Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    Guest Cymbaline

    Herança de imovel

    Recommended Posts

    Guest Cymbaline

    Boa noite,

    O meu pai faleceu e deixou um imovel q adquiriu juntamente com a minha mae enquanto eram casados. O meu pai era divorciado da minha mãe mas era casado com outra mulher desde 2013 sem filhos desse casamento.

    A minha madrasta (cabeça de casal da herança) herdou 25% desse imovel e n conseguimos chegar a acordo qt ao valor das tornas, pq ela pede-me mais dinheiro do que eu posso dispender neste momento. A minha mae iria fazer uma doacao da parte dela (50%) para mim com usufruto.

    a minha pergunta é a seguinte: podemos fazer as partilhas sem ter de "comprar" a parte da minha madrasta? Ela pode exigir q n possamos usufruir do imovel? 

    ela esta a pressionar para q faca a venda a terceiros, mas era vontade do meu pai q este imovel ficasse para mim, e eu n queria ter q vender a casa onde cresci por causa dessa senhora q nunca sequer lá pôs os pés e só quer €€€.

    Obrigada

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ruicarlov

    O valor das tornas não é ela que determina. Nas partilhas é determinado quando vale o imóvel e as tornas que se têm de pagar à sua madrasta são apenas com base no valor do imóvel e da quota dela. Em caso de não haver acordo e ela quiser ficar com os 25% do imóvel, vocês não a podem forçar a vender, mas como proprietários também não vos pode ser negado o usufruto.

    • Upvote 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Cymbaline

    Obrigada pela resposta.

    ela nao quer ficar com os 25%, dai me estar a forçar a vender ou pagar as tonas, que eu n tenho possibilidades. No caso de ficarmos com o imovel repartido 75/25, tenho de lhe dar alguma compensacao pelo usufruto? Ou eu tenho mais direito a usufruir di imovel, pq fico com 75%?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ruicarlov

    Se ela ficar dona dos 25%, não tem de lhe dar nenuma compensação, mas também não creio que tenha mais direitos de usufruto. A nível de impostos, o IMI deve ser dividido pelas duas, nas proporções respectivas.

    • Upvote 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa