Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • [Ajuda] [Sério]Fiz um crédito à construção e não consigo ficar descansado


    mkjdaks11

    Recommended Posts

    mkjdaks11

    Boa tarde,


    Há um tempo atrás decidi comprar uma casa ainda em projeto, por um preço estipulado com o construtor. O empreiteiro sugeriu que fizesse um empréstimo à construção, em que fariamos uma transação para colocar o terreno no meu nome, e depois ele basicamente era contratado por mim para fazer a obra. A vantagem para ambos era que eu não tinha que pagar tanto de IMT e ele também tinha vantagens fiscais com isso. Eu pensei que não devia haver grande problema, até me parece legal (corrijam-me se estiver enganado), porque nada impede que eu compre um terreno e contrate alguém para me construir uma habitação. Até aqui, penso que estará tudo bem (sort of).
    Desde início sempre que lhe fui dando dinheiro ele passou-me um "comprovativo", papel timbrado, assinado por ambos, em como eu lhe dei aquele dinheiro.


    Eu não sou da área, foi a minha primeira compra, algumas coisas eram um bocado desconhecidas para mim (completamente minha culpa, mas é a realidade), então eu estava tranquilo com esses comprovativos.


    Mas, mais tarde, pessoas conhecidas da área e amigos disseram-me que eu deveria ter faturas, nem que fossem de 50% do valor, o que até é lógico, porque se ele me está a construir a casa e eu lhe estou a dar uma grande quantidade de dinheiro, então ele tem que me faturar, materiais, mão de obra, etc.
    Quando lhe falei sobre isso ele disse logo que não, que ele faz a contabilidade da empresa à maneira dele (é uma empresa de tamanho considerável) e que se fosse para passar faturas eu ia ter que pagar o IVA. Para mim não faz sentido porque se eu fizesse um empréstimo normal, o valor que lhe ia pagar era o mesmo que foi inicialmente acordado! Ele só se estava a aproveitar. Mas ele foi intransigente. Não me passou fatura nenhuma. Basicamente durante todo o processo eu fui levantando dinheiro em pequenas quantidades (diga-se max 2500€ / dia), porque dizem que a partir deste valor podem soar uns "alarmes", e fui-lhe pagando.
    Neste momento já está tudo pago, mas tenho receio de no futuro alguém das finanças poder bater-me à porta. É que nesse caso, nem sei o que hei-de lhes dizer. Digo que pedi as faturas ao empreiteiro e ele se recusou? Sinceramente se pudesse voltar atrás preferia 1000x pagar o dinheiro do IMT e não ter esta chatice.


    Alguém conhece / já passou por algo semelhante que me possa dar uma opinião? Obrigado

    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...