Ir para o conteúdo

Pesquisar na Comunidade

A apresentar resultados para as etiquetas 'iva'.



Mais opções de pesquisa

  • Procurar por Etiquetas

    Escrever etiquetas separadas por vírgulas, que representam o tema específico do tópico. Exemplos: "irs", "acções", "descontos", "férias".
  • Procurar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Finanças
    • Créditos
    • Bancos
    • Seguros
    • Imóveis
    • Incumprimento e Penhoras
    • Poupar dinheiro
    • Investimentos
  • Fiscalidade e Trabalho
    • Impostos
    • Segurança Social
    • Direitos do trabalhador
    • Trabalho por conta própria
    • Heranças
  • Geral
    • Apresentações
    • Diversos
  • Fórum
    • Regras

88 resultados encontrados

  1. Retificar declaração IVA

    Bom dia. Submeti a declaração do 3º trimestre deste ano dentro do prazo e liquidei o valor apurado a favor do estado. No entanto, esqueci-me de declarar uma compra com iva a meu favor que implicaria o não pagamento de IVA e um crédito a meu favor. Queria pedir a vossa ajuda para me esclarecer: - Posso / alterar a declaração entregue? Como? Tem multa associada? - Posso declarar a compra efetuada na próxima declaração? Agradeço antecipadamente os vossos esclarecimentos
  2. Cheque-prenda

    Bom dia, Tenho duas questões para as quais agradeço ajuda: 1ª A empresa para a qual trabalho pretende vender na sua loja, de artigos de decoração, cheques-prenda. A dúvida que se me coloca é a seguinte: quais os requisitos que um cheque-prenda deve ter? Colocar valor, validade, sei que sim. Mas existe alguma lei que regulamente os cheques-prenda e que deva ser mencionado nos mesmos? 2ª Quais os lançamentos contabilísticos a serem efetuados no momento da compra do cheque-prenda? E no momento em que se desconta o cheque-prenda? Todos os artigos que se vendem na loja são taxados a 23%.
  3. bom dia, comecei hoje a ser colectada e agora o que fazer quanto a descontos para a seguranca social e em relacao as financas? Obrigada
  4. Olá, Queria saber qual é a data relevante para decidir a qual mês pertence um rendimento: a data da prestação do serviço OU a data da emissão da fatura-recibo relacionada (quando estas duas datas não são no mesmo mês)? Exemplo simples: se eu efetuo uma prestação de servico no dia 23 de dezembro 2017, mas só posso emitir uma fatura-recibo ao meu cliente no dia 6 de janeiro 2018 (porque preciso de esperar por informações de faturação especificas) - o rendimento associado a esta fatura é considerado como um rendimento de dezembro ou de janeiro? - e então, faz parte do IRS do ano 2017 ou do ano 2018? - e também, faz parte da declaração periódica de IVA do ultimo trimestre de 2017 ou do primeiro de 2018? Muito obrigado
  5. Boas tardes Neste momento estou desempregado,mas vou fazer uma obra de renovação num apartamento que está abrangido pela taxa reduzida de IVA 6%.porque é um apartamento que esteve arrendado e vai continuar a ser . A melhor hipotese para mim é passar um recibo ACTO ISOLADO no site das finanças porque o valor da obra (1500€) isenta-me de entregar o irs e pagar qualquer imposto ao abrigo do artigo 101 b....penso eu que seja assim. A minha duvida é se posso passar o recibo do acto isolado com o valor do iva a 6% obrigado
  6. Bom dia, Estou a criar um negocio de terapias alternativas e estou a considerar importar minerais do Brasil. Tenho duas questões: para alem do IVA que outras taxas pago quando levantar os minerais que chegam ao porto? Pago o Iva quando importo e quando vendo? Isso não faz la muito sentido.... Comprei um cristal a 1€ por exemplo, paguei o iva quando o levantei no porto 1,23€. Vou vende-lo a 3€, onde 0,69€ são IVA, lucro 1,08€ e no mesmo produto pago 2x o imposto. Talvez não esteja a ver o obvio mas não entendo.
  7. A minha dúvida é a seguinte: sou trabalhadora independente, será que consigo ficar isenta com o artigo 9º do IVA, mesmo ultrapassando os 10000€ anuais? Só passei/passo recibos verdes com o código de professores, função professora para um empresa com acordo com o ministério de educação e função técnica de desporto para uma instituição de solidariedade social. As isenções que aparecem no artigo 9º do IVA e que me podem ou não abranger são as seguintes: 7. As prestações de serviços e as transmissões de bens estreitamente conexas, efetuadas no exercício da sua atividade habitual por creches, jardins-de-infância, centros de atividade de tempos livres, estabelecimentos para crianças e jovens desprovidos de meio familiar normal, lares residenciais, casas de trabalho, estabelecimentos para crianças e jovens deficientes, centros de reabilitação de inválidos, lares de idosos, centros de dia e centros de convívio para idosos, colónias de férias, albergues de juventude ou outros equipamentos sociais pertencentes a pessoas coletivas de direito público ou instituições particulares de solidariedade social ou cuja utilidade social seja, em qualquer caso, reconhecida pelas autoridades competentes, ainda que os serviços sejam prestados fora das suas instalações; (Redacção da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de dezembro) 8. As prestações de serviços efectuadas por organismos sem finalidade lucrativa que explorem estabelecimentos ou instalações destinados à prática de actividades artísticas, desportivas, recreativas e de educação física a pessoas que pratiquem essas actividades; 9. As prestações de serviços que tenham por objecto o ensino, bem como as transmissões de bens e prestações de serviços conexas, como sejam o fornecimento de alojamento e alimentação, efectuadas por estabelecimentos integrados no Sistema Nacional de Educação ou reconhecidos como tendo fins análogos pelos ministérios competentes; Aguardo resposta com urgência. Obrigada, Sofia V.
  8. Calendario com datas das obrigações fiscais

    Bom Dia a Todos, Encontrei um calendário com as datas de obrigações fiscais para 2017 : http://www.feriadosemportugal.pt/CalendarioFiscal/2017 mas ainda não tem dados para 2018.. alguem sabe se já saiu? Obrigado Pedro Rosa
  9. Recibos Verdes - IVA

    Sou trabalhador independente com a atividade de ator (2010 do CIRS), como não previa faturar mais de 10000 € coloquei como base de incidência de IVA a isenção pelo art.º 53. Como vou passar os 10000 € e a minha profissão está isenta do pagamento de IVA pelo artigo 9º , posso passar a colocar nos recibos na base de incidência de IVA, Isento-art.º 9º ? Ou tenho de esperar por janeiro para fazer essa alteração? e passando os 10000 € este ano, depois ao alterar só em janeiro para o art.º 9º não tenho de pagar IVA?
  10. Recibos divididos

    Boa tarde! Venho por este meio, tentar esclarecer-me sobre os recibos passados num ginásio .... a situação é a seguinte: estando a minha filha a frequentar um ginásio, por indicação médica, logo com prescrição médica, conto colocar os recibos dos pagamento do referido ginásio no IRS como despesas de saúde. No entanto, ao verificar os recibos no e-fatura, deparei-me com o valor pago, dividido em dois recibos. Um dos recibos no valor de 17,50 euros e outro com 7.50 euros que efetivamente perfaz 25 euros (valor da mensalidade). No entanto, o IVA apenas se encontra no de 17.50 euros sendo que o de 7.50 aparece como isento. Será que me podem esclarecer sobre este assunto?? Achei muito estranho e pouco ético da parte do referido ginásio uma vez que isso nunca me foi transmitido e muito menos explicado a razão pela qual do valor que eu pago apenas uma parte tem a taxa aplicada. Será legar o que estão a fazer?? Antecipadamente grata pela atenção e possível esclarecimento. Muito obrigado.
  11. Data de emissão de fatura?

    Bom dia a todos, Se possível gostaria imenso de obter ajuda sobre a seguinte questão: Sou trabalhar independente e estou colectado nas finanças como "prestador de outros serviços". Sempre emiti a fatura recibo através do portal das finanças e pago o iva trimestralmente. Contudo, tenho agora um cliente (empresa) que me pede a emissão de uma fatura com data anterior à data atual. Embora possa alterar a data de prestação de serviço não me é possivel desta forma alterar a data de emissão. Para a finalidade que o cliente necessita (financiamento Portugal 2020) necessita mesmo da fatura com data do mês anterior. Existe alguma forma de o fazer? É um procedimento habitual? Devo negar isto ao cliente e dizer que só posso passar com a data actual? Muito obrigado pela ajuda!
  12. categorias Tabela de actividades do artigo 151.º do CIRS

    Boa tarde, Tenho uma filha inscrita na categoria 1327 - Jornalistas e repórteres. Se a categoria for antes 2010, poderá pagar menos de IVA? Obrigada
  13. Bom dia, Gostaria que me tirassem uma duvidas. Tenho uma loja para arrendar. Contudo, essa loja está em nome de uma empresa em que estou inserido. Esta empresa tem um CAE de loja de mobiliário e outros artigos. Terei de abrir o CAE de arrendamento. A minha dúvida passa por até quando é que terei de pagar IVA e PEC deste arrendamento, uma vez que iria arrendar para uma clinica de Fisioterapia onde são isentos de IVA segundo o art.9º. Ou que método poderá usar as pessoas que irão arrendar para nao haver este pagamento de IVA e PEC?
  14. Ajuda preenchimento declaração IVA

    Boa tarde, Agradeço a vossa ajuda no preenchimento da declaração de IVA trimestral. A declaração mudou este ano e estou com algumas dificuldades. Passei recibos verdes onde há lugar a retenção na fonte e pagamento de iva. Os recibos verdes são relativos a atos de engenharia nomeadamente projetos. Como é que preencho esta declaração que envio em anexo? Por hipótese : Total Valor Base 1000 € Total IVA 230 € Total IRS 250 € Total Imposto Selo 0,00 € Agradeço desde já. declaração iva.pdf
  15. Boa Tarde, Estou em processo de criação de um negocio digital, que consiste numa plataforma de venda de fotografias. Basicamente terei fotógrafos amadores, ou não, cujas fotos serão postadas no site para venda, onde a empresa detentora do site ficará com uma comissão. A minha dúvida é - Uma vez que vou vender as fotos de outros, eles terão de me passar uma fatura com IVA da venda deles, para eu repassar ao cliente o valor do IVA? Neste caso não podem ser fotógrafos amadores, pois terão de ter actividade aberta nas finanças para me passarem fatura, certo? Não queria tornar a coisa tão burocratizada para quem me vender o conteudo digital (fotografia), haverá alguma outra maneira de fazer isto? Tenho investigado outras plataformas com negócios parecidos, onde o cliente compra fotografias de outras pessoas e eu próprio já comprei algumas para ver o funcionamento, mas no final da compra apenas recebo um recibo da Paypal e um email do site a dizer que o pagamento foi aprovado, sem mencionar qualquer tipo de imposto. As pessoas que vendem conteúdo digital a estes sites, não passam uma fatura ao website para que este possa revender as fotos? Peço desculpa pelo texto extenso, mas realmente é um assunto difícil de expor sem explicar o processo. Espero ter sido claro. Abraço, M
  16. IVA compras a fornecedor

    Boa noite, Estou numa fase já terminal de abrir um negocio online como empresário em nome individual mas agora surgem novas duvidas que aos poucos me vao lixando a cabeca. O negocio inclui mercadoria de valor relativamente alto (sempre + de 50€) mas o meu lucro será baixo, na ordem dos 7€ por unidade. Visto ter um grande parceiro comigo que também vai ser fornecedor (NACIONAL) que me vai ajudar a iniciar este projecto tive acesso aos valores que ele também tem acesso para assim colocar IVA, comissão dele e a minha. O pior disto tudo comeca com a porcaria do IVA, mesmo que esteja isento ao abrigo do artigo 53 penso que o valor que ele me deu para fazer os cálculos não está correcto, mesmo sendo eu empresário nome individual. Imaginemos um valor de 100, teria de adicionar 23% que são 23 euros + comissão dele que será p.exemplo 10, vai dar o valor total de 133. Eu para conseguir vender irei comprar a 133 e adicionar a minha comissão de 7€ visto que estou isento de iva e está feito ou 133 é o valor que ele me vende e a esse valor terei de acrescentar novamente 23% de iva ficando 163.59 e so depois posso acrescentar os meus 7 euros de lucro? Agora pegando no caso de não estar isento, depois de 163.59 + 7 teria de acrescentar novamente 23% de iva para o consumidor final dando 209.10????? Se assim for estou bem quietinho porque não há qualquer tipo de forma de ter clientes assim. Peço desculpa pelas perguntas possivelmente parvas mas estive a fazer todos os cálculos colocando o IVA apenas no valor que me indicou e acrescentando a esse a minha comissão.
  17. IVA- AutoLiquidação [Dúvida]

    Gostaria que alguém me pudesse elucidar relativamente ao IVA. Eu sou ENI, em regime simpificado e a minha atividade é vender software para uma empresa Chinesa, na altura quando contactei um contabilista foi me dito que todas as faturas que fizesse seriam sem IVA, ou seja fazia a fatura com o contribuinte 99999999 visto ser fora da U.E, e depois coloco o M08-IVA - autoliquidação na fatura. À uns dias atrás em conversa com um amigo ele disse me que isto significava que eu tinha que liquidar o IVA na mesma, e fiquei com esta dúvida, eu de facto tenho que fazer algo a mais para além de declarar os meus rendimentos como já o faço através do envio do SAFT mensal? eu tenho alguma questão de IVA a tratar estando eu a operar neste sentido? Porque até então nunca "declarei" qualquer IVA nem sei como isso se trata porque me disseram na altura que simplesmente não tinha que me preocupar com isso trabalhando desta forma... Desde já agradeço se me puderem tirar esta dúvida.
  18. Clubes Recreativos - passam faturas?

    Olá, Desde há muitos anos que frequento ginásios e estou habituado a quando do pagamento, recebo em seguida a respectiva fatura. Recentemente, acabei por desistir do ginásio e comecei a praticar uma modalidade em um clube recreativo. Quando me inscrevi, paguei 5€ que seria da jóia + XX € pela 1 mensalidade e recebi um papel com esses valores, mas apenas com a finalidade informativa e não fiscal. No segundo mês ao pagar a correspondente mensalidade, questionei a secretaria sobre a emissão da factura do 1 mês que não tinha sido lançada no eFaturas. Para meu espanto, recebo a seguinte resposta "nós somos um clube recreativo, não passamos faturas". Pesquisei e não encontrei nada sobre o assunto. O que encontrei é que eles podem estar isentos de pagar iva, mas não de passar fatura. Alguém consegue esclarecer sobre este assunto?
  19. Declarção Periódica

    Bom Dia, Eu iniciei actividade em finais do mês de Dezembro como produção artística, estando então isenta de Iva por volume inferior a 10mil euros. Eu sou muito recente nestas coisas de Declarações e por ignorância minha não sabia o que era, então recebi uma carta das finanças a dizer que estava em falta e que seria preciso proceder a sua submissão referente ao mês de Dezembro que foi quando iniciei a actividade. No entanto lá submeti na sexta feira e por estupidez minha submeti os valor até a data limite ou seja até ao dia 15 de Fevereiro, como faço para alterar? declarei 107 euros em vez de os 35 euros que realmente fiz. Desde já obrigada
  20. IVA - Gasóleo

    Olá! Gostaria que alguém me pudesse esclarecer alguns pontos referentes à minha situação actual: Sou trabalhador independente e faço venda directa em casa dos clientes, não tenho carro de empresa. O automóvel que utilizo para trabalhar é comercial, a gasóleo e está em nome do meu pai. A minha pergunta é: Posso deduzir o IVA referente ao combustível que utilizo no automóvel para fazer o meu trabalho? No caso afirmativo, há problema de o automóvel não estar em meu nome? Agradeço desde já a possibilidade de poder expôr aqui a minha dúvida.
  21. IVA para compras na UE por empresa

    Bom dia a todos, Tenho uma dúvida que talvez me consigam esclarecer visto não ser grande conhecedor desta matéria. Imaginemos uma empresa Portuguesa de venda online que compre produtos a um fornecedor Espanhol. Neste caso aplica-se a isenção de IVA uma vez que a compra é feita a um fornecedor da União Europeia. A empresa ao marcar o preço do produto terá que colocar os 23% do Iva + a margem de lucro certo? Por exemplo: A empresa compra um produto de 100€ ao fornecedor espanhol e não paga o IVA. Caso tenha o produto á venda por 120€ e o venda a um cliente português ainda perde dinheiro correto? Neste caso 3€ uma vez que terá que pagar 23€ ao estado. Agradeço a vossa opinião. Cumprimentos.
  22. 1ª Declaração IVA

    Bom dia, tenho uma dúvida, tenho actividade aberta e este ano mudei o regime de IVA, estava isento mas como passei os 10k€ passei a estar englobado no regime de IVA trimestral. O mês de Janeiro ainda tive isenção, quando preencher a declaração relativa ao primeiro trimestre, as deduções também são apenas de facturas de fevereiro e março certo? Ou posso deduzir IVA de facturas de Janeiro também? Acho que a resposta é óbvia (só fevereiro e março) mas apenas para ter a certeza. Obrigado!
  23. Boa tarde, No ano passado iniciei actividade como trabalhador independente e dado que me encontrava a receber subsidio parcial de desemprego beneficiei de isenção de IVA + IRS. Este ano e dado vou começar a cobrar IVA+IRS estou a ponderar passar a empresário em nome individual (pelo motivo de venda de produtos), mantendo o regime de contabilidade simples. Soube pelas Finanças que o ano passado foi aprovado um decreto-lei que permite aos trabalhadores independentes a venda de produtos (adicionando um CAE à actividade). Que tipo de métrica ou cálculos poderei efectuar para determinar se deverei passar a empresário em nome individual? A mesma pergunta que o ponto 1 > se dentro do regime fiscal elegido devo manter contabilidade simplificada ou organizada? A informação prestada pelas Finanças relativamente a este decreto-lei está correcta? Peço desculpa pelas perguntas, sou um completo leigo na matéria. Muito obrigado.
  24. Boa noite Estou com ideia de iniciar um negocio profissional , na qual tenho algumas duvidas a colocar . Irei realizar importações de artigos electrónicos usados ( dentro de países da união europeia ) ao abrigo da isenção de Regime de IVA – Intra-comunitário e vende-los recorrendo ao regime de margem de lucro . Até aqui tudo bem ! As minhas questões são , 1ª - De que forma poderei gerir as minhas encomendas e as vendas desse mesmo produto ? Terei que atribuir um código a cada artigo ao encomenda e ao vender usar o mesmo código ? 2ª - Caso a encomenda seja realizada no reino unido , como poderei fazer a gestão da encomenda para a contabilidade visto que a factura virá em libras ? Muito Obrigado desde Já a todos Ricardo
  25. Importação de Países Terceiros - China

    Caros, Em primeiro lugar permitam-me agradecer a potencial ajuda que me possam vir a auxiliar neste tópico. Tenho uma micro empresa e estamos a pensar iniciar importação de produtos da China através de e-commerce mas surgem algumas dúvidas; 1º - A empresa é de e-commerce, tendo já o CAE 47910 de e-commerce e tendo um objecto social que prevê importação e exportação de produtos. Enquadra-se no pretendido? 2º - Na declaração de inicio actividade, na altura não subscrevi a opção de importação de países terceiros mas apenas trocas intra-comunitárias. Para o efeito, bastará alterar a mesma no portal da AT? 3º - Como se processa uma aquisição na China a nível de IVA? Se alem do exposto acima, entenderem pelo vosso conhecimento, informar de outra questão que considerem pertinente, fico grato. Cumprimentos, LMG
×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa