Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    Miguel Sá

    Taxação sobre ETFs

    Recommended Posts

    Miguel Sá

    Bom dia,

    Sou um iniciante no mundo dos investimentos, e após algum estudo online quero começar por investir a longo prazo com uma mentalidade "boglehead". Do que entendo, um portfolio europeu tipicamente inclui fundos de acumulação como IWDA e EIMI, sedeados na Irlanda (já que os da Vanguard são de distribuição). Para simplificar, vamos assumir que escolho uma corretora low-cost, como a DeGiro, e que invisto regularmente uma porção do meu vencimento em IWDA, e que venderei tudo de uma assentada, daqui a 30 anos.

    Uma questão que ainda não consegui esclarecer é a que tipo de tributação estou sujeito. Já li números de 15% na emissão de dividendos (mas estes não são distribuídos, são reinvestidos... já se aplica este valor?), mas também já li que não é feita qualquer tributação. Também já encontrei informação de que serei tributado em 28% de mais valias após a venda (a estes 28% subtraem-se os 15% já aplicados, caso o tenham sido?). Que formas (desejavelmente legais :lol:) existem de minorar ou evitar este tipo de tributações?

    Obrigado a todos!

    Miguel

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pfonseca
    A 11/07/2018 às 10:52, Miguel Sá disse:

    ... Já li números de 15% na emissão de dividendos (mas estes não são distribuídos, são reinvestidos... já se aplica este valor?), mas também já li que não é feita qualquer tributação. Também já encontrei informação de que serei tributado em 28% de mais valias após a venda (a estes 28% subtraem-se os 15% já aplicados, caso o tenham sido?). Que formas (desejavelmente legais :lol:) existem de minorar ou evitar este tipo de tributações?

    As mais valias são tributadas em 28%.

    Os dividendos, sempre que forem distribuídos, ou seja, quando o valor te é entregue, quer tu re-invistas ou não, também são tributados em 28%. Os ETF de acumulação não distribuem os dividendos, por isso não se pagam os 28% de imposto sobre os dividendos.

    Os dividendos dos ETF de origem dos EUA são tributados pelo governo dos EUA em 30%. Para além disso também são tributados por Portugal em 28%. As mais valias não são tributadas pelo governo dos EUA. Há um acordo entre os EUA e Portugal (ou a UE, não sei), que, se fores residente fiscal em Portugal o governo dos EUA aplica uma taxa de 15% sobre os dividendos em vez de 30%. Para isso tens de preencher um impresso (W-8BEN) na tua corretora (no teu caso, na Degiro). Nesse caso serás tributado em 15%(EUA) + 28%(Portugal) nos dividendos dos ETF de origem dos EUA.

    No caso concreto do IWDA:

    a. No site morningstar.uk, em "management" verifico que é um ETF como domícilio na Irlanda.

    b. No site justETF verifico que é um ETF de acumulação. O justETF só tem ETF europeus.

    c. Se comprar 10.000 euros de IWDA e vender, ao fim de 30 anos, por 30.000, mais valias = 20.000 euros

    d. imposto sobre as mais valias = 0.28 x 20.000 = 5.600 euros

    Repara que as mais valias incluem os dividendos acumulados, mas só pagas o imposto quando vendes o ETF.

     

    Na Degiro, os 15% (ou os 30%) de imposto sobre dividendos nos ETF domiciliados nos EUA são retidos na fonte, ou seja, só recebes 0.85 ou 0.70 do dividendo. Depois tens de declarar esse valor recebido nas finanças de Portugal e pagar os 28%.

    Quando venderes o ETF, na Degiro (não sei como é nas corretoras portuguesas) tens de declarar as mais-valias nas finanças de Portugal. A Degiro não faz a retenção.

    Se tiveres uma conta Custody, na Degiro, a Degiro cobra-te uma taxa sobre todos os dividendos distribuídos, que é um custo acrescido aos outros.

     

    Pesquisa sobre este assunto, há aqui e na internet muita informação sobre isto.

    PS. Esta informação já estava neste tópico "Imposto e Comissões sobre dividendos de acções dos EUA"

    Edited by pfonseca
    Já não me lembrava de um tópico que já tinha esta informação

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Miguel Sá
    há 8 horas, pfonseca disse:

    As mais valias são tributadas em 28%.

    Os dividendos, sempre que forem distribuídos, ou seja, quando o valor te é entregue, quer tu re-invistas ou não, também são tributados em 28%. Os ETF de acumulação não distribuem os dividendos, por isso não se pagam os 28% de imposto sobre os dividendos.

    Os dividendos dos ETF de origem dos EUA são tributados pelo governo dos EUA em 30%. Para além disso também são tributados por Portugal em 28%. As mais valias não são tributadas pelo governo dos EUA. Há um acordo entre os EUA e Portugal (ou a UE, não sei), que, se fores residente fiscal em Portugal o governo dos EUA aplica uma taxa de 15% sobre os dividendos em vez de 30%. Para isso tens de preencher um impresso (W-8BEN) na tua corretora (no teu caso, na Degiro). Nesse caso serás tributado em 15%(EUA) + 28%(Portugal) nos dividendos dos ETF de origem dos EUA.

    No caso concreto do IWDA:

    a. No site morningstar.uk, em "management" verifico que é um ETF como domícilio na Irlanda.

    b. No site justETF verifico que é um ETF de acumulação. O justETF só tem ETF europeus.

    c. Se comprar 10.000 euros de IWDA e vender, ao fim de 30 anos, por 30.000, mais valias = 20.000 euros

    d. imposto sobre as mais valias = 0.28 x 20.000 = 5.600 euros

    Repara que as mais valias incluem os dividendos acumulados, mas só pagas o imposto quando vendes o ETF.

     

    Na Degiro, os 15% (ou os 30%) de imposto sobre dividendos nos ETF domiciliados nos EUA são retidos na fonte, ou seja, só recebes 0.85 ou 0.70 do dividendo. Depois tens de declarar esse valor recebido nas finanças de Portugal e pagar os 28%.

    Quando venderes o ETF, na Degiro (não sei como é nas corretoras portuguesas) tens de declarar as mais-valias nas finanças de Portugal. A Degiro não faz a retenção.

    Se tiveres uma conta Custody, na Degiro, a Degiro cobra-te uma taxa sobre todos os dividendos distribuídos, que é um custo acrescido aos outros.

     

    Pesquisa sobre este assunto, há aqui e na internet muita informação sobre isto.

    Muito obrigado por uma das respostas mais claras que já vi neste e noutros forums. Só para esclarecer uma última dúvida: dividendos não domiciliados nos EUA não têm a retenção de 15 (ou 30)%, logo a única carga fiscal que existe são os 28% sobre mais-valias à altura de venda, ponto. (depois existem as comissões da DeGiro, mas isso são outros contos). Estou correto?

    Obrigado mais uma vez!

    Miguel

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pfonseca
    A 14/07/2018 às 16:57, Miguel Sá disse:

    ... dividendos não domiciliados nos EUA não têm a retenção de 15 (ou 30)%, logo a única carga fiscal que existe são os 28% sobre mais-valias à altura de venda... Estou correto?

    Infelizmente não.

    Se o ETF distribui dividendos, esses dividendos têm de ser declarados à Finanças e pagar os 28% de imposto. Isto na Degiro, não sei se as corretoras nacionais fazem logo a retenção desses 28%.

    Só para ETF de acumulação (não distribuem os dividendos) é que isso é válido.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa