Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Search the Community

    Showing results for tags 'amortização'.



    More search options

    • Search By Tags

      Type tags separated by commas.
    • Search By Author

    Content Type


    Forums

    • Finanças
      • Créditos
      • Bancos
      • Seguros
      • Imóveis
      • Incumprimento e Penhoras
      • Poupar dinheiro
      • Investimentos
    • Fiscalidade e Trabalho
      • Impostos
      • Segurança Social
      • Direitos do trabalhador
      • Trabalho por conta própria
      • Heranças
    • Geral
      • Apresentações
      • Diversos
    • Fórum
      • Regras

    Find results in...

    Find results that contain...


    Date Created

    • Start

      End


    Last Updated

    • Start

      End


    Filter by number of...

    Found 8 results

    1. Boa noite, estou a negociar o meu crédito habitação e tenho uma questão relativamente à amortização de crédito e o MTIC. Eu gostava de pagar o empréstimo a 30 anos, mas o banco tem me dado sempre a entender que só poderei fazer a 40 anos por causa da taxa de esforço (a 40 anos a minha taxa de esforço é de 30% do vencimento, a 30 anos fica a 38%). Suponhamos que o valor do MTIC a 40 anos é de 100.000 €. Se nestas condições for amortizando crédito ao longo dos anos e efectivamente pagar o empréstimo ao fim de 30 anos, terei pago o valor inicialmente previsto de 100.000 € ou por ter amortizado acabo por pagar menos? E se pagar menos, pago o mesmo valor de MTIC que teria pago se tivesse feito o empréstimo a 30 anos desde o início? (excluindo a taxa de 0,5% para cada amortização)
    2. Boa noite se alguém puder esclarer esta questão fico muito agradecido. Tenho perto de 10.000€ em créditos variados, com prestações mensais a totalizar perto de 450€. Estou tentado a fazer um consolidado. Única proposta que me fizeram com a desculpa de taxa de esforço em cosideração, foi empréstimo de 10.000€ para liquidar as dívidas, pago a 120 meses, prestação 156,54€ constante e postecipada (seguro incluido), TAN = 11,25% e TAEG = 13,1%, totalizando um MTIC = 17.338,80€. Tenho todo o interesse em ir amortizando antecipadamente, duas vezes por ano (subsidios de ferias e natal) cerca de 750€ de cada vez. = 1500€ ano. "9. REEMBOLSO ANTECIPADO 9.1. O CLT pode, a todo o tempo, cumprir antecipadamente, parcial ou totalmente, o Contrato, notificando a IC em papel ou noutro suporte duradouro, com um pré-aviso mínimo de 30 dias de calendário face à data em que pretende realizar a antecipação. 9.2. O reembolso antecipado dá lugar à redução do custo total do crédito por via da redução dos juros e dos encargos do período remanescente, tendo a IC direito a uma comissão de 0,5% ou 0,25% do valor do capital reembolsado antecipadamente, se o período decorrido entre o reembolso antecipado e a data prevista para o termo do Contrato seja superior ou inferior/igual a um ano, não podendo nunca exceder o montante dos juros que o CLT teria que pagar durante o período decorrido entre o reembolso antecipado e a data prevista para o termo do período de taxa fixa do Contrato. A comissão não é exigível se o reembolso decorrer da execução de contrato de seguro destinado a garantir o reembolso do Contrato ou se ocorrer num período em que a TAN aplicável não seja fixa." Quero perceber como calculo o valor total que pagaria assim sendo. Conseguem-me ajudar? Muito Obrigado, RRSM
    3. Boa noite, Tenho realizado umas análises sobre créditos à habitação (isto porque ando a pensar adquirir uma casa). No entanto, tenho algumas dúvidas no que diz respeito à amortização e mensalidades. Tenho visto várias abordagens: Mensalidade constante, se amortizar amortizo ao valor, a mensalidade fica constante igual ao valor inicial (reduzo o prazo) Mensalidade constante que muda e se mantém constante após a amortização, se amortizar amortizo o valor e a mensalidade desce e volta a estabilizar (reduzo o prazo e a mensalidade) Deixo aqui uns cálculos da minha interpretação para validação/discussão. (para teste usei os valores 1000€, 12meses e 10% de rate estou a ignorar comissões e despesas de amortização para já) De que forma é que os bancos costumam trabalhar? Têm experiências que possam partilhar? Estou a planear a melhor forma de fazer as amortizações (ou não o fazer) tendo em consideração o meu ordenado e poupanças. Muito obrigado pelo tempo e atenção,
    4. Preciso de ajuda para perceber se vale a pena a amortização parcial do meu credito a habitação que tenho no bpi, uma amortização parcial refiro-me a mensalmente pagar um pouco mais. O juro está baixo mas estou a pagar mais de seguros do que de juros e isso faz ter mais despesas com o credito e teria a possibilidade de pagar cerca de 100€ mais a prestação que está nos 204,88€. No presente estou a pagar isto: amortização do capital em divida 204,38€ Juros 23,57€ Seg.vida 23,57€ Seg. Multiriscos 12,77€ Faltam 263 meses para o final do empréstimo (22 anos +/-) Valerá a pena pedir a amortização parcial/mensal tendo em conta os custos/benefícios (taxas banco/irs/juros/seguros)? Obrigado pela vossa ajuda!
    5. José Dinarte

      Cédito Automóvel Amortização

      Boas, Possuo um crédito automóvel com o montante total de 10.139,95€ o qual inclui 9.500,00€ respeitante ao montante de credito solicitado pelo consumidor e o montante de 639,95€ relativos a encargos financeiros. Tem a duração de 48 meses e a TAN é de 7.500000% e a taxa é fixa. Sendo o valor detalhado de cada mensalidade o seguinte: Capital: 196.56€ Juros: 48.11€ Comissões de processamento: 3,00€ Imposto Selo : 1.92€ Total 249.59€ Já efectuei o pagamento de 13 mensalidades e o capital em dívida é de 7500.71€. A minha questão é: Se amortizar neste momento 5.000€, com que mensalidade ficarei, e dessa mensalidade, quanto amortizo de capital e pagarei de juros? E já agora pagando o valor total em dívida, ou seja os 7500.71€ terei de pagar algo extra ou consigo poupar algo? Desde já muito obrigado, é que ando um bocado confuso com tanto que já li. Com os melhores cumprimentos
    6. Boa tarde, Tenho um crédito à habitação onde o valor em dívida é de 127.626 euros ( ainda falta pagar 360 meses) TAEG de 0,01160 (spread de 0,3%), tendo 70.000 euros disponíveis acham que é melhor amortizar o crédito ou colocar a rendar (não procuro produtos de risco)?Tenho disponível para um SOS mais 15.000 euros mas estão investidos nos CTT. Estou muito indeciso pois não sei o que fazer. Obrigado desde já pelas ajudas, Pedro Costa
    7. scpuser

      Amortização de crédito

      Olá Contraí recentemente um crédito para compra de uma habitação para arrendamento (com duas fracções distintas, uma já arrendada quando comprei o imóvel). Quis preservar ao máximo a minha liquidez por vários motivos, e então fiz um crédito a 30 anos em vez de 20 porque a prestação era mais baixa do que a fracção arrendada. Acontece que em princípio já encontrei arrendatário para a segunda fracção, o que me dá cerca de 100 euros líquidos por mês a mais do que a prestação do crédito. A minha ideia é ir liquidando o mais possível de crédito enquanto tenho esta segunda fracção arrendada (que será arrendada temporaria e rotativamente, e a outra de forma mais permanente). A pergunta é se normalmente há montantes mínimos de amortização (no contrato não diz nada, apenas menciona a bem conhecida taxa de 2% de penalização, visto ser taxa fixa). É normalmente aceite liquidar 80-100 euros extra por mês? É que neste modelo há interesse em liquidar o quanto antes, para diminuir o juro tão rápido quanto possível. Outra pergunta, alguém sabe se é possível diminuir o tempo do crédito em vez da prestação, caso se façam amortizações? Não é a minha ideia (a minha é precisamente a inversa), apenas estou curioso porque me disseram que noutros países é possível. Obrigado
    8. Olá a todos, Há muito tempo que ando a pensar em amortizar a totalidade do meu empréstimo ao banco, mas o facto de a despesa com juros poder entrar no IRS tem atenuado a minha vontade de limitar ao máximo a minha relação com bancos. Ora bem: -Devo 27 mil euros; -O spread é de 0,75% -ao longo do ano pago 230 euros em juros. -se bem entendo, só posso deduzir no IRS 15% do montante pago em juros, até ao limite de 290 euros, é isto? Confirma-se? -significa que, na prática, o meu empréstimo contribui com uma deducção de 35 euros no IRS? Como não tenho dependentes e sou solteira, o meu grande receio era que a amortização total do empréstimo me viesse a penalizar muito no IRS. Ou seja, poupo em juros, em seguro de vida, mas dps tenho de desenbolsar para o Estado e vai dar tudo ao mesmo. Até que ponto, na vossa opinião, poderei eu vir a ser penalizada na sequência da amortização? Agradeço o vosso contributo, Obrigada,
    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa