Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    Guest anabela pedro verissimo

    heranças

    Recommended Posts

    Guest anabela pedro verissimo

    boa tarde, tenho uma duvida, venda de um imovel- 60 mil euros, conjugue sobrevivo com 4 filhos, regime geral de bens- casamento em 1965- morte da esposa em 1996- qual e o montante que os filhos recebem- obrigada

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ruicarlov

    Foi feita a habilitação de herdeiros aquando da morte da esposa? Supostamente nessa altura deveriam ter sido feitas partilhas, ficando os herdeiros com uma determinada % do imóvel (não havendo muito mais bens e dinheiro em jogo). Nesse caso cada um ficaria com o dinheiro equivalente à sua % do imóvel.

    Se a herança ficou indivisa este tempo todo, então é necessário proceder ao inventário dos bens que a esposa tinha para fazer contas.

    Se o imóvel era a unica coisa de valor na herança, então 50% do imóvel já pertence ao cônguje. Do outros 50%, na ausência de testamento, 1/4 disso pertence ao cônjuge sobrevivo, e os restantes 3/4 são a dividir igualmente pelos filhos. Fazendo as contas cada filho seria dono de 9.375% do imóvel e o cônjuge sobrevivo dono de 62.5%

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Joaquim

    Boa noite.
    O meu Pai faleceu e na habilitação de herdeiros ficou a minha mãe, irmã e eu. 
    Existiam à data dois imóveis com capital em dívida. Por motivos financeiros a minha mãe apenas consegue pagar um dos créditos enquanto o outro deixou de o fazer.
    Já passaram alguns anos e o banco entrou recentemente voltou a abordar o assunto e nesta fase está em equação a dação do imóvel.
    Só tenho em minha posse a habilitação de herdeiros que nada refere que partes dizem respeito a quem e tanto a nível de IMI como do relatório do centro de responsabilidades do Banco de Portugal estes imóveis não constam das minhas responsabilidades nem da minha irmã. Ao herdar automaticamente não deveria pagar o IMI respeitante à minha parte? Sou levado a crer que apenas a minha mãe terá ficado com as responsabilidades.
    Caso as mesmas sejam partilhadas até que ponto eu e a minha irmã podemos ver os nossos salários penhorados?
    Obrigado desde já pelo suporte que aqui dão no forum

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest PJA
    há 12 horas, Visitante Joaquim disse:

    Só tenho em minha posse a habilitação de herdeiros que nada refere que partes dizem respeito a quem e tanto a nível de IMI como do relatório do centro de responsabilidades do Banco de Portugal estes imóveis não constam das minhas responsabilidades nem da minha irmã. Ao herdar automaticamente não deveria pagar o IMI respeitante à minha parte? Sou levado a crer que apenas a minha mãe terá ficado com as responsabilidades.

    Até serem feitas as partilhas, a administração da herança (incluindo o pagamento do IMI, por exemplo), é da responsabilidade do cabeça de casal. Isso não quer dizer que não lhe toque a si - quando forem feitas as partilhas, já deverão ter sido deduzidos os montantes correspondentes a essas despesas e irá herdar um pouco menos (ou ser-lhe pedido que pague a sua parte nas mesmas, caso não haja liquidez na herança para as pagar).

    há 12 horas, Visitante Joaquim disse:

    Caso as mesmas sejam partilhadas até que ponto eu e a minha irmã podemos ver os nossos salários penhorados?

    À partida irão primeiro atrás da garantia associada ao empréstimo (o imóvel). Só se o seu valor não for suficiente para cobrir a dívida é que poderão vir atrás de outros bens. Mesmo assim, a responsabilidade do pagamento das dívidas da herança é dos bens da herança - se todos os bens não forem suficientes para pagar a dívida então, à partida, ela ficará por pagar (eventualmente os herdeiros poderiam era ter de demonstrar que não há mais bens na herança).

    Já a metade do imóvel que é da sua mãe (admitindo que era um bem do casal e que apenas metade entrou para a herança) pode ser um pouco diferente - aqui o banco pode ir atrás do património dela, seja salário seja outros bens que tenha.

     

    Já agora, é habitual um empréstimo habitação ter associado um seguro de vida - na altura em que o vosso pai faleceu, analisaram a hipótese de activar o seguro para pagar a metade dele da dívida?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Joaquim

    Muito obrigado pelas vossas respostas.

    Infelizmente na altura que se decidiu hipotecar o imóvel foi por questoes de saude o que fez com que nem toda a informacao fornecida fosse verdadeira...por esse motivo nao acionamos o seguro de vida.

    Estou inclinado a deslocar-me a um balcao de heranças para a avaliar o estado da situaçao e eventualmente fazer uma partilha de bens juntamente com a minha mae e irma para ficar tudo claro e minorar os impactos na vida de todos.

     

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa