Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Search the Community

    Showing results for tags 'ajuda'.



    More search options

    • Search By Tags

      Type tags separated by commas.
    • Search By Author

    Content Type


    Forums

    • Finanças
      • Créditos
      • Bancos
      • Seguros
      • Imóveis
      • Incumprimento e Penhoras
      • Poupar dinheiro
      • Investimentos
    • Fiscalidade e Trabalho
      • Impostos
      • Segurança Social
      • Direitos do trabalhador
      • Trabalho por conta própria
      • Heranças
    • Geral
      • Apresentações
      • Diversos
    • Fórum
      • Regras

    Find results in...

    Find results that contain...


    Date Created

    • Start

      End


    Last Updated

    • Start

      End


    Filter by number of...

    Found 12 results

    1. Olá a todos! Estou a realizar um inquérito no âmbito da minha tese de mestrado em percepções de marcas financeiras no mercado nacional. Agradecia imenso o vosso contributo. Ao participar podem ganhar um voucher de 40€ da Fnac. Obrigada!! https://ucplbusiness.co1.qualtrics.com/jfe/form/SV_8fibziMGm4pbKZv
    2. Boa tarde, Chamo-me João, tenho 28 anos e estou decidido em investir! Mas....infelizmente não faço ideia do que fazer nem como se faz para investir. Gostava de obter ajuda na introdução ao investimento. O que devo pesquisar, ler e ver? Alguém aconselha um site, livro, video etc..? Cumprimentos a todos e bom Domingo!
    3. quim

      Anexo F

      Boa tarde Comprei um prédio para arrendamento em 2018, no acto da escritura paguei o imposto de selo como é óbvio . Pergunta...Posso colocar este valor nas despesas com o imóvel? É que andei por aqui á procura e encontrei isto::: Impostos e taxas municipais Já deve saber que pode deduzir nos seus rendimentos prediais o imposto do selo relativamente ao prédio que gera os rendimentos e o IMI, mas também estão incluídas as taxas municipais de saneamento e esgotos.
    4. dngomes

      anexo G

      venho pedir ajuda para preencher o anexo G Alguém me pode ajudar?
    5. Herdei uma casa de uma tia, que nao tinha filhos, apos fazer a relacao de bens nas financas e ter pago o imposto de selo sobre a heranca, gostava de saber o que preciso fazer para passar a caderneta predial para meu nome como cabeca de casal da heranca, pois temos a casa praticamente vendida e falta essa caderneta em nome da herança. Ja me desloquei as financas da minha area de residencia para tratar deste assunto e como resposta disseram que tinha ser pedida nas finanças da area do imovel, que fica a 400km da minha residencia e que podia mandar um email a pedir essa alteracao. Pelo que eu fiz esse email e juntei copia da declaração de liquidacao de heranca e da participacao modelo 1, mas ainda nao obti qualquer resposta e ja fiz um contrato compra e venda do imovel. Sera que existe outra maneira para fazer esta alteracao de propriedade na caderneta predial.
    6. sarah leal carvalho Carvalho

      Irs

      Boa noite, sou trabalhadora independente sem contabilidade organizada. Durante 2018 tive isenta de contribuições á segurança social. É a primeira vez que vou fazer irs, então gostaria de saber quais os anexos que terei que preencher quando tiver que fazer IRS. Obrigada, Sarah Carvalho
    7. Boa noite Tenho uma questão e antes de ir informar-me à segurança social decidi publicar aqui porque poderá eventualmente haver alguém que me possa esclarecer melhor... Tenho actualmente 23 anos e minha situação é a seguinte, deixei de estudar muito novo com cerca de 14 anos, apanhei uma depressão muito grande derivado a algumas coisas que passei enquanto mais jovem e tinha problemas em estar em sociedade e conviver com as pessoas, então desde essa altura deixei de estudar e passei a isolar-me de tudo e de todos, de vez em quando lá me motivavam e eu voltava a estudar mas acabava por desistir sempre a meio. Talvez o meu maior problema? Nunca me faltou nada... Mesmo estando em casa nunca deixei de aprender, eu costumo dizer que tive o melhor professor que se pode ter, o Google, aquele que nos explica tudo o que a gente quer, quando quer e ao nosso ritmo... Hoje sei falar inglês perfeitamente, percebo bastante de informática e de tudo um pouco porque o meu gosto de aprender nunca se foi apesar de não ir à escola e isolar-me em casa. Acontece que habilitações, só tenho o 7 ano concluído! Hoje, e com 23 arranjei uma namorada a sério, alguém que realmente se preocupa comigo e uma pessoa muito única e especial para mim que me fez abrir os olhos e ver as coisas de um jeito diferente, e só agora, depois deste tempo todo, abri os olhos e percebi que a minha vida tinha que seguir em frente e que eu tinha que ter habilitações porque aos olhos da sociedade eu com o 7 ano saiba o que saiba não sou nada e não tenho praticamente nenhuma empregabilidade. Mas claro, problemas, esses sempre têm que me acompanhar toda a vida, e como tal... Acontece que a minha namorada é menor, tem 17 anos e vai fazer 18 este ano em Agosto. Vive em casa dos pais e faz de tudo, é uma empregada doméstica autentica, a mãe dela so tem que chegar do trabalho e sentar o c* no sofá a mexer no facebook que ela chega da escola cansada mas ainda tem que tomar conta da irmâ pequena como se fosse filha dela, fazer o jantar e o almoço para o dia seguinte como outras tarefas em casa que estavam destinada à mãe dela e não a ela. Eu apareci na vida dela e óbvio, a vontade dela de sair daquele ambiente só se intensificou e ela começou a revoltar-se mais, e claro, a mãe dela não gostou nada da minha "chegada" porque estava habituada a ter tudo feito quando queria e que ela não se revoltasse tanto como agora se revolta. Como se não bastasse, não so tem que fazer tudo como agora também tem que ficar em casa presa porque a mãe não a deixa sair para se encontrar comigo, nem ao telemóvel praticamente pode falar e se o tem, o telémovel, e ela não lhe o tira já tem ela muita sorte e é porque ela lhe faz as coisas porque se não nem esse. Acontece que eu com o 7 ano não consigo arranjar trabalho e estou a meio de um curso de formação profissional para tirar o 9o ano e não queria desistir a meio como sempre fiz até hoje, até porque mais tarde queria arranjar um trabalho melhorzinho e sem no minimo o 9o ano hoje em dia é tão dificil... em Agosto pretendíamos alugar uma casa, mas só com a minha bolsa de estudos de 149 eur e ela sem qualquer tipo de rendimentos é muito dificil para nós... Eu tenho a ajuda do meu pai, que me dá 150eur de abono todos os meses por eu viver em casa da minha mãe e sei que ele me vai continuar a dar esse dinheiro quando for viver sozinho mas mesmo assim é muito pouco para nós. Gostaria de saber se existe algum tipo de ajuda e se existe, quais, neste caso; se eu tenho direito a alguma ajuda, se ela tem direito a alguma ajuda... Visto que somos 2 estudantes, eu recebo uma bolsa mas ela nem bolsa recebe. E a mãe dela nem livros lhe vai pagar para estudar se ela sair de casa e for viver "sozinha". O que nos vale mais é algum dinheiro que vamos pondo de parte de vendas que a gente faz online, mas nunca é certo e nunca podemos contar com esse dinheiro para nada, se for 50eur é muito e a gente vai comprando alguma comida com ele para ajudar la em casa da avó dela e assim lá se vai indo... É uma situação muito complicada e o melhor mesmo seria eu deixar de estudar e arranjar um trabalho onde puder, e secalhar é o que vou ter mesmo de fazer, mas lá se vai outra vez o 9o ano, pela "milésima" vez... Se alguém souber de alguma coisa e me puder responder, caso contrário eu cá terei de me deserascar, de uma forma ou de outra; já é tempo.. Um obrigado e um resto de boa noite
    8. Olá, Depois de pesquisar bastante vim parar a este forum, espero estar a pedir informaçoes no sitio certo. Tenho 26 anos e vivo com os meus pais e 2 irmãos. Sou o único membro do agregado que trabalha. Ganho 700e. Trabalho bastante longe de casa, perdendo à volta de 4h em transportes publicos todos os dias. A minha mãe tem tido trabalhos esporadicos nos ultimos anos mas a condição de saúde dela debilitou-a bastante, pelo que agora está a receber apenas o subsídio de desemprego e fica por casa para ajudar os meus avós que também estão a precisar de apoio. O meu pai é desempregado de longo termo, consegue apenas alguns trabalhos tambem esporadicos a recibos verdes que de vez em quando la dão para equilibrar as contas. Os meus irmãos são mais novos e ambos estao a estudar. Nao nos qualificamos para RSE, mas a nossa situação é bastante apertada. Vivemos mes a mês e às vezes nem isso conseguimos (estamos, por exemplo, com 2 rendas em atraso de momento). Estou muito cansado da minha vida, que passa de trabalhar 10h por dia e 4h em viagem. O resto do tempo que me sobra é para comer, dormir, e preparar as coisas para o horario de trabalho. Gostava bastante de sair de casa, e ha uns meses, como as coisas estavam mais equilibradas, estava a pensar candidatar-me à porta 65 e mudar-me para mais perto do meu trabalho, mas basta haver algum imprevisto e as nossas contas ficam outra vez desequilibradas. Nao sou capaz de abandonar a minha familia e tratar apenas da minha vida, pelo que nao me passa tomar nenhuma decisao enquanto as coisas nao estiverem estaveis - mas ainda falta bastante ate os meus irmaos terem idade para arranjar um emprego ou para os meus pais terem idade para a reforma. Nao consigo imaginar-me viver assim por mais 10 anos. Tambem nao acho que va arranjar um emprego melhor mais perto de casa. Quero muito equilibrar a minha situaçao financeira de qualquer forma, mas nao sei como o fazer. Estou cansado de viver constantemente no limite, sem saber quando é que as coisas vao correr mesmo mal. Encontrei este forum por ter chegado a altura de fazer o IRS (Tenho feito o meu irs separado dos meus pais, mas nem sequer sei se isto foi a melhor opçao? Vi que podemos declarar ascendentes a cargo, mas nao sei se eles se qualificam por ainda nao estarem em idade de reforma.) Ha algum outro apoio a que eu possa recorrer na minha situação? Algum sítio onde me possa dirigir para falar com alguem que perceba de contabilidade para tentar estabelecer um plano que me permita resolver a minha vida? Peço desculpa pelo texto longo. Obrigado
    9. José Dinarte

      Cédito Automóvel Amortização

      Boas, Possuo um crédito automóvel com o montante total de 10.139,95€ o qual inclui 9.500,00€ respeitante ao montante de credito solicitado pelo consumidor e o montante de 639,95€ relativos a encargos financeiros. Tem a duração de 48 meses e a TAN é de 7.500000% e a taxa é fixa. Sendo o valor detalhado de cada mensalidade o seguinte: Capital: 196.56€ Juros: 48.11€ Comissões de processamento: 3,00€ Imposto Selo : 1.92€ Total 249.59€ Já efectuei o pagamento de 13 mensalidades e o capital em dívida é de 7500.71€. A minha questão é: Se amortizar neste momento 5.000€, com que mensalidade ficarei, e dessa mensalidade, quanto amortizo de capital e pagarei de juros? E já agora pagando o valor total em dívida, ou seja os 7500.71€ terei de pagar algo extra ou consigo poupar algo? Desde já muito obrigado, é que ando um bocado confuso com tanto que já li. Com os melhores cumprimentos
    10. Cheguei ao Porto no final de Novembro, e fui morar em um quarto que encontrei no site easyquarto. Não assinei qualquer contrato e todo o processo se deu por e-mails (pois vim do Brasil e não queria chegar aqui sem já ter uma morada garantida). Já nos primeiros dias, vi que se tratava de uma cilada, e que o casal de senhorios eram pessoas bastante instáveis; portanto avisei a eles - que também moram na casa - que sairia no final deste mês (dezembro), e solicitei que me fosse devolvido o caução de €180, para que eu pudesse pagar por outra habitação (isso depois de já ter pago €200 no dia 5 de dezembro, relativo ao aluguel deste mês). No dia seguinte ao aviso, a senhoria veio me dizer que o caução só seria devolvido no final do mês e que, caso eu tivesse quebrado qualquer coisa que fosse, não o devolveria. Perguntei a ela sobre um prato que se rachou quando o coloquei no microondas na minha primeira semana, e se isso seria justificativa para não me devolver o caução. Ela simplesmente perdeu a cabeça e me mandou "ler as regras", que são um sem fim de papeis afixados pela casa, com tópicos que falam até sobre inspeções na arrumação dos quartos (que, caso não estejam arrumados segundo os padrões da senhoria, também seriam usados como justificativa para não devolver o caução); ou seja, não quis me dizer com todas as letras que me roubaria o dinheiro do depósito por conta de um prato partido (que quando foi partido, mostrei prontamente ao senhorio, que no momento disse-me que "tudo bem, isso acontece"), mas está somente esperando eu entregar as chaves para me avisar da burla. O nível de desequilíbrio é tanto, que a senhoria chegou a mencionar que haviam "câmeras" espalhadas pela casa que nos vigiavam. Mesmo quase certo que se tratava de uma grande mentira, disse a ela que tal ato era crime. Diante disso ela me disse que eu estava "faltando ao respeito com ela", o que, segundo um dos papeis afixados, TAMBÉM era justificativa para não devolver o caução. No momento estou sentindo-me como um refém nesta casa, até com medo de ter meus pertences confiscados como "pagamento" de alguma "regra". O que posso fazer para conseguir devolta este dinheiro, para que possa sair daqui o quanto antes? PS: tenho como prova somente os e-mails que troquei com o senhorio, nos quais se falam sobre valores, conta de banco e endereço da morada; mas não sei se o senhorio pode simplesmente dizer que aquele endereço de e-mail não é dele.
    11. Boas a todos, eu fiz 18 ainda a uns meses e já tenho feito um bom dinheiro na net, mas nunca paguei nada ás finanças nem IRS nem nada dessa treta (nem sei como se faz), mas agora que já fiz 18 tenho passado uns 500 aqui, outros 500 acolá para a minha conta do banco e daqui a pouco as finanças vão dar por ela. Eu faço serviços de Freelance, traduções, recebo de anúncios no meu website, mas não faço A MÍNIMA de como começar a ficar "legal" com as finanças e pagar tudo em ordem para não ter problemas, uma ajudazita e umas dicas dava cá um jeitaço Tenho também mandado umas faturas online pelo PayPal e não tenho cobrado IVA nem impostos nem taxas nem nada, uma ajuda nesse lado também dava-me grande jeito Obrigado desde já!
    12. taniapereira

      Vender casa em construção

      Bom dia a todos. Possuo uma moradia em construção (2 pisos), com boa exposição solar, poço de água no terreno, junto a estrada. Após situação de divorcio continuei com o projecto pensando que iria conseguir realiza-lo, no entanto, neste momento creio ser um objectivo demasiado impossível, custa-me imenso desfazer-me deste imóvel uma vez que o terreno já estava na família à muitos anos.Tenho em ideia vender e comprar um apartamento. No entanto não faço a mínima ideia de que procedimento devo tomar. Qual o valor que o terreno com a moradia em fase de construção poderá valer. obrigada
    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa