Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Conjuge a trabalhar no estrangeiro


    Guest Marta Varino

    Recommended Posts

    Guest Marta Varino

    O meu marido (união de facto) está a trabalhar no estrangeiro há 3 anos e foi-nos informado que neste caso apenas eu tenho de fazer IRS e assim tem sido.
    O ano passado recebi menos 100 e poucos euros do valor da minha retenção, mas este ano está a dar-me menos 500 e tal euros.

    Haverá alguma forma de conseguir receber mais valor da retenção, mesmo que não seja na totalidade?

    Obrigada

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao

    Se tiver recebido juros de depósitos a prazo, certificados de aforro/tesouro, etc e se (juros brutos + rendimentos de trabalho ou pensões brutos) < 15000€, poderá ter maior reembolso ao declarar os juros no anexo E quadro 4B.

    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino
    há 16 horas, JRJordao disse:

    Se tiver recebido juros de depósitos a prazo, certificados de aforro/tesouro, etc e se (juros brutos + rendimentos de trabalho ou pensões brutos) < 15000€, poderá ter maior reembolso ao declarar os juros no anexo E quadro 4B.

    Vou confirmar, se aquilo que tenho desse género ajuda. Obrigada

    Link to post
    Share on other sites
    Wakka
    há 23 horas, Visitante Marta Varino disse:

    O meu marido (união de facto) está a trabalhar no estrangeiro há 3 anos e foi-nos informado que neste caso apenas eu tenho de fazer IRS e assim tem sido.
    O ano passado recebi menos 100 e poucos euros do valor da minha retenção, mas este ano está a dar-me menos 500 e tal euros.

    Haverá alguma forma de conseguir receber mais valor da retenção, mesmo que não seja na totalidade?

    Obrigada

    Outra hipótese para receber mais retenção será (o óbvio - ter mais despesas) ou subscrever um PPR.

    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino
    A 12/04/2021 às 10:11, Wakka disse:

    Outra hipótese para receber mais retenção será (o óbvio - ter mais despesas) ou subscrever um PPR.

    Mas as despesas familiares(e-fatura), casa, etc não serão suficientes? Estou a achar estranho este ano ser tanta diferença.

    Link to post
    Share on other sites
    Wakka
    há 16 horas, Visitante Marta Varino disse:

    Mas as despesas familiares(e-fatura), casa, etc não serão suficientes? Estou a achar estranho este ano ser tanta diferença.

    Só colocando aqui a sua demonstração é que podemos ajudar mais.

    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino
    há 2 horas, Wakka disse:

    Só colocando aqui a sua demonstração é que podemos ajudar mais.

    está a referir-se àquele resumo final com os valores da simulação?

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao

    O ideal é disponibilizar a nota de liquidação (ou simulação) do ano passado e a simulação deste ano.

    Se não se sentir confortável em fornecer esses dados, deixo alguns palpites para o que pode ter acontecido em 2020 comparando com 2019

    1) Fez menos retenções na fonte

    2) Teve menos deduções (despesas)

    3) Teve mais rendimentos

     

    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino
    A 14/04/2021 às 16:19, JRJordao disse:

    O ideal é disponibilizar a nota de liquidação (ou simulação) do ano passado e a simulação deste ano.

    Se não se sentir confortável em fornecer esses dados, deixo alguns palpites para o que pode ter acontecido em 2020 comparando com 2019

    1) Fez menos retenções na fonte

    2) Teve menos deduções (despesas)

    3) Teve mais rendimentos

     

    Coloco aqui os valores da Liquidação do ano passado e da simulação deste ano.
    Obrigada

    Valores 2019
    Rendimento global = 12.774,00
    Deduções específicas = 4.104,00
    Rendimento coletável = 8.670,00
    Total rendimento para determinação taxa = 8.670,00
    Importância apurada = 1.994,10
    Parcela a abater = 602,74
    Coleta total = 1.391,36
    Deduções à coleta = 1.235,36
    Coleta líquida = 155,99
    Retenções na fonte = 1.002,00
    Imposto apurado = 846,01
    VALOR A REEMBOLSAR: 846,01

    Valores 2020
    Rendimento global = 13.878,00
    Deduções específicas = 4.104,00
    Rendimento coletável = 9.774,00
    Total rendimento para determinação taxa = 9.774,00
    Importância apurada = 2.248,02
    Parcela a abater = 604,52
    Coleta total = 1.643,50
    Deduções à coleta = 1.007,05
    Coleta líquida = 636,45
    Retenções na fonte = 968,00
    Valor a receber = 331,55 €

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao

    Em 2019 recebeu 12.774€ (brutos) e descontou 1.002€ que corresponde a 7,84%. Em 2020 recebeu mais, 13.878€ e mesmo assim descontou menos, 968€ que correponde a 6,97%. Ou seja, em 2020 pagou menos imposto ao longo do ano, porque as taxas de retenção na fonte foram reduzidas para as pessoas ficarem com mais dinheiro mensalmente. (Atenção que em 2021 isto vai voltar a acontecer)

    Além disso, em 2019 teve 1.235,36 de deduções (por despesas gerais, saúde, rendas, etc). Em 2020 teve "apenas" 1.007,05 de deduções. Teve em 2020 menos despesas dedutíveis, com as quais perdeu 228,31€ do reembolso.

    Resumindo, em 2020 ganhou mais mas descontou menos e "ainda por cima" teve menos despesas. Essa combinação resultou no reembolso inferior.

    P.S. Chegou a verificar se em 2020 recebeu juros de depósitos a prazo, certificados, etc?

    Edited by JRJordao
    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino
    há 15 horas, JRJordao disse:

    Em 2019 recebeu 12.774€ (brutos) e descontou 1.002€ que corresponde a 7,84%. Em 2020 recebeu mais, 13.878€ e mesmo assim descontou menos, 968€ que correponde a 6,97%. Ou seja, em 2020 pagou menos imposto ao longo do ano, porque as taxas de retenção na fonte foram reduzidas para as pessoas ficarem com mais dinheiro mensalmente. (Atenção que em 2021 isto vai voltar a acontecer)

    Além disso, em 2019 teve 1.235,36 de deduções (por despesas gerais, saúde, rendas, etc). Em 2020 teve "apenas" 1.007,05 de deduções. Teve em 2020 menos despesas dedutíveis, com as quais perdeu 228,31€ do reembolso.

    Resumindo, em 2020 ganhou mais mas descontou menos e "ainda por cima" teve menos despesas. Essa combinação resultou no reembolso inferior.

    P.S. Chegou a verificar se em 2020 recebeu juros de depósitos a prazo, certificados, etc?

    Agradeço a sua análise.
    A única coisa que tenho desse género é um seguro de capitalização e PPR(acho que foi convertido quando tinha uns certificados de aforro dos CTT), mas é um valor muito baixo: em 2019 tinha 28.61 e em 2020 tinha 28.62.
    Através da empresa onde trabalho tenho um PPR, no qual em 2020 não investi, não tendo recebido informação de alguma declaração para este ano.
    Mais uma vez obrigada.

    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino

    Uma pequena atualização:
    Pedi ajuda a uma contabilista para analisar a minha simulação e o que ela se apercebeu logo, foi que no valor "Deduções à coleta" não está refletido o valor fixo pelos meus filhos, ou seja, por cada 1 são 600€, o que dá 1200€. Na simulação tem apenas 1007€.
    Segundo a contabilista pode ser um erro da aplicação das finanças, mas antes de eu submeter a minha declaração, abri uma mensagem no e-balcão a expor o tema.
    Aguardo uma resposta das finanças e assim que saiba mais alguma coisa venho aqui partilhar, porque pode servir de ajuda a outras pessoas.

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao

    Obrigado pela atualização.

    É verdade que por cada filho com até 25 anos e sem rendimentos superiores a 8890€ há uma dedução de 600€. Mas nesse caso não percebo como em 2019 teve apenas 1235,36€ de deduções, pois não é possível as despesas terem originado apenas 35,36€.

    Talvez apenas um filho esteja a ser considerado. No quadro 6 da folha de rosto da declaração encontra os dependentes incluídos. Pode também consultar o agregado familiar conhecido pelas finanças nesta página do portal das finanças.

    Se já em 2018 e 2019 ficou algum filho "de fora" indevidamente, terá provavelmente interesse em entregar declarações de substituição.

    Edited by JRJordao
    • Upvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino

    Extacto, também me apercebi que o valor de 2019 não deve estar certo.

    No quadro 6 onde colococamos os NIF's dos filhos está tudo bem.

    Fui consultar a situação do agregado familiar e para o ano de 2020 tenho apenas uma linha com o Estado de Pré-preenchimento rececionado em Dez. de 2020.
    Mas ao consultar a situação para o ano de 2019, existe mais 1 linha com o Estado de Confirmado rececionado em Jan. 2020.

    Será que é mesmo aqui que está alguma coisa incorreta?

    Link to post
    Share on other sites
    Wakka

    Eu tive um bug na declaração pre-preenchida que não estava a contabilizar as despesas dos dependentes, mas a dedução dos dependentes estava lá. Acho estranho isso não aparecer automaticamente, nunca vi tal coisa a acontecer.

    Os filhos têm que idade? Estão dentro da categoria que o JRJordao mencionou acima? 
     

    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino
    há 18 minutos, Wakka disse:

    Eu tive um bug na declaração pre-preenchida que não estava a contabilizar as despesas dos dependentes, mas a dedução dos dependentes estava lá. Acho estranho isso não aparecer automaticamente, nunca vi tal coisa a acontecer.

    Os filhos têm que idade? Estão dentro da categoria que o JRJordao mencionou acima? 
     

    Têm 7 e 13 anos.
    Já fiz a validação no quadro das Deduções à coleta e consigo ver que os valores das despesas dos dependentes estão lá.
    Sinceramente ainda não conseguimos perceber o que pode estar aqui mal.
    Mesmo estando a fazer IRS sozinha, porque o meu marido não faz IRS cá, não estão a considerar nem metade do valor por cada filho, como acontece quando os pais são separados.

    Tenho de aguardar que respondam do e-balcão.

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao
    há 2 horas, Visitante Marta Varino disse:

    Fui consultar a situação do agregado familiar e para o ano de 2020 tenho apenas uma linha com o Estado de Pré-preenchimento rececionado em Dez. de 2020.

    Na coluna mais à direta dessa linha tem um símbolo para fazer download da declaração de situação. Viu o que contém?

    Edited by JRJordao
    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino
    há 2 minutos, JRJordao disse:

    Na coluna mais à direta dessa lunga tem um símbolo para fazer download da declaração de situação. Viu o que contém?

    Sim, já vim a declaração e está tudo bem.
    Tem os elementos todos do agregado familiar.

    Não houve alterações desde 2018, por isso estava descansada.

    Link to post
    Share on other sites
    Wakka

    image.png.0a8921df263d68834a7e838301b35319.png

    O expectável é gerar um PDF que contem ambos os seus dependentes.

    Veja também na liquidação do ano anterior como se encontra esta coluna:
    image.png.f8ee172f03795e97a0ef984db6addc1a.png

    Para chegar aqui pode fazer o seguinte:

    image.png.04f9c9d3cd3f04ca82eb0c60f2c3c77e.png

    Edited by Wakka
    • Upvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino
    há 16 minutos, Wakka disse:

    image.png.0a8921df263d68834a7e838301b35319.png

    O expectável é gerar um PDF que contem ambos os seus dependentes.

    Veja também na liquidação do ano anterior como se encontra esta coluna:
    image.png.f8ee172f03795e97a0ef984db6addc1a.png

    Pois, não sabia desse detalhe da Liquidação.

    Sim, nesse campo Dedução dependentes tem apenas 600€ na liquidação do ano passado.
    Validei também as declarações anteriores e desde que faço o IRS sozinha que tenho apenas 600€.

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao
    há 3 horas, Visitante Marta Varino disse:

    Pois, não sabia desse detalhe da Liquidação.

    Sim, nesse campo Dedução dependentes tem apenas 600€ na liquidação do ano passado.
    Validei também as declarações anteriores e desde que faço o IRS sozinha que tenho apenas 600€.

    Então a diferença deste ano não tem a ver com alteração nos dependentes considerados.

    O companheiro está incluído nessa declaração de agregado familiar? Do ponto de vista fiscal, creio que não há razão para ele fazer parte já que não vive convosco. E assim os filhos seriam "só seus" e obteria as deduções completas.

    Outra possível opção seria fazer uma declaração conjunta com os NIFs dos dois (precisa ter os dados de acesso dele), mesmo que não declarando quaisquer rendimentos para ele.

    Tudo isto são palpites, pois de facto nunca acompanhei uma situação semelhante.

    Edited by JRJordao
    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino
    há 3 minutos, JRJordao disse:

    Então a diferença deste ano não tem a ver com alteração nos dependentes considerados.

    Não sei se na sua situação poderia usufruir da totalidade das deduções, por o marido se encontrar no estrangeiro. Ou se pode fazer uma entrega conjunta com os NIFs dos dois (precisa ter dados de acesso do marido), mesmo que não declarando quaisquer rendimentos para ele, pois nesse caso já teriam direito às deduções completas.

    Desde que ele está a trabalhar no estrangeiro(2018) que nos foi dito nas Finanças, que eu teria de entregar o IRS sozinha, porque ele faz IRS lá.
    Poderá estar relacionado com isso e com o facto de ele também declarar os 2 filhos lá.
    Entretanto obtive resposta das Finanças, que não dá grandes informações:
    "A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) agradece o seu contacto.
    O simulador não contempla todas as situações, conforme é referido na própria aplicação.
    Deverá ter em atenção se todos os dados da sua declaração mod 3 IRS/ estão corretamente preenchidos.
    Estando a declaração corretamente preenchida nos vários campos de todos os anexo incluidos, poderá, verificando-se, ainda assim, alguma irregularidade, reclamar quando receber a nota de liquidação definitiva pela AT.
    Com os melhores cumprimentos
    AT- Autoridade Tributária e Aduaneira"

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao
    há 15 horas, Visitante Marta Varino disse:

    Desde que ele está a trabalhar no estrangeiro(2018) que nos foi dito nas Finanças, que eu teria de entregar o IRS sozinha, porque ele faz IRS lá.
    Poderá estar relacionado com isso e com o facto de ele também declarar os 2 filhos lá.

    Se ele lá também declara os filhos e tem as respetivas deduções, então parece fazer sentido que cá em Portugal a Marta tenha apenas 50% (600€).

    Mais uma resposta "neutra" do e-balcao.

    Volto então a pensar que as declarações estão corretas e que o menor reembolso deste ano se deve exclusivamente às menores retenções e deduções por despesas, tal como expliquei anteriormente.

     

    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino
    há 16 minutos, JRJordao disse:

    Se ele lá também declara os filhos e tem as respetivas deduções, então parece fazer sentido que cá em Portugal a Marta tenha apenas 50% (600€).

    Mais uma resposta "neutra" do e-balcao.

    Volto então a pensar que as declarações estão corretas e que o menor reembolso deste ano se deve exclusivamente às menores retenções e deduções por despesas, tal como expliquei anteriormente.

     

    Exato, é isso que agora quero perceber, se realmente os filhos estão a ser declarados por ele.
    Ele até já tem a declaração de lá deste ano, mas ontem não consegui analisar muito bem.
    Entretanto voltei a colocar a questão no e-balcão, do porquê do valor ser metade.
    Pode ser que me dêm uma resposta mais concreta.

    Link to post
    Share on other sites
    Guest Marta Varino

    Obtive mais uma resposta das Finanças que não me satisfez 😐
    A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) agradece o seu contacto.
    Porque apresenta a declaração em união de facto, tributação separada.
    Nesta situação as despesas dos dependentes são consideradas em 50%.
    Com os melhores cumprimentos
    AT- Autoridade Tributária e Aduaneira
     

    Já confirmei com o meu marido e no IRS dele no país onde está a trabalhar, os filhos não estão a ser declarados.
    Logo acho que esta resposta das Finanças não me parece correta.

    Acham que estou enganada?

    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...