Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Licença por encerramento da atividade escolar


    Recommended Posts

    Guest Gonçalo

    Boa Tarde, a pedido da um amigo, conforme assunto em título, e mediante os critérios que têm que ser seguidos para obtenção da referida licença, venho deste modo pedir auxílio referente ao preenchimento do modelo GF88-DGSS.

    Assim, a dúvida prende-se com o facto de o meu amigo não necessitar de estar em casa a acompanhar as crianças o tempo todo(por exemplo 15 dias seguidos.

    Caso pratico: O outro cônjuge trabalha e tem horários rotativos sendo que consegue, muitas das vezes, estar em casa entre folgas e noites.

    Nesse caso, a pessoa que pede a licença não precisaria de estar a pedir a licença por 15 dias seguidos mas sim só nos dias em que o outro cônjuge não estivesse em casa de folga ou após uma noite pelo que consegue acompanhar as crianças.

    É intenção de quem pede a licença que seja só por alguns dias, mesmo que interpolados, o que por consequência leva a preencher vários modelos GF88-DGSS, uma vez que no modelo só aparece para se colocar a data inicial e final.

     

    A dúvida é essa mesmo, se se preenche vários modelos e conforme se está a gozar a licença entrega-se na entidade patronal, ou só dá mesmo para colocar dias seguidos????

    Link to post
    Share on other sites
    Wakka
    A 05/02/2021 às 17:57, Visitante Gonçalo disse:

    Boa Tarde, a pedido da um amigo, conforme assunto em título, e mediante os critérios que têm que ser seguidos para obtenção da referida licença, venho deste modo pedir auxílio referente ao preenchimento do modelo GF88-DGSS.

    Assim, a dúvida prende-se com o facto de o meu amigo não necessitar de estar em casa a acompanhar as crianças o tempo todo(por exemplo 15 dias seguidos.

    Caso pratico: O outro cônjuge trabalha e tem horários rotativos sendo que consegue, muitas das vezes, estar em casa entre folgas e noites.

    Nesse caso, a pessoa que pede a licença não precisaria de estar a pedir a licença por 15 dias seguidos mas sim só nos dias em que o outro cônjuge não estivesse em casa de folga ou após uma noite pelo que consegue acompanhar as crianças.

    É intenção de quem pede a licença que seja só por alguns dias, mesmo que interpolados, o que por consequência leva a preencher vários modelos GF88-DGSS, uma vez que no modelo só aparece para se colocar a data inicial e final.

     

    A dúvida é essa mesmo, se se preenche vários modelos e conforme se está a gozar a licença entrega-se na entidade patronal, ou só dá mesmo para colocar dias seguidos????

    Penso que sejam só dias seguidos, tive um casal amigo que passou por essa situação no primeiro confinamento mas nada melhor que ligar a perguntar que as coisas podem ter mudado entretanto.
    No entanto, houve muitas situações que foram deixadas de fora e este Governo mais uma vez se viu incapaz de ser pro-ativo e antecipar os problemas para ser reativo e apressado.

    Temos casos de:
    Casais com 2 professores,
    Casais com 1 enfermeiro e um professor,
    Casais com dois enfermeiros,
    Casais em que apenas 1 é enfermeiro
    Casais em que ambos trabalham em call centers remotamente
    Casais em que um trabalha remotamente e outro por turnos 
    E muitos outros, entre mães e pais solteiros com 2, 3 e 4 filhos e sem contar com os casos em que um dos membros do casal entra em isolamento profilático.
    E mais, muitos se esquecem que muitos casais para além de terem os filhos em idade escolar podem ter outros filhos bebés ou <5 anos que precisam de um nível de atenção redobrado.

    Todos estes é um 31 para conseguir dar assistência aos filhos com telescola e é ridículo não existirem medidas de apoio para quem está em teletrabalho. A única opção que há é enganar o sistema pedindo à empresa para passar uma declaração em como o teletrabalho não é possível e ficar em casa a receber o dinheiro da baixa de apoio à família. No entanto esta opção envolve a empresa participar no esquema o que já por si é bastante difícil.

    O caso que relata é apenas mais uma falha de todo o processo, uma pessoa é obrigada a pedir 15 dias, perder rendimento pessoal, o estado perde dinheiro, quando na realidade nada disso era necessário e seriam só precisos se calhar metade desses dias. Enfim.

    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...