Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Crédito Habitação - Bom salário mas sem entrada de 10%


    Peetman

    Recommended Posts

    Bom dia,

    Tenho 30 anos e tenho um bom salário liquido (~1.500€), mas devido a ter investido na minha educação e não ter pais ricos, não tenho dinheiro para dar entrada de 10% num apartamento de 190.000€. O dinheiro que tenho apenas cobre os custos iniciais (~9.000€).

    Tenho vida profissional estável e com progressão garantida, mesmo em tempos de pandemia.

    Qual é a solução para eu conseguir comprar um apartamento de 190.000€? O meu banco tentou fazer um LTV de 100%, mas devido às regras do Banco de Portugal não conseguiu.

    E já agora, qual é a lógica do banco de portugal em estabelecer montantes máximos a emprestar (80% do valor do imóvel a partir de Setembro)? Na minha situação julgo que é um tiro nos pés o banco de portugal ter estas regras. Duvido que muita gente com 30 anos tenha capacidade para 20% de entrada.

    Link to post
    Share on other sites
    P2P Money Maker
    há 2 horas, Peetman disse:

    Bom dia,

    Tenho 30 anos e tenho um bom salário liquido (~1.500€), mas devido a ter investido na minha educação e não ter pais ricos, não tenho dinheiro para dar entrada de 10% num apartamento de 190.000€. O dinheiro que tenho apenas cobre os custos iniciais (~9.000€).

    Tenho vida profissional estável e com progressão garantida, mesmo em tempos de pandemia.

    Qual é a solução para eu conseguir comprar um apartamento de 190.000€? O meu banco tentou fazer um LTV de 100%, mas devido às regras do Banco de Portugal não conseguiu.

    E já agora, qual é a lógica do banco de portugal em estabelecer montantes máximos a emprestar (80% do valor do imóvel a partir de Setembro)? Na minha situação julgo que é um tiro nos pés o banco de portugal ter estas regras. Duvido que muita gente com 30 anos tenha capacidade para 20% de entrada.

    Muita gente com 30 anos, não compra, arrenda ou não compra casas de 190k.

    Sinceramente com 9k estares a viver num imóvel de 190k seria um leverage de 21 vezes os capitais próprios que tens.

    Se fosses um banco e alguem chegasse ao pé de ti a pedir um emprestimo 21 vezes o valor de equity que tu pões, o que acharias do risco deste negócio ?

    O banco acha mal, então limita a 5 vezes o máximo que podes pedir em relação aos capitais próprios que tens.

    Link to post
    Share on other sites
    há 2 horas, Peetman disse:

    Bom dia,

    Tenho 30 anos e tenho um bom salário liquido (~1.500€), mas devido a ter investido na minha educação e não ter pais ricos, não tenho dinheiro para dar entrada de 10% num apartamento de 190.000€. O dinheiro que tenho apenas cobre os custos iniciais (~9.000€).

    Tenho vida profissional estável e com progressão garantida, mesmo em tempos de pandemia.

    Qual é a solução para eu conseguir comprar um apartamento de 190.000€? O meu banco tentou fazer um LTV de 100%, mas devido às regras do Banco de Portugal não conseguiu.

    E já agora, qual é a lógica do banco de portugal em estabelecer montantes máximos a emprestar (80% do valor do imóvel a partir de Setembro)? Na minha situação julgo que é um tiro nos pés o banco de portugal ter estas regras. Duvido que muita gente com 30 anos tenha capacidade para 20% de entrada.

    E vais usar todos os teus fundos para uma casa de 190k? Não me parece a melhor opção. Eu pessoalmente comprei a primeira casa com 24 anos mas nos anos anteriores juntei para ter pelo menos um fundo que me cobrisse 8 meses de despesas (em caso de alguma coisa correr mal) e o suficiente para dar de entrada. Escolhi uma casa a precisar de obras assim, o preço foi bem mais baixo, o que fez diminuir o preço da entrada e também diminuiu os impostos que pagas sobre o preço da escritura. Fiquei também isento de IMI e usei or restante para melhorar a casa. 

    Na altura que comprei, o que o banco também só financiava 80% do valor, isso vai variando. Pode ser que daqui a 2 anos volte aos 90%.

    Penso que a opção mais sensata da tua parte é veres casas que consegues comprar e não tentares arranjar forma de comprar aquilo que não consegues.

    Edited by Wakka
    Link to post
    Share on other sites
    7 hours ago, 5coroas said:

    Há cerca de 12 anos atrás estarias a pagar cerca de 1000euros ou mais por mês nesse empréstimo; tens a certeza que queres canalizar tantos recursos para uma casa? Pensa bem antes de meteres essa corda ao pescoço.

    Neste momento são menos de 500€/mês já com seguros obrigatórios.

    Link to post
    Share on other sites
    7 hours ago, P2P Money Maker said:

    Muita gente com 30 anos, não compra, arrenda ou não compra casas de 190k.

    Sinceramente com 9k estares a viver num imóvel de 190k seria um leverage de 21 vezes os capitais próprios que tens.

    Se fosses um banco e alguem chegasse ao pé de ti a pedir um emprestimo 21 vezes o valor de equity que tu pões, o que acharias do risco deste negócio ?

    O banco acha mal, então limita a 5 vezes o máximo que podes pedir em relação aos capitais próprios que tens.

    Julgo que o banco olha para o risco. Sinceramente ter o dinheiro para a entrada pouco diminui o risco. O fator principal está na estabilidade profissional e salário liquido. Eu se fosse ao banco não olhava preto e branco e analisava caso a caso.

    Obrigado pela opinião na mesma!

    Link to post
    Share on other sites
    6 hours ago, Wakka said:

    E vais usar todos os teus fundos para uma casa de 190k? Não me parece a melhor opção. Eu pessoalmente comprei a primeira casa com 24 anos mas nos anos anteriores juntei para ter pelo menos um fundo que me cobrisse 8 meses de despesas (em caso de alguma coisa correr mal) e o suficiente para dar de entrada. Escolhi uma casa a precisar de obras assim, o preço foi bem mais baixo, o que fez diminuir o preço da entrada e também diminuiu os impostos que pagas sobre o preço da escritura. Fiquei também isento de IMI e usei or restante para melhorar a casa. 

    Na altura que comprei, o que o banco também só financiava 80% do valor, isso vai variando. Pode ser que daqui a 2 anos volte aos 90%.

    Penso que a opção mais sensata da tua parte é veres casas que consegues comprar e não tentares arranjar forma de comprar aquilo que não consegues.

    Em Lisboa não há muito mais barato. O dinheiro que falei não é tudo o que tenho, como é óbvio tenho de parte, investido em PPR, ações e fundo de pensões, dinheiro que cobre mais de 1 ano de prestações.

    Não quero parecer rude, mas eu pedi opinião sobre opções de obter crédito sem ter o dinheiro da entrada todo. As minhas finanças pessoais estão muito bem geridas e acauteladas, obrigado pela preocupação na mesma :)

    Link to post
    Share on other sites
    há 12 horas, Peetman disse:

    Neste momento são menos de 500€/mês já com seguros obrigatórios.

    Terás muitos anos pela frente pelo que muita coisa pode entretanto acontecer (subida dramática da taxa de juro, por exemplo).  

    Link to post
    Share on other sites
    RicardoCoelho

    Estou na mesma situação.

    Consigo pagar as prestações mensais mas não tenho dinheiro para a entrada. Crédito pessoal está fora de questão.

    Tamém estou interessado numa solução.

    Link to post
    Share on other sites
    Miguel Costa
    há 1 hora, RicardoCoelho disse:

    Estou na mesma situação.

    Consigo pagar as prestações mensais mas não tenho dinheiro para a entrada. Crédito pessoal está fora de questão.

    Tamém estou interessado numa solução.

    Juntar mais dinheiro para entrada. Fim.

    • Upvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    Miguel Costa
    há 4 minutos, RicardoCoelho disse:

    **facepalm**

    Sê realista, é a única solução, ou arranjas imóvel de banco sem necessidade de entrada (boa sorte a arranjar bom negócio).

    • Upvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    RicardoCoelho
    14 minutes ago, Miguel Costa said:

    Sê realista, é a única solução, ou arranjas imóvel de banco sem necessidade de entrada (boa sorte a arranjar bom negócio).

    A resposta obvia já a tenho. Não é isso que vim aqui buscar.

    • Upvote 1
    • Downvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    12 minutes ago, GMCristiano said:

    Se tens 30 anos, recebes 1500 liquidos por mês e só tens 9k, a verdade é que algo deve ter corrido muito mal.

    Só mesmo mudando o mindset e fazer as contas. poupa 1000€ por mês durantes 24 meses e depois compras.

    Como disse investi na minha educação. Não recebo 1500€ desde que saí da universidade. No entanto, consegui comprar carro a pronto com 27 anos e não recebo € dos meus pais há alguns anos.

    Mas o tópico nem é sobre isso. 

    Link to post
    Share on other sites
    2 hours ago, RicardoCoelho said:

    Estou na mesma situação.

    Consigo pagar as prestações mensais mas não tenho dinheiro para a entrada. Crédito pessoal está fora de questão.

    Tamém estou interessado numa solução.

    Há uma opção, mas isto depende muito do banco que é fazer credito pessoal inicialmente e após uns meses fazes um reforço do credito habitação, depende do valor da avaliação do imóvel. Com o reforço do CH, amortizar por completo o CP e ficas apenas com CH.

    É esta a opção que ando a ver de momento.

    Link to post
    Share on other sites
    RicardoCoelho
    18 minutes ago, Peetman said:

    Há uma opção, mas isto depende muito do banco que é fazer credito pessoal inicialmente e após uns meses fazes um reforço do credito habitação, depende do valor da avaliação do imóvel. Com o reforço do CH, amortizar por completo o CP e ficas apenas com CH.

    É esta a opção que ando a ver de momento.

    Gosto dessa ideia. Vou investigar!

    • Upvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    há 6 horas, Peetman disse:

    Como disse investi na minha educação. Não recebo 1500€ desde que saí da universidade. No entanto, consegui comprar carro a pronto com 27 anos e não recebo € dos meus pais há alguns anos.

    Mas o tópico nem é sobre isso. 

    Não terá sido esse o erro? Um carro não é um ótimo investimento.

      

     

    A 12/08/2020 às 14:52, P2P Money Maker disse:

    Muita gente com 30 anos, não compra, arrenda ou não compra casas de 190k.

    Sinceramente com 9k estares a viver num imóvel de 190k seria um leverage de 21 vezes os capitais próprios que tens.

    Se fosses um banco e alguem chegasse ao pé de ti a pedir um emprestimo 21 vezes o valor de equity que tu pões, o que acharias do risco deste negócio ?

    O banco acha mal, então limita a 5 vezes o máximo que podes pedir em relação aos capitais próprios que tens.

    Há uns anos davam leverage infinito. :D

    Acho que o problema dos bancos é não correrem o risco de no futuro ficarem com casas que não pagam o total da dívida.

    • Upvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    há 32 minutos, Wakka disse:

    Certo mas nós não te conhecemos e aparece aqui de tudo, nós tentamos aconselhar com base na info que nos foi transmitida. Tu pessoalmente podes ter tudo certinho e teres as finanças bem organizadas, mas acredita que a percentagem das pessoas que têm as finanças organizadas é muito baixa, portanto é com base no geral que dou as minhas respostas.

    Quanto ao crédito sem ter o dinheiro da entrada todo, só vejo a opção de crédito pessoal (que odeio) devido ao mau investimento que é. Não preferes juntar durante mais uns meses e conseguir o suficiente para a entrada?

    Para uma casa desse valor vais precisar de:

    ~ 6.000€ IMT
    ~ 700€ em comissões do banco e outros custos
    ~ 19.000€ de entrada
    ~ 3000€ Para mobilares a casa com as coisas básicas (TV, Sofa, Cama, Alguns móveis, Utensilios de cozinha, etc)

    Só aqui já estamos a olhar para ~29.000€. Mesmo que já tenhas mobília ou gastes 0€ com isso ainda são 26.000€ que tens de ter à mão para dar. 9k não me parece suficiente em nenhuma situação, se pedires crédito pessoal vais pagar juros enormes os quais poderias usar para alavancar a tua poupança caso decidas esperar.

    O problema de fazer um crédito pessoal é que o mesmo vai entrar nas contas para aprovação do CH, e como um CP não vai além de 84 meses, mesmo 38.000€ ( 20% de entrada ) a pagar em 84 meses dão cerca de 550€/mês, se for metade são cerca de 225€ que mesmo assim vai fazer aumentar a taxa de esforço e o provável não aprovação, há outras alternativas mas só o banco as pode dar.

    • Upvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    Guest joaolx
    há 7 horas, D@vid disse:

    O problema de fazer um crédito pessoal é que o mesmo vai entrar nas contas para aprovação do CH, e como um CP não vai além de 84 meses, mesmo 38.000€ ( 20% de entrada ) a pagar em 84 meses dão cerca de 550€/mês, se for metade são cerca de 225€ que mesmo assim vai fazer aumentar a taxa de esforço e o provável não aprovação, há outras alternativas mas só o banco as pode dar.

     Podes indicar que alternativas seriam essas?

    Link to post
    Share on other sites
    há 16 horas, Visitante joaolx disse:

     Podes indicar que alternativas seriam essas?

    Os bancos precisam de fazer créditos, claro que se for mesmo inviável não conseguem, mas atendendo a alguém que pode ter um rendimento de 1500€ líquidos e não tenha outros créditos ou despesas avultadas, concerteza que têm alternativas, cabe a cada banco estudar assas alternativas.

    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...