Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Devo declarar algo ao transferir poupanças do estrangeiro para Portugal? Tenho de declarar mais valias e dividendos de investimentos locais?


    PMF

    Recommended Posts

    Bom dia

    Antes de mais, fico grato a qualquer um dos utilizadores que me possa esclarecer as dúvidas que tenho.

    Mudei-me para a Malásia em 2013, 2014, onde trabalhei até ao final de 2017. A minha esposa é Malaia, vivemos em conjunto desde 2015, casamos em 2017. Em 2018 mudei-me para a China, onde trabalhei até ao mês passado. Na altura, 2014, não tinha mudado a residência fiscal para a Malásia, mas estava mais de 182 dias na Malásia todos os anos, paguei os meus impostos todos aqui, e tenho as declarações do fisco local a confirmar que ficou tudo pago relativos aos anos de 2014 até 2017, altura em que saí para a China.

    Ao contrário da Malásia, onde não temos representação diplomática, na China temos representação diplomática e consular. A minha residência fiscal foi mudada para a China. Tal como na Malásia, na China o meu vencimento já tinha as deduções de impostos feitas, e tenho os comprovativos também do pagamento de impostos na China. Também residi mais de 182 dias por ano na China.

    Agora, regressei à Malásia, onde também tenho uma filha com nacionalidade e passaporte local. Apesar disto tudo, tenho uma casa em nome próprio em Portugal, onde não vivo, nem tenho intenção de viver. A minha mãe e padrasto vivem lá. Presumo que para todos os efeitos eu não sou considerado residente em Portugal. A casa está sim em meu nome, pago IMI, mas nem vivo lá nem tenciono viver.

    Estava a pensar regressar brevemente por um curto periodo, 2 meses ou coisa assim, e comprar uma casa para eventualmente arrendar, e ter algum rendimento passivo em Portugal. Claro que comprando uma casa em Portugal, para arrendar, então qualquer valor proveniente da renda vai ser declarado e devidamente tributado pelo Estado Português.

    A minha dúvida é a seguinte. Findo o meu período de trabalho na China, regressei no mês passado à Malásia, e transferi as poupanças que tinha para a Malásia. Também fiz a mudança de morada no cartão do cidadão para a Malásia onde vivo com mulher e família.

    Querendo transferir fundos da Malásia para a conta que tenho em Portugal, tenho de declarar alguma coisa? Estes rendimentos são por ter trabalho por conta de outrem, a contrato de trabalho, para empresas locais, e ficou tudo pago na altura tanto na Malásia como na China. Como os montantes podem ser elevados, e pelo que entendi, contas bancarias  com montantes superiores a 50 000 EUR sao sinalizadas ao fisco, decerto que o banco vai sinalizar a transferência ao fisco.

    Penso que não devo nada ao Estado Português, uma vez que saí de Portugal em 2010, fixando-me na Malásia em 2013/2014, tendo pago impostos em Portugal sobre todos os rendimentos e mais valias obtidos em Portugal (não muitos, uma vez que sai em 2010), e claro, tendo pago também tudo na Malásia e China devido a rendimentos obtidos nos respectivos países.

    Que tipo de cenário posso encontrar ao fazer uma transferência grande para comprar casa em Portugal? Ou não me recomendam de todo fazer a transferência para Portugal, e fazer o pagamento ao invés através do banco estrangeiro? Tenho de apresentar quaisquer documentos para comprovar que os fundos vem de fontes legais e que todos os impostos locais foram cobrados e todas as obrigações locais cumpridas?

    Tendo uma conta de investimento na Interactive Brokers (sediada nos EUA penso), que é fornecida com fundos provenientes do meu banco na Malásia, com poupanças de rendimentos obtidos na Malásia e China enquanto trabalhador por conta de outrem, e sendo residente na Malásia, penso que tenho apenas de declarar rendimentos de dividendos e mais valias sobres estes rendimentos aqui na Malásia, não em Portugal, ou tenho de qualquer forma de declarar isto em Portugal? Se sim, qual o enquadramento ou fundamento para tal?

    O regime de tributação de mais valias e dividendos é mais beneficial em Portugal, do que na Malásia. Estou correcto ao pensar que o único cenário em que iria pagar dividendos e mais valias em Portugal seria transferindo as minhas poupanças para Portugal, e investindo-as a partir daí de forma a beneficiar dos acordos que os EUA tem com Portugal?

    Grato pelo vosso tempo, cumprimentos.

    Edited by PMF
    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...