se há diferença entre me despedir e dar os 30 dias à empresa, ou esperar o final do contrato e avisar 15 dias antes que não quero renovar contrato?Há alguma diferença a nível dos meus direitos?Desde já agradeço a atenção.
    23. pconceicao

      Indemnização por despedimento ilicito

      Boa tarde, Precisava da vossa ajuda para me esclarecerem a seguinte questão: Acabei de ganhar um processo de despedimento ilicito contra a minha empresa e com o qual recebi uma indemnização relativa aos anos que estive fora da empresa, na qual foi aplicado a taxa de 45% de IRS uma vez que o total excede os escalão máximo do IRS porque é considerado um único montante. Ora, a indeminação é relativa aos rendimentos anuais dos anos 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016 na qual devia ser aplicado a taxa de IRS de cada ano uma vez que os rendimentos são afectos a cada ano e não ao tota
    24. Viva, Após mais de 10 anos a trabalhar na mesma entidade patronal, no ano passado a minha mulher não aguentou várias situações e despediu-se sem dar qualquer pré-aviso à Entidade Patronal (EP) Basicamente recebeu o ordenado mensal de Novembro e entregou a carta de demissão com efeitos imediatos. Pelos cálculos que fizemos, a diferença entre o valor da indemnização a pagar à EP e os valores a receber correspondentes ao pagamento de férias, subsídios de férias e Natal, não justificava aguentar sequer alguns dias. A questão é que ao longo dos tempos, e especialmente no ano pas
    25. Olá boas, Trabalho numa loja fez dia 13 de Janeiro 5 meses, onde desde logo me disseram que naquela empresa não havia necessidade de um contrato escrito porque eram um tipo de família em que ficavam todos permanentes. Continuei o meu trabalho normalmente até que fui á segurança social direta e verifiquei que não estava a fazer descontos, questionei o patrão sobre esse assunto e sobre o contrato e disseram-me que não queriam pessoas assim, do tipo de se questionar pelos seus direitos a trabalhar na empresa deles, nesse mesmo dia disse para não ir mais trabalhar (sexta-feira 13 de Janeiro) sem
    ×
    ×
    • Create New...