Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Recommended Posts

    Guest Ricardo Machado

    Olá a todos.

    Eu tenho uma pequena empresa com a minha mulher e queremos começar a investir num PPR.

    Existe a possibilidade de ser a empresa de pagar o PPR directamente usando talvez algum beneficio fiscal. 

    Se sim podem elaborar como?

     

     

    Muito obrigado

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao

    Creio que a principal vantagem pela empresa é que a parte do vencimento paga em reforço no PPR está isenta de contribuição para a segurança social. (detalhes)

    Por outro lado, se investirem em nome próprio sem resgatar fora das condições legais terão direito à dedução em IRS. (detalhes)

    Podem ter apólices distintas para beneficiar das duas situações.

    Edited by JRJordao
    • Thanks 1
    Link to post
    Share on other sites
    00ba
    há 2 horas, JRJordao disse:

    Creio que a principal vantagem pela empresa é que a parte do vencimento paga em reforço no PPR está isenta de contribuição para a segurança social. (detalhes)

    Por outro lado, se investirem em nome próprio sem resgatar fora das condições legais terão direito à dedução em IRS. (detalhes)

    Podem ter apólices distintas para beneficiar das duas situações.

    Estás com isso a dizer que as pessoas não teriam direito aos mesmos mecanismos, nomeadamente os benefícios fiscais, caso o ppr fosse tomado pela empresa? 

    Tinha ideia que uma empresa, como tomadora do seguro, e os funcionários, como pessoas seguras, na perspetiva destes, não deixaria de ser um PPR, com todas as vantagens inerentes, como se fosse contratado em nome próprio. 

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao
    há 7 minutos, 00ba disse:

    Estás com isso a dizer que as pessoas não teriam direito aos mesmos mecanismos, nomeadamente os benefícios fiscais, caso o ppr fosse tomado pela empresa? 

    Tinha ideia que uma empresa, como tomadora do seguro, e os funcionários, como pessoas seguras, na perspetiva destes, não deixaria de ser um PPR, com todas as vantagens inerentes, como se fosse contratado em nome próprio. 

    Não tenho a certeza, mas penso que para a dedução no IRS tem de ser o contribuinte a "gastar o seu dinheiro" no PPR, como despesa por iniciativa própria.

    Se reparares no link que partilhei, entre as vantagens para os colaboradores não incluem o benefício em IRS. Duvido que se esquecessem de algo tão apetecível.

    Mas realmente não tenho a certeza!

    Link to post
    Share on other sites
    00ba
    há 2 horas, JRJordao disse:

    Não tenho a certeza, mas penso que para a dedução no IRS

    , como despesa por iniciativa própria.

    Se reparares no link que partilhei, entre as vantagens para os colaboradores não incluem o benefício em IRS. Duvido que se esquecessem de algo tão apetecível.

    Mas realmente não tenho a certeza!

    Nesse link fala em:

    " Os benefícios do PPR são extensivos a qualquer membro do agregado (situação de desemprego, doença grave ou invalidez); "

    que presumo referir-se aos benefícios do PPR.

    Consultando https://optimize.pt/empresas/ppr/ também parece indicar que continua a ser um PPR normal para a pessoa segura.

    há 2 horas, JRJordao disse:

    tem de ser o contribuinte a "gastar o seu dinheiro" no PPR

    O dinheiro é efetivamente dele e presumo que seja sujeito a tributação em sede de IRS, por ser rendimento de trabalho? (1)

    (1) Encontrei esta nota interessante, que incide sobre a fiscalidade desta questão, mais na perspetiva da empresa. Confesso que ainda não li com a devida atenção, mas assim o farei oportunamente.

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao
    há 12 minutos, 00ba disse:

    " Os benefícios do PPR são extensivos a qualquer membro do agregado (situação de desemprego, doença grave ou invalidez); "

    que presumo referir-se aos benefícios do PPR.

    Interpreto esses "benefícios do PPR" como as coberturas do próprio produto, não o benefício fiscal por o reforçar.

    Enquanto não referirem dedução no IRS, mantenho-me por convencer. :lol:

    Link to post
    Share on other sites
    00ba
    há 9 minutos, JRJordao disse:

    Interpreto esses "benefícios do PPR" como as coberturas do próprio produto, não o benefício fiscal por o reforçar.

    Enquanto não referirem dedução no IRS, mantenho-me por convencer. :lol:

    então mas viste o link da optimize?

    image.thumb.png.f7025d87b9fa7c5e3f3826c667ab02c2.png

    https://www.doutorfinancas.pt/financas-pessoais/a-sua-empresa-propos-lhe-criar-um-ppr-saiba-que-cuidados-deve-ter/

    Link to post
    Share on other sites
    ricardomachado

    As condições legais dos PPR já conhecia, mas pensava que o investimento tinha sempre do beneficiário. 

    Tendo empresa faço esse investimento no meu futuro sem tirar dinheiro da minha carteira e sem grande prejuizo para a empresa (SS).

    Obrigado!

    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...