Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Search the Community

    Showing results for tags 'obrigações'.

    • Search By Tags

      Type tags separated by commas.
    • Search By Author

    Content Type


    Forums

    • Finanças
      • Créditos
      • Bancos
      • Seguros
      • Imóveis
      • Incumprimento e Penhoras
      • Poupar dinheiro
      • Investimentos
    • Fiscalidade e Trabalho
      • Impostos
      • Segurança Social
      • Direitos do trabalhador
      • Trabalho por conta própria
      • Heranças
    • Geral
      • Apresentações
      • Diversos
    • Fórum
      • Regras

    Find results in...

    Find results that contain...


    Date Created

    • Start

      End


    Last Updated

    • Start

      End


    Filter by number of...

    Found 25 results

    1. Boa noite, Tenho lido algumas notícias na imprensa económica que apontam para, talvez no médio prazo, a retirada dos estímulos por parte do BCE, nomeadamente no que diz respeito aos estímulos de liquidez relacionados com a situação do Covid-19. Perante esta hipotética situação, e possível subida das taxas de juro, e tendo algumas poupanças de lado a render 0% ou pouquíssimo mais do que isso, será de equacionar uma aplicação, com horizonte temporal a determinar, de alguma poupança em OT de rendimento variável? Será, seguro no médio prazo, ou poderei ter dores de cabeça com isso, nomeadame
    2. Boa tarde, Queria pedir ajuda para a seguinte questão: A benfica SAD realizou um reembolso de antecipado de obrigações em 2020. Em 2018, cada obrigação foi comprada por 5 eur. O reembolso foi feito através da devolução de 2,78eur por cada obrigação, havendo uma redução do valor nominal de cada uma (que passou de 5 para 2,22eur). Foi pago um juro de 1,25% sobre o capital reembolsado. Alguém faz alguma ideia de como declarar esta operação no anexo G? Pelo que me informei é no quadro 9 usando o código G10. Nota: O intermediário financeiro já reteve 28% desse juro de 1,2
    3. A razão de criar este post é porque após anos em que apenas investi poupanças em DP e CT, decidi que chegou a altura de me aventurar noutras andanças. Comecei por investir uma pequena quantia na plataforma de "risco" mintos. Vamos ver como corre. Além disso, gostava de entrar no mundo das acções e obrigações. Gostava de começar a investir começando com uma quantia reduzida e ir reforçando sempre que possível. Não pretendo investimentos de muito curto prazo, além disso como pretendo evitar a grande exposição a um só ativo, considero que os investimentos indicados para mim pode
    4. Nmaster88

      Obter certificado IRS dos CTPM

      Há anos atrás fiz um investimento em certificados do tesouro poupança mais. Em 2020 lembrei-me de ir buscar a declaração para o IRS e fiquei quase uma manhã a espera de ser atendido. Lembro-me que fui informado que havia outra forma de obter a mesma online, mas não me recordo como. No ano de 2020 ainda recebi juros desse investimento e queria obter a declaração de IRS para este ano para englobamento, mas evitando a deslocação aos CTT. Alguém sabe como o posso fazer? Já estive a pesquisar e não encontro forma. Obrigado
    5. Boa Tarde Em Janeiro comecei a trabalhar numa agência imobiliária e como tal iniciei atividade nas finananças. Fizeram-me o meu primeiro pagamento nos fins do mês de janeiro. Gostaria de saber quais são as minhas obrigações (pagamentos) tanto a segurança social com finanças. No portal das finanças a situação está 100% regularizada e não me aparece nada para pagar, na segurança social a mesma coisa, contudo, vi que deveria fazer o pagamento a segurança social entre o dia 10 e 20 do mês seguinte (este mÊs visto que o primeiro recibo foi em janeiro). alguém me pode informar melhor sobre
    6. Caros investidores,"Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD anunciou este sábado uma oferta pública para emitir até sete milhões de obrigações com maturidade em julho de 2023, com um montante global inicial de até 35 milhões de euros e uma taxa de juro fixa bruta de 4%." (https://jornaleconomico.sapo.pt/noticia ... e-4-603232)Qual a Vossa opinião sobre esta emissão obrigacionista da SAD do Benfica?
    7. A CMVM disponibilizou brochuras com informação (superficial) sobre investimento em fundos de investimento, ações e obrigações. https://www.cmvm.pt/pt/Comunicados/Comunicados/Pages/20200710w.aspx Nota: Não estou a aconselhar ou defender, apenas a divulgar.
    8. Bom dia, tenho um apartamento numa praia que gostaria de rentabilizar. Pensei em "alugar" quartos/ ou o T4 a turistas que querem fazer aí férias. Mas fora da época sazonal, quero continuar a usufruir desse espaço para passar os fins de semana com a família. Sou funcionária pública e quero declarar estes rendimentos extra. O que devo fazer? Tenho de "registar" esta minha atividade extra nas Finanças? Se me pedirem recibo o que devo fazer? Grata pela disponibilidade.
    9. Alguem me poderia explicar como funcionam os fundos nacionais em termos de fiscalidade - declaração de IRS. Tenho lido muia coisa sobre este tema e da me ideia que os fundos nacionais são tributados automaticamente a 28% como nos depositos a prazo, não havendo necessidade de declarar as mais valias em sede de IRS, ao contrario dos fundos internacionais. No entanto tenho muitas duvidas. Alem disso tenho outra duvida a tributação é feita todos os anos ou so no momento em que se levanta o dinheiro dos fundos?
    10. Boa Tarde, Será seguro investir nas obrigações Sic 2019-2022, tx 4,5% ano.Não tenho informação acerca da solidez financeira da Sic neste momento.Será uma operação arriscada para os pequenos investidores? Caso alguém tenha conhecimentos agradeço informação obrgº
    11. Bom dia Alguém tem experiência em investimento em obrigações emitidas pelo EIB? Pelo que percebo, o EIB é composto por participações de todos os países da UE pelo que deveria ter um risco baixo. No entanto, as obrigações emitidas pelo mesmo têm um YTM tipicamente elevado (e.g. ver obrigações disponiveis no banco Invest). É verdade que as emissões a que me refiro não são em euros... tipicamente estamos a falar em moedas da América do Sul mas, mesmo assim, não estaria à espera de YTM>5%. Alguém consegue explicar o porquê dos YTM elevados? Obrigado
    12. Porquê as Obrigações SL Benfica SAD 2018 - 2021? TANB fixa de 4% ao ano* Maturidade: 3 anos Pagamento de juros semestral (18 de janeiro e 18 de julho) Investimento mínimo de 100€ e máximo de 45.000.000€ por contribuinte Reembolso de capital a 16 de julho de 2021 As ordens que primeiro tiverem entrado no sistema Euronext terão prioridade para serem satisfeitas caso a emissão fique sujeita a rateio Negociação na Euronext com preço variável, consoante
    13. Bom dia, Vão ser emitidas obrigações do FC PORTO SAD, alguém aqui tem um simulador para calcular os retornos liquidos? Acham que vale a pena subscrever estas obrigações? Obrigado
    14. Bom dia, Hoje no meu banco apareceu publicidade às obrigações do FC Porto SAD para 2018-2021. Clubismos à parte, e tendo em conta a informação que dão e as contas negativas do clube, vale a pena investir nestas obrigações? Não consigo encontrar os custos inerentes a estas obrigações, remete sempre para algum lado e nunca descriminam os valores.
    15. Boa tarde, A ALOPE - Associação de Lesados em Obrigações e Produtos Estruturados (http://alope.pt) está a realizar uma Petição à Assembleia da República (AR) para proteção dos lesados PT/OI. No dia 12 de Janeiro de 2018 foi aprovado na Assembleia da Republica o Projeto de Resolução n.o 1228/XIII/3a, que poderá ser consultado no link: https://bit.ly/2qDZZpM Recomenda ao Governo que parametrize a resolução da problemática dos lesados não-qualificados. Genericamente, o documenta visa a recomendação ao governo no sentido de encontrar meca
    16. Bom dia, Para tentar aconselhar um amigo, e tendo dúvidas após ter lido os termos do produto “Millennium Rendimento Trimestral 1ª série 2017”, disponível aqui: http://web3.cmvm.pt/sdi/emitentes/docs/FTR_333_337.pdf , questiono o seguinte: Quais são as hipóteses de mobilização antecipada por opção do investidor? Deverá pedir o resgate 32 dias antes de uma data de pagamento de juros? É livre de o fazer, não tendo penalizações no que se refere ao montante global investido? O texto não me parece muito claro... Obrigado.
    17. Bom dia, Um grupo de investidores de produtos ex-PT (CLN e Obrigações) reuniu-se no dia 26.11.2016 com o objetivo de definir uma estratégia de atuação. Foi decidido que o melhor caminho será a criação de uma Associação de Investidores. Após diversas análises/discussões e depois de uma negociação, foi apresentada ao grupo uma proposta, pelo gabinete de advogados, no valor de 150€/ano (+iva) por lesado + taxa de 3% do valor recuperado, caso a associação consiga reunir mais de 100 associados. Foi criado um novo grupo no Facebook para reunir os membros que manifestem intere
    18. Caros senhores, Sou um alemão quem precisa vossa ajuda! No âmbito da minha tese de mestrado estou a realizar um estudo sobre o tema dos instrumentos do financiamento através de fãs em Portugal. Não sei se aqui é o lugar correto mas agradecería muito o seu apoio em preencher este questionário e ficaria contente se vocés também compartilhassem o questionário com todos os amigos e a famila. Os dados e resultados são confidenciais e apenas para fins universitários, não sendo passados a terceiros. Por favor, clique no seguinte link para ver o questionário: https://ubayreuthmarketing
    19. Ana Ricardo

      Obrigações Séniores

      Boa tarde a todos, A minha mãe comprou em Abril 2014 este tipo de obrigações a 101% , tendo gasto cerca de 25.000 euros. A semana passada, foi abordada pela gestora de conta, no sentido de saber se ela as queria vender ao banco o qual lhe dava entre 72.50 % e 91,20 %, o que daria cerca de 18.000 euros. Vencem em 2019. O que faziam? Consequência de nada fazer? É normal abordagens deste género? Obrigada desde já.
    20. gilpontes77

      Declarar PPR e obrigações

      Olá a todos! Estou com duvidas no meu preenchimento do IRS. Recebi duas cartas do banco, uma a dar conta da rentabilidade do PPR, que foi de 2,51€ , subscrição, resgate e transferência 0€. A outra é relativa a obrigações e diz que houve alienação/reembolso/liquidação/e outras operações de débito (sem especificar qual). Tenho de declarar a rentabilidade do PPR? E quanto as obrigações? Sei que fazem parte dos valores mobiliários. Obrigado desde já!
    21. Boas, Sou novato no mundo de investimentos. Comecei em 2013 com a subscrição de obrigações EDP, FCP e SLB sendo que atualmente apenas tenho obrigações do Grande Sporting. Pretendo aumentar a minha carteira mas estou indeciso sobre se devo apostar em novas obrigações ou optar por outras opções como Certificados do Tesouro Poupança Mais e/ou ETFs que ainda não intendo completamente como funcionam. Sendo que apenas posso investir 2000 euros, O que recomendam? Obrigado
    22. Bom dia, Gostava de saber a vossa opinião relativamente à compra de obrigações "MOTA - ENGIL 2014/2019", com taxa de juro de 5.5% e com Y de 6.23% neste momento. Tendo em conta principalmente o nível de risco de incumprimento. Obrigado. Cumprimentos
    23. Boa tarde Se há uma descida das taxas de juro, qual tipo de obrigação preferivel: de longo ou de curto prazo? Porque? Qual tipo de obrigação tem maior risco de taxa de juro?
    24. Boas, O meu avô não percebe grande coisa de investimentos (basciamente faz o que a gestora de conta sugere), mas ainda assim tem um valor considerável investido. Tem agora €60k que não estão aplicados, e gostava de os por a render minimamente. O objectivo principal é a segurança do capital, não os lucros. Portanto ele está à procura de algo seguro, mesmo que com taxas baixas. O que sugerem? A conta principal é no MillenniumBCP, mas não está excluída a transferência para outro banco. A gestora sugeriu-lhe o seguinte produto: Seguro Millennium Trimestral 2015 10 Anos 4.ª Série (Não normalizado).
    25. Novo produto de poupança destinado a investidores de retalho, com um valor nominal de mil euros ( e limite de um milhão de euros por subscritor).São novos títulos de dívida do Estado, novas Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável (OTRV), lançados esta quinta-feira. As OTRV são emitidas a médio e longo prazo (cinco ou dez anos) com taxas de juro indexadas ao rendimento associado às Obrigações do Tesouro (OT) tradicionais, acrescidas de um prémio a definir em cada momento de emissão de acordo com as condições do mercado. As OTRV serão cotadas em bolsa e transacionadas em mercado secundár
    ×
    ×
    • Create New...