Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    Greedy

    Países onde o Arrendamento imobiliário impera - quem são os proprietários ?

    Recommended Posts

    Greedy

    Bem .. este não é um tópico propriamente a pedir esclarecimentos / ajuda mas sim algo que nos últimos dias tenho voltado a pensar / tentar compreender que é a questão:

    Nos Países onde o Arrendamento Imobiliário impera, quem são os proprietários dessas mesmas casas ocupadas por inquilinos ?

    grafico.thumb.png.379e575f4dcfd27a7744e7241095cece.png

    Fui ver à pouco no EUROSTAT e constata-se que há países onde existe uma grande taxa de ocupação de casas por arrendamento ( ex: Alemanha, Suíça, Suécia, Dinamarca, Holanda, Áustria, França, Grécia )

    São países como economias distintas, mas a génese é que são economias pujantes ( excepto a Grécia ).

    Penso nesta questão pois se em Portugal o arrendamento fosse a norma ( como muita gente se queixa hoje em dia que as Rendas estão elevadas, caso tivessem valores "justos" que muita gente optaria pelo arrendamento ao invés da aquisição ) quem seriam os poucos proprietários ?

    Se fosse esse o cenário, não haveria também polémica onde os inquilinos iriam argumentar :

    "Porcos capitalistas destes proprietários, tem um portfolio enorme de imóveis a render e nós aqui a termos que nos sujeitar a arrendar "

    Está visto que nos países que indiquei em cima aparentemente não há qualquer stress em existirem poucos proprietários para muitos inquilinos .. mas acho que cá haveria problemas

    Se desde que o AirBnB explodiu em Portugal, que há aquelas polémicas todas de tributação a 35%, dos Condomínios poderem decidir se há alojamento local no prédio ou não, de eventual agravamento do valor do Condomínio ..

    Dêem a vossa opinião.

    • Like 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Pedro Pais
    há 1 hora, Greedy disse:

    Está visto que nos países que indiquei em cima aparentemente não há qualquer stress em existirem poucos proprietários para muitos inquilinos .. mas acho que cá haveria problemas

    Do gráfico que apresentas julgo que não é possível concluir que existem poucos proprietários. Mas é possível que seja assim, até porque o negócio de arrendamento tem ganhos significativos de escala. 

    Julgo que a situação de Portugal se deve a um conjunto de circunstâncias culturais, históricas e económicas, que davam pano para mangas analisar. Mas de uma forma ou de outra é bem possível que a situação tenha alguma tendência a inverter-se, especialmente se o imobiliário nas grandes cidades se continuar a valorizar e se/quando as taxas de juro aumentarem significativamente. 

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Greedy

    Pois, a questão histórica / cultural em Portugal já tinha ideia que assim era .. mas queria era tentar trocar opiniões com a malta relativamente às outras realidades europeias, nomeadamente de países muito mais ricos que o nosso ..

    Na Suíça desconfio das razões .. apesar dos vencimentos lá por norma serem muito elevados, existe uma grande tributação, o custo de vida é altíssimo e a compra de 1 imóvel está ao nível especulativo que se verifica agora em Portugal, ou seja, qualquer espelunca pedem centenas de milhar de euros ...

    Acho que na Suíça eles pagam umas taxas mensais elevadas relativamente a imóveis

    Assim, talvez prefiram arrendar e no dia em que se reformarem pisgam-se da Suíça e vão para países com custo de vida baixo e aproveitar a reforma com tecto máximo de ~2500€ ..

    Agora na Alemanha e países Escandinavos tinha curiosidade em perceber porquê ... e quem são os proprietários da maioria das casas arrendadas .. se seriam fundos imobiliários ou apenas na mão de umas dezenas de pessoas ..

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest PJA

    Salvo erro na Alemanha a situação até se tem vindo a inverter - tinha ideia que bem menos de metade é que era proprietário há umas décadas atrás...

    A situação do pós-guerra (em que quem tinha casa a perdeu e teve de recomeçar do zero na mesma) e a política de incentivos à construção para arrendamento sustentável que se lhe seguiu, creio que ajuda a explicar em boa parte o porquê de as gerações mais velhas não se sentirem agarradas à tentação de assegurar a propriedade de uma casa como conforto a nível monetário. À medida que as políticas vão mudando e as gerações mais novas já não são educadas com histórias do pós-guerra, a situação tende a inverter-se, parece-me.

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Greedy
    há 1 hora, Visitante PJA disse:

    Salvo erro na Alemanha a situação até se tem vindo a inverter - tinha ideia que bem menos de metade é que era proprietário há umas décadas atrás...

    A situação do pós-guerra (em que quem tinha casa a perdeu e teve de recomeçar do zero na mesma) e a política de incentivos à construção para arrendamento sustentável que se lhe seguiu, creio que ajuda a explicar em boa parte o porquê de as gerações mais velhas não se sentirem agarradas à tentação de assegurar a propriedade de uma casa como conforto a nível monetário. À medida que as políticas vão mudando e as gerações mais novas já não são educadas com histórias do pós-guerra, a situação tende a inverter-se, parece-me.

     

    É uma justificação interessante, mas acho que a correlação "perder tudo na guerra e ter de recomeçar do zero" não me parece ser de todo o motivo no caso Alemão ..

    Repara que no gráfico que coloquei, estão imensos países de Leste onde também figura a Polónia, Hungria, República Checa, todos países que foram brutalmente chacinados na 2ª Guerra Mundial ... todas essas populações tiveram que recomeçar do zero, no entanto no gráfico o que nos mostra é que a grande maioria é proprietária e não arrendam muito ...

    Há é 1 padrão entre países com o Bulgária, Roménia, Bulgária e Portugal na medida em que acham que um Imóvel pode ser um refúgio para as gerações vindouras e todos esses países são pobres ( Portugal também )

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest PJA
    há 5 horas, Greedy disse:

    É uma justificação interessante, mas acho que a correlação "perder tudo na guerra e ter de recomeçar do zero" não me parece ser de todo o motivo no caso Alemão ..

    Repara que no gráfico que coloquei, estão imensos países de Leste onde também figura a Polónia, Hungria, República Checa, todos países que foram brutalmente chacinados na 2ª Guerra Mundial ... todas essas populações tiveram que recomeçar do zero, no entanto no gráfico o que nos mostra é que a grande maioria é proprietária e não arrendam muito ...

    Mas esses eram países comunistas, onde o Estado providenciava uma casa (ou facilitava o acesso à mesma). Ao contrário da Alemanha, em que houve uma política de incentivos bastante forte à construção para arrendamento a preços acessíveis. 

    Políticas diferentes que levaram à evolução de duas culturas bastante diferentes...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Greedy

    Pois, nesse aspecto tens razão e faz algum sentido sim ..

    Mas se essa situação da Alemanha for verdade, quem são os proprietários das casas para arrendamento a preços acessíveis ?

    Apenas os "patos bravos" construtores alemães ?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ArturMariano
    A 17.10.2017 às 10:34, Greedy disse:

    Pois, nesse aspecto tens razão e faz algum sentido sim ..

    Mas se essa situação da Alemanha for verdade, quem são os proprietários das casas para arrendamento a preços acessíveis ?

    Apenas os "patos bravos" construtores alemães ?

    O mercado na Alemanha é muito diferente. Existem associações que detêm centenas de milhões de euros em imobiliário, o que justificaria um pouco o mercado. Além disso, parece-me que existe muito mais arrendamento a preço acessível do que em Portugal. Ou seja, lá é muito mais caro, mas há muitas habitações arrendadas a preços residuais.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa