Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    Gecko

    Aparentemente passei os 10000€... E agora?

    Recommended Posts

    Gecko

    Bom dia a todos/as.

    Desde já peço desculpa pelo post longo mas fiquei à nora...

    Tenho atividade aberta como formador e auditor e não tenho nenhum trabalho por conta de outrem. Uma vez que fui chamado para esta atividade um pouco "em cima do joelho" para substituir um colega que não pode garantir os módulos que eu leciono (e que antes eram dele) acabei por abrir atividade apenas no final de Outubro e passar os recibos de todo o ano nessa altura, pouco menos de 7000€.

    Entretanto há dias recebi um email do portal das finanças a solicitar a minha alteração de atividade por ter ultrapassado o patamar dos 10000€. Chamada para lá, várias tentativas, muita música de elevador e lá me dizem que uma vez que abri atividade no final do ano ela contou toda no mesmo trimestre e multiplicaram a minha faturação por 4 dando um total (suposto) de 28000€ por ano. Uma vez que esta foi uma situação esporádica e "artificial" (infelizmente não me parece que venha a ter uma faturação sequer perto disso...) fui instruído a colocar um valor previsto para o ano de 2018 acima de 10000€ (coloquei 10001), preencher trimestralmente a declaração periódica de IVA, emitir faturas com IVA a 23% e daqui por 1 ano se não atingir os 10000€ voltar ao regime simplificado. E aqui começam as dúvidas:

    1) há algo que possa ser feito de forma diferente para evitar ficar no regime não-simplificado uma vez que de qualquer forma não atingirei esse patamar?

    2) exatamente como faço com o IVA? Ele é deduzido do meu vencimento ou é a entidade contratante que o paga? Por exemplo, se faço um serviço por 100€ o IVA sai dos meus 100€ ou apresento ao contratante um recibo de 123€ (100€ + IVA), fico com os meus 100€ e dou 23€ ao Estado? E também já ouvi falar em "pedir o reembolso do IVA". Isto aplica-se a mim? Se sim do que se trata exatamente?

    3) como pago o IVA? Uma vez passei um ato isolado e se bem me lembro tinha de fazer qualquer coisa no portal das finanças e depois aquilo emitia um documento para pagar o IVA no multibanco. É algo deste género?

    4) também já vi algo sobre a obrigatoriedade de ter a contabilidade organizada. Preciso de contratar um contabilista?

    Obrigado desde já e desculpem o "testamento"...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    master-chief

    Minha opiniao, sem ser contabilista e posso claramente estar errado

     

    1. se passaste os 10 000€ vais ter que manter-te no regime simplificado, apenas irás adicionar de 3 em 3 meses o envio dos IVA's

    2. O IVA, segundo percebo, e pelo teu exemplo, se antes cobravas 100€..... agora vais ter que: ou adicionas mais 23€ ao serviço, ou perdes 23€ se manteres os 100€ como antigamente

    3. o IVA eu não preencho, arranjei uma pessoa que pago para me fazer o mapa do IVA, porque posso errar... e se errar as finanças é da maior merda que existe neste país, aliás, qualquer merda publica é do pior! Coimas e coimas mais vale pagar a alguém para fazer certinho. Mas segundo percebo, é ires ao site das finanças e preencheres a declaração do IVA

    4. não creio que sejas obrigado, pois o montante que falas se nem atinges 10 000€ é que nem pensar em ter cont organizada!!!

    • Upvote 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pedrostrik

    Tiveste azar com essa factura recibo de 7000, a mim quase que era apanhado e ainda por cima nas finanças ninguem explica nada de nada e às vezes ainda sabem menos que nós.

    O trabalhador a recibo verde é de longe o trabalhador mais esfolado por este sistema cego de finanças estatal de comer dinheiro a quem mais facilmente o podem fazer, e as empresas aproveitam-se disso ''fugindo'' à contratação de mais pessoal e assim, encargos de 14 meses, mais férias dos respectivos colaboradores.

    Nós, a recibos verdes, para além do que acima mencionei, ainda temos esta ''lei'' que não tem ponta por onde se pegue dos 10 000 €, passar a regime de IVA, e portanto mais um trabalho encima de muitos outros, (preocupação de passar os recibos dentro das datas, pagamentos à SS, etc), e aqui é que está mais uma forma de explorar o pobre coitado do recibo verde, pois a informação disponível é estranhamente omissa, e em mais de 6 horas a pesquisar sobre o tema, não existe nada recente em relação das imensas duvidas que esta situação do IVA acarreta.

    Respondendo ao teu post, a verdade é que com muito trabalho podes arranjar um contabilista entre 50 a 75 /mês, mas o problema é que o que se vai recuperar no trimestre nem chega para pagar ao mesmo, esse, também é o meu problema, e depois há um pequeno grande facto que ninguém fala neste pais: para se recuperar algo próximo do que se liquidou em IVA, o nosso ordenado bruto não ia chegar, ai está mais uma das razões para o IVA ser imediatamente abolido dos empregados a recibo verde.

    Não és obrigado a ter contabilidade organizada, pois facturas muito pouco por ano e não percebi sequer que grandes despesas ias ter ao longo de um ano que compensassem os 30% de despesas inerentes ao regime simplificado, portanto não te metas na contabilidade organizada, para isso mais valia abrires uma empresa e teres um contrato de trabalho para ti próprio, pois de uma forma ou de outra ias ter que pagar ao mês por um contabilista, e NESSAS 2 SITUAÇÕES sai bastante mais caro que o tal TOC para o tratamento do IVA.

    Eu falando por mim, neste segundo ano a recibo verde comecei já a procurar outra alternativa, pois a situação é de todo insustentável, o TRABALHADOR A RECIBO VERDE SÓ TEM OBRIGAÇÕES, ZERO FÉRIAS, NÃO TEM 13 NEM SUBSIDIO DE NATAL E MUITOS OUTROS ASPECTOS EXTREMAMENTE NEGATIVOS QUE AJUDARAM-ME A PERCEBER O QUANTO PODRE VAI ESTE PAIS. Desculpem o desabafo, mas é inadmissível que se perca tanto tempo para simplesmente poder exercer a minha profissão e ter um ordenado coerente com a minha experiência e responsabilidade.

    Um aparte, o meu ''patrão'' - cliente ou o algo do género, tem zero compromissos e zero preocupações com o pessoal que para ele trabalha.

     

    Edited by pedrostrik

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa