Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Responsabilidades parentais partilhadas e férias durante desemprego


    Recommended Posts

    Boa tarde,

    Encontro-me divorciado à ano e meio e na altura chegámos logo a acordo para partilhar as responsabilidades parentais, menor alterna semalmente entre a casa de cada um dos pais.

    A mãe do meu filho ficou recentemente desempregada, falámos e estabelecemos as férias que o menor passaria com cada um de nós, no entanto agora que estamos a chegar ao período de gozo de férias veio com a questão que o IEFP teria obrigado a marcar férias e que as mesmas teriam se ser marcadas com 30 dias de antecedência e por um período de 30 dias!

    Sem qualquer excepção pelo facto de termos o acordo de responsabilidades parentais em que estipula 30 dias de férias no verão, alternando 15 dias com cada um.

    Existe legalmente algo que possa utilizar para o IEFP mudar a sua posição e possibilitar que a mãe do meu filho possa gozar dois períodos de férias?

    Obrigado.

    Link to post
    Share on other sites
    há 13 horas, Visitante Nuno disse:

    Boa tarde,

    Encontro-me divorciado à ano e meio e na altura chegámos logo a acordo para partilhar as responsabilidades parentais, menor alterna semalmente entre a casa de cada um dos pais.

    A mãe do meu filho ficou recentemente desempregada, falámos e estabelecemos as férias que o menor passaria com cada um de nós, no entanto agora que estamos a chegar ao período de gozo de férias veio com a questão que o IEFP teria obrigado a marcar férias e que as mesmas teriam se ser marcadas com 30 dias de antecedência e por um período de 30 dias!

    Sem qualquer excepção pelo facto de termos o acordo de responsabilidades parentais em que estipula 30 dias de férias no verão, alternando 15 dias com cada um.

    Existe legalmente algo que possa utilizar para o IEFP mudar a sua posição e possibilitar que a mãe do meu filho possa gozar dois períodos de férias?

    Obrigado.

    Sinceramente não percebi o problema. A ex-mulher pode tirar 30 dias de férias e só estar 15 com o seu filho ficando os outros 15 para si, ou não? 
     

    Link to post
    Share on other sites
    5 hours ago, Wakka said:

    Sinceramente não percebi o problema. A ex-mulher pode tirar 30 dias de férias e só estar 15 com o seu filho ficando os outros 15 para si, ou não? 
     

    Posso não ter sido muito explicito.

    Acordámos que na primeira quinzena de julho e na primeira quinzena de agosto ele ficaria de férias com ela, na segunda quinzena de julho e na segunda quinzena de agosto ele ficaria de férias comigo.

    Como o IEFP diz que ela tem de tirar os 30 dias de férias seguidos, ela quer alterar o que tinhamos acordado para a primeira quinzena de julho ficar comigo e depois um mês seguido com ela e depois eu ficaria na segunda quinzena de agosto com o meu filho.

    Ora, eu não consigo mudar as minhas férias agora em cima da data, assumi responsabilidades no trabalho durante a primeira quinzena de julho e não tenho possibilidade de alterar.

    Tendo em vista as novas regras da parentalidade, que até nos impostos são tidas em conta, lembrei-me de pedir ajuda para ela poder contrapor junto do IEFP, com o acordo notarial que temos assinado, a divisão das férias dela em dois períodos.

    Obrigado.

     

    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...