Ir para o conteúdo
  • FORMAS DE POUPAR

  • Entrar para seguir isto  
    Visitante Miguel

    Partilhas

    Recommended Posts

    Visitante Miguel

    Boa Tarde.

    Estou num processo de partilhas com os meus 3 irmãos e o meu pai.

    Temos algumas propriedades com um valor patrimonial total de 300.000 euros.

    As propriedaes na escritura de partlhas serão divididas pelos 3 irmãos em que cada um ficará com um valor o mais próximo possível de 1/3 do total: 100.000€

    Pensávamos que não teríamos de pagar IMT ou só muito marginalmente.

    Fomos supreendidos pelo facto de termos de pagar IMT sobre tudo o que exceder o nosso quinhão dado o meu pai estar vivo.

    Assim, dado que teríamos apenas direito a 1/8 dos totais dos bens teríamos de pagar IMT sobre a diferença entre 1/8 e 1/3.

    Foi uma grande surpresa para nós o facto de haver uma penalização fiscal por fazermos as partilhas ainda em vida do nosso pai.

    Podem confirmar que esta é a interpretação correcta da lei.

    Obrigado.

     

     

     

     

     

     

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    pauloaguia

    Só para ver se eu percebi: morreu a vossa mãe; e o vosso pai, para além da sua quota parte da herança, decidiu ainda dar-vos a metade dos imóveis que lhe pertencia a ele... isto parece-me mais do que umas simples partilhas. Mesmo que o vosso pai decidisse renunciar herança, isso não explicava como é que vocês iam dividir entre vocês a parte que é dele.

    Em qualquer caso, doações entre pais e filhos (que me parece ser o caso) deviam estar isentas de IMT e dos 10% de imposto de selo relativo às doações. Só deviam pagar 0,8% de imposto de selo pela transmissão do imóvel (isso paga-se sempre, seja na herança, seja na doação).

    O IMT é pago sobre transmissões onerosas de imóveis. Algum de vocês pagou alguma coisa? Ou está tudo dentro da doação e herança? Se não houve pagamentos, então não vejo porque deva o IMT ser metido ao barulho...

    (mas também eu não sou especialista na área)

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    Visitante miguel

    obrigado. creio que o equivoco do nosso lado e que estamos a pedir uma escritura de partilhas quando na verdade deveriamos inciqr um processo de doaçao de um pai para os filhos. dessa forma entendo que so pagaremos imposto de selo e ja nao teremos de pagar imt. de facto nao ha aqui nenhuma transmissao onerosa. 

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites

    Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

    Visitante
    Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
    Responder a este tópico

    ×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Entrar para seguir isto  

    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa