Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Recommended Posts

    Jorge 66

    Boa tarde,

    Terminei em outubro de 2019 o ciclo de insolvência e exoneração do passivo.

    Pretendo reabrir conta no BancoCTT (aberta e encerrada durante o período de exoneração) e estão a dizer que sou insolvente e não me autorizão a reabertura de conta (não tive qualquer problema financeiro com o BancoCTT).

    Não pretendo créditos apenas abrir conta para depositar o ordenado e gerir a minha "nova vida".

    Existe alguma lei que obrigue aquela ou qualquer outra instituição bancária a permitir a abertura de conta? O próprio BdP só diz que os Bancos são livres de escolher os clientes, será mesmo assim?

    Alguém que me ajude a ultrapassar mais este momento triste da minha vida.

    Obrigado

    Edited by Jorge 66

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    MiguelB

    O Moey também me parece uma boa opção. Trata de tudo através da aplicação móvel

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    SABRE

    É tudo muito bonito, mas se o banco CTT vê se uma pessoa é/esteve insolvente, qualquer banco pode recusar abrir conta no nome dessa pessoa. Nesse caso, penso que só o BPortugal pode desbloquear isso

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa