Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • soeucoisax

    Recuperar caução em arrendamento de quarto

    Recommended Posts

    soeucoisax

    Cheguei ao Porto no final de Novembro, e fui morar em um quarto que encontrei no site easyquarto. Não assinei qualquer contrato e todo o processo se deu por e-mails (pois vim do Brasil e não queria chegar aqui sem já ter uma morada garantida).

     

    Já nos primeiros dias, vi que se tratava de uma cilada, e que o casal de senhorios eram pessoas bastante instáveis; portanto avisei a eles - que também moram na casa - que sairia no final deste mês (dezembro), e solicitei que me fosse devolvido o caução de €180, para que eu pudesse pagar por outra habitação (isso depois de já ter pago €200 no dia 5 de dezembro, relativo ao aluguel deste mês).

    No dia seguinte ao aviso, a senhoria veio me dizer que o caução só seria devolvido no final do mês e que, caso eu tivesse quebrado qualquer coisa que fosse, não o devolveria. Perguntei a ela sobre um prato que se rachou quando o coloquei no microondas na minha primeira semana, e se isso seria justificativa para não me devolver o caução.

     

    Ela simplesmente perdeu a cabeça e me mandou "ler as regras", que são um sem fim de papeis afixados pela casa, com tópicos que falam até sobre inspeções na arrumação dos quartos (que, caso não estejam arrumados segundo os padrões da senhoria, também seriam usados como justificativa para não devolver o caução); ou seja, não quis me dizer com todas as letras que me roubaria o dinheiro do depósito por conta de um prato partido (que quando foi partido, mostrei prontamente ao senhorio, que no momento disse-me que "tudo bem, isso acontece"), mas está somente esperando eu entregar as chaves para me avisar da burla.

     

    O nível de desequilíbrio é tanto, que a senhoria chegou a mencionar que haviam "câmeras" espalhadas pela casa que nos vigiavam. Mesmo quase certo que se tratava de uma grande mentira, disse a ela que tal ato era crime. Diante disso ela me disse que eu estava "faltando ao respeito com ela", o que, segundo um dos papeis afixados, TAMBÉM era justificativa para não devolver o caução.
     

    No momento estou sentindo-me como um refém nesta casa, até com medo de ter meus pertences confiscados como "pagamento" de alguma "regra". O que posso fazer para conseguir devolta este dinheiro, para que possa sair daqui o quanto antes?

    PS: tenho como prova somente os e-mails que troquei com o senhorio, nos quais se falam sobre valores, conta de banco e endereço da morada; mas não sei se o senhorio pode simplesmente dizer que aquele endereço de e-mail não é dele.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa