Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    jfsmoreira

    Mais valias de herancas menores

    Recommended Posts

    jfsmoreira

    Vendi uma moradia, cujas minhas filhas menores são herdeiras.

    O tribunal ordenou que 1/3 do valor da venda fosse depositado nas contas bancárias delas.

    Na declaração de Irs tenho de declarar os valores que lhes dizem respeito?

    Elas estão cobertas por alguma legislação que as proteja de pagar mais valias?

    Caso não seja assim vejo-me prejudicado, uma vez que terei de ser eu a assumir o Irs das mais valias de um valor que não recebi.

    Edited by jfsmoreira

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    parm

    Recomendo que coloque a questão à AT. Presencialmente ou no e-balcão.

    No meu entendimento, se o tribunal ordenou depositar 1/3 do valor, é provável que a sua parte fosse apenas de 2/3. E assim sendo terá que declarar esse valor e não a totalidade.

    No entanto, coloque a questão à AT.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    jfsmoreira

    Agradeço. Vou tentar passar lá, porque as respostas deles via net sao muito vagas...

    A ver se me sabem responder...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest PJA

    Se elas são herdeiras de 1/3 do imóvel, então quando jfsmoreira preencher a sua declaração de IRS, dever´indicar no campo respectivo que apenas possuía 2/3 do mesmo.

    Atenção que as suas filhas terão também de entregar uma declaração de IRS declarando a quota parte delas na venda (se elas estiverem como suas dependentes, será na mesma declaração, à partida, mas ainda assim deve discriminar uma linha para cada um - neste caso, na prática, pagará IRS sobre a totalidade, sim, mas pode pedir ao tribunal para as contas delas pagarem a parte que lhes corresponderia).

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    jfsmoreira

    Mas se assim, for, elas perderão €€€ nas mais valias... e se eu indicar tudo em meu nome, sempre terei a oportunidade de "reinvestir" esse valor numa nova HPP, afinal, elas fazem parte do mesmo e único agregado familiar e como tal os rendimentos "são do conjunto do agregado".

     

     

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest PJA

    E agora que referiu que a moradia era HPP, leio a questão de uma nova forma (aquela que provavelmente tinha em mente logo ao início).

    É uma questão interessante - como pode um menor "fugir" à tributação sobre as mais valias se não é ele que depois investe na compra da casa seguinte...  Por outro lado também não sei até que ponto o reinvestimento tem de ser efectuado na mesma proporção.

    Como sugeriu @parm: é uma boa questão a colocar às Finanças (de preferência por escrito). Sugiro é que seja um pouco mais descritivo quanto ao problema em concreto.

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa