Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    Sandra Silva

    Credito habitação/Divórcio

    Recommended Posts

    Sandra Silva

    bom dia,

    Em 10/2011 divorciei-me e tenho um apartamento com o meu ex marido, que adquirimos ainda em solteiros com recurso ao crédito habitação. O divórcio saiu em 10/2011 e queria regularizar a situação do apartamento, uma vez que é ele que vai ficar com o imóvel. No banco não sabem dizer o que temos de fazer, dizem que temos de recorrer a um advogado. Preciso da vossa ajuda. Que tipo de documento temos de fazer de forma a retirar o meu nome do empréstimo bancário e deixar de ser co proprietária do apartamento. Talvez uma escritura de doação? Que encargos poderei ter?

    Obrigada

    Sandra Silva

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ABCD

    bom dia,

    Em 10/2011 divorciei-me e tenho um apartamento com o meu ex marido, que adquirimos ainda em solteiros com recurso ao crédito habitação.

    O divórcio saiu em 10/2011 e queria regularizar a situação do apartamento, uma vez que é ele que vai ficar com o imóvel.

    No banco não sabem dizer o que temos de fazer, dizem que temos de recorrer a um advogado.

    Preciso da vossa ajuda. Que tipo de documento temos de fazer de forma a retirar o meu nome do empréstimo bancário e deixar de ser co proprietária do apartamento. Talvez uma escritura de doação? Que encargos poderei ter?

    Obrigada

    Sandra Silva

    Quem fica com o apartamento é que deve tratar de o colocar em seu nome, sendo certo que não poderá ser prejudicado no spread (desde que a prestação mensal do empréstimo represente uma taxa de esforço para o agregado familiar do novo titular inferior a 55% ou, no caso de existirem dois ou mais dependentes, 60%) devido à situação que se gerou com o divórcio.

    Para ficar descansada, deveria seguir o conselho do funcionário bancário e consultar um advogado.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Eu creio que não é necessário o advogado. Mas lá está, sempre dá alguma segurança à coisa.

    Se o que está em causa é a mudança do registo, experimente perguntar na conservatória - devem dizer-lhe lá do que precisa para efetivar o registo. Imagino que vai ser precisa a presença de alguém do banco (afinal o banco tem que autorizar a remoção da Sandra da penhora) por isso é melhor perguntar exatamente o que precisa de pedir no banco que é para não andar a correr sempre de Herodes para Pilatos :)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa