Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Portal EFatura


    JPSLourenço

    Recommended Posts

    JPSLourenço

    Boa tarde,

    tenho algumas dúvidas acerca das faturas pendentes no portal efatura e gostava que me pudessem ajudar:

    1- Ao tentar colocar nas faturas pendentes que o Seguro de Saúde da Multicare é referente a dedução nas despesas de saúde, a plataforma não permite, o que posso fazer nesta situação?
    2- onde devo colocar as despesas referentes com o certificado energético? Nós imóveis?

    3- onde devo colocar as despesas da minha filha referentes à Academia de ginástica? É em outras despesas ou pode incluir-se noutro campo?
    Grato pela atenção.

    com os melhores cumprimentos,

    João Lourenço

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao

    Sem experiência própria nas situações indicadas, deixo as minhas opiniões.

    há 2 horas, JPSLourenço disse:

    1- Ao tentar colocar nas faturas pendentes que o Seguro de Saúde da Multicare é referente a dedução nas despesas de saúde, a plataforma não permite, o que posso fazer nesta situação?

    Refere-se ao prémio (pagamento(s)) do seguro? Surge(m) sem indicação de setor e não permite(m) escolher "Saúde"? Dá alguma mensagem de erro?

    há 2 horas, JPSLourenço disse:

    2- onde devo colocar as despesas referentes com o certificado energético? Nós imóveis?

    Assumindo que se trata da sua habitação própria, não existe nenhuma dedução específica para o certificado energético, tal como não há para (por exemplo) obras e manutenção. É "Outros" (Despesas Gerais Familiares).

    há 3 horas, JPSLourenço disse:

    3- onde devo colocar as despesas da minha filha referentes à Academia de ginástica? É em outras despesas ou pode incluir-se noutro campo?

    Para 2020 é "Outros" (Despesas Gerais Familiares).

    Em 2021, as despesas com ginásios já terão uma categoria própria no e-fatura. (notícia)

    • Upvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    há 3 horas, JPSLourenço disse:

    Boa tarde,

    tenho algumas dúvidas acerca das faturas pendentes no portal efatura e gostava que me pudessem ajudar:

    1- Ao tentar colocar nas faturas pendentes que o Seguro de Saúde da Multicare é referente a dedução nas despesas de saúde, a plataforma não permite, o que posso fazer nesta situação?
    2- onde devo colocar as despesas referentes com o certificado energético? Nós imóveis?

    3- onde devo colocar as despesas da minha filha referentes à Academia de ginástica? É em outras despesas ou pode incluir-se noutro campo?
    Grato pela atenção.

    com os melhores cumprimentos,

    João Lourenço

     

    Relativamente à questão 1 (prémio do seguro) tenho quase a certeza que a Seguradora atualiza a informação automaticamente. De toda a forma, confirma mais tarde:

    https://www.deco.proteste.pt/dinheiro/impostos/noticias/faturas-tudo-o-que-precisa-de-saber/saude

    " À exceção das taxas moderadoras e dos prémios dos seguros de saúde, que só são introduzidos no e-Fatura entre 25 de fevereiro e 15 de março, é expectável que parte das despesas de saúde esteja inserida na categoria correta do portal. Porém, caso reconheça alguma delas entre as suas faturas pendentes, basta clicar no símbolo relativo à despesa de saúde para a validar. Este ano, passa a ser possível deduzir também as despesas com máscaras e álcool-gel comprados em estabelecimentos com atividade na área da saúde e com IVA de 6 por cento. No entanto, estas só serão dedutíveis no IRS que entregar em 2022. "

    Link to post
    Share on other sites
    JPSLourenço
    há 3 horas, JRJordao disse:
    há 6 horas, JPSLourenço disse:

    1- Ao tentar colocar nas faturas pendentes que o Seguro de Saúde da Multicare é referente a dedução nas despesas de saúde, a plataforma não permite, o que posso fazer nesta situação?

    Refere-se ao prémio (pagamento(s)) do seguro? Surge(m) sem indicação de setor e não permite(m) escolher "Saúde"? Dá alguma mensagem de erro?

    Faço referência ao valor pago mensalmente. E ao colocar como despesas de saúde aparece “o emitente não tem atividade registada (CAE/CIRS) pertencente ao setor indicado”.

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao
    há 17 horas, JPSLourenço disse:

    Faço referência ao valor pago mensalmente. E ao colocar como despesas de saúde aparece “o emitente não tem atividade registada (CAE/CIRS) pertencente ao setor indicado”.

    Qual a designação do emissor da fatura (Comerciante) incluindo o NIF?

    Link to post
    Share on other sites
    JPSLourenço
    há 4 horas, JRJordao disse:
    há 22 horas, JPSLourenço disse:

    Faço referência ao valor pago mensalmente. E ao colocar como despesas de saúde aparece “o emitente não tem atividade registada (CAE/CIRS) pertencente ao setor indicado”.

    Qual a designação do emissor da fatura (Comerciante) incluindo o NIF?

    o NIF é 500918880 da Fidelidade, Companhia de Seguros SA

    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao

    Segundo consegui apurar, existe também um NIF 507516362 para Multicare – Seguros de Saúde, S.A.

    Talvez as faturas tenham sido comunicadas à AT com o NIF errado (devido à Multicare pertencer à Fidelidade) e seja essa a causa do problema.

    Sugiro que coloque a questão à Multicare.

     

    Link to post
    Share on other sites
    JPSLourenço
    há 5 horas, JRJordao disse:

    Segundo consegui apurar, existe também um NIF 507516362 para Multicare – Seguros de Saúde, S.A.

    Talvez as faturas tenham sido comunicadas à AT com o NIF errado (devido à Multicare pertencer à Fidelidade) e seja essa a causa do problema.

    Sugiro que coloque a questão à Multicare.

     

    Muito obrigado pela atenção.

    Link to post
    Share on other sites
    Wakka
    A 23/01/2021 às 19:31, JPSLourenço disse:

    Faço referência ao valor pago mensalmente. E ao colocar como despesas de saúde aparece “o emitente não tem atividade registada (CAE/CIRS) pertencente ao setor indicado”.

    O valor dos prémios apenas aparecerá no apuramento final em categoria própria. Não é preciso introduzir manualmente o valor até porque (pelo menos no meu caso), nenhum dos meus 2 seguros contêm número de fatura para poder inserir. De qualquer forma As seguradoras não têm CAE de saúde pelo que nunca irá conseguir inserir as mesmas em Saúde.

    • Thanks 1
    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao
    há 42 minutos, Wakka disse:

    O valor dos prémios apenas aparecerá no apuramento final em categoria própria. Não é preciso introduzir manualmente o valor até porque (pelo menos no meu caso), nenhum dos meus 2 seguros contêm número de fatura para poder inserir. De qualquer forma As seguradoras não têm CAE de saúde pelo que nunca irá conseguir inserir as mesmas em Saúde.

    Também li alguma coisa nesse sentido.

    O que me confundiu foi os valores surgirem automáticamente (reportados pela seguradora) no e-fatura do contribuinte. Então eles devem surgir no e-fatura mas ficar sem setor atribuído, sendo depois o valor correspondente considerado como despesa de saúde automáticamente?

    Edited by JRJordao
    Link to post
    Share on other sites
    Wakka
    há 4 minutos, JRJordao disse:

    Também li alguma coisa nesse sentido.

    O que me confundiu foi os valores surgirem no e-fatura do contribuinte. Então elas devem surgir no e-fatura mas ficar sem setor atribuído, sendo depois o valor correspondente considerado como despesa de saúde automáticamente?

    Pois, não percebi se as faturas estão "pendentes" por inserção da companhia de seguros, ou pendentes por inserção do próprio. Se for o primeiro caso, é estranho pois o reporte deveria ser enviado pela seguradora no Modelo 37 e não via emissão de fatura (até porque há despesas comparticipadas pela seguradora).

    De qualquer maneira, diria que neste caso ficariam agregadas a despesas gerais e posteriormente entrariam automaticamente como prémio dentro do sector "Saúde", já com as respetivas comparticipações conforme print abaixo. Em todo o caso, não custa nada contactar a MultiCare e tentar perceber, eles provavelmente já têm uma resposta pronta para estas dúvidas. 
     

    image.png.c6c22807491adafff97384cb4d5cc4e0.png

    • Upvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    • 4 months later...
    Guest J João Santos

    Exmos Senhores,

    Sou pela presente a solicitar a v/colaboração.  O meu filho é estudante, pagando as propinas e fazendo as refeições na Escola Superior .

    A semana que passou fui ao E-fatura e verifiquei que as faturas emitidas pela aquela entidade não estavam a ser classificadas como Despesas de Educação mas como Despesa Gerais Familiares. Questionei a escola e esta respondeu-me da seguinte forma:
    Toda a faturação emitida, pela n/Entidade …………, no âmbito da formação do aluno, foi reportada aquela entidade (  Finanças ), sendo o contribuinte que tem que classificar a despesa uma vez que a n/ Entidade ………. tem 3 CAEs diferentes (códigos de atividade económica), as citadas faturas podem estar associadas a classificação distinta.
    Face a sua resposta enviei novo e-mail
    Agradeço desde já a resposta célere á minha dúvida, porém e perante aquilo entendi , será o contribuinte ( aluno ) a ter que classificar a despesa , sabendo só agora que a mesma é CLASSIFICADA de forma indistinta , neste caso como Despesas Gerais Familiares .
    Por norma a maioria das pessoas só classificam as faturas que não foram classificadas, partindo do princípio que as restantes estão bem classificadas. Neste caso todas as vossas faturas foram no meu ponto de vista mal classificadas, devendo a sua classificação estar no item da Educação.
    Sabendo desta situação, pergunto porquê a Escola nunca ter informado os alunos que a classificação não estava a ser bem efetuada e que seria da sua responsabilidade a sua alteração.
    Posso desde já informar que relativamente ao ano de 2021, consegui efetuar a alteração do setor de atividade, alterando todas as vossas faturas de Despesas Gerais de família para Despesas de Educação .
     
    O Esclarecimento que necessitava ter é saber efetivamente se a Escola é obrigada a fazer a devida correção desta situação junto das Finanças, pois em termos de deduções os contribuintes ficam prejudicados, uma vez que o limite valor e o valor da dedução são diferentes se for atribuído a classificação de EDUCAÇAO na fatura .
     
    Atentamente,

     

    Link to post
    Share on other sites
    ruicarlov

    Só para esclarecer que isto aqui não é as finanças, logo não podemos dar respostas em nome deles.

    De qualquer forma, é da responsabilidade dos contribuintes verificar se as faturas estão classificadas corretamente. Se estão mal classificadas, muda-se para a categoria correta. Não é só na escolas, muitas outras despesas podem vir mal classificadas. É necessário atenção.

    • Upvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    Wakka

    Exatamente!

    A escola não é obrigada a fazer qualquer correção pois o reporte foi efetuado corretamente, o aluno é que não classificou no CAE correto.
    Claramente que o contribuinte foi prejudicado neste caso mas nesta altura do campeonato já não há nada a fazer a não ser enviar novo IRS de 2020 e introduzir as despesas manualmente.

    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...