Ir para o conteúdo
Entrar para seguir isto  
Absolom

Renegociação no Santander

Recommended Posts

Absolom

Bom dia,

Celebrei um crédito habitação em Agosto de 2008 com taxa fixa. Pretendia indexar a prestação à euribor, e a informação que me deram no Santander foi de que só posso renegociar o crédito uma vez em cada ano. Será verdade? Será que a celebração do contrato é equiparada a uma renegociação e tenho de esperar até Agosto de 2009? Esta última questão não me souberam responder no balcão e aguardo resposta há um mês. Alguém pode-me adiantar algo com conhecimento de causa?

Obrigado.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Speedbird

Isso é fácil de resolver:

Se o seu gerente não sabe,ou não lhe interessa responder , fale com o gerente geral da agência e avise-o que ou lhe responde em no maximo 1 dia ,já que já esperou 30 ou vai mandar uma carta para o banco a dizer que os gerentes daquela agencia não tem competencia para  responder à sua questão e também não estão para saber.Use mesmo estas palavras !!!!!

Vai ver que terá resposta em menos de 5 minutos !!! Funciona mesmo....

È assim que eu trabalho com o meu banco , e funciona tudo às mil maravilhas ...

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
JATG

Estou na mesma situação. A única diferença é que o meu crédito é de Maio de 2008.

Disseram-me que o spread poderia aumentar na renegociação.

E a ti, disseram-te alguma coisa do spread?

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Absolom

Questionei sobre o spread e disseram-me que não haveria alteração.

Quando souber como se processou dou mais informação, pois dizem uma coisa e podem fazer outra.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Speedbird

Vejam primeiro para quanto querem aumentar o spread e digam ao vosso gerente que vão pensar.

Depois vão a outros bancos e vejam se eles cobrem esse spread para o qual o Santander vos quer passar.Se sim , peçam simulações e apresentem ao vosso gerente. Digam que se o spread mudar vcs vão embora do banco.

Vão ver que continua tudo como está.

Abraços

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
JATG

Ainda não sei quanto me querem aumentar o spread (agora tenho 0.35%). Estão ainda a estudar a situação.

Disse-lhes logo que se aumentassem tentaria mudar logo de banco!!!

Propuseram-te um aumento de quanto no spread?

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
JATG

Acabei agora de receber um telefonema do Santander e já tenho a resposta. Então, se pretender mudar da taxa fixa para a indexada a Euribor, terei um aumento de 0,15% no spread (de 0.35% passará para 0.50%).

Fazendo as conta por alto acho que me compensa.

Neste momento tenho a taxa fixa a 5 anos em 4.48% + 0.35% de spread, o que dá um total de 4.83%.

Se mudar para a taxa indexada a Euribor 3 meses, de certo ficará mais barato. Tendo em conta a média de Janeiro, ficará em 2,457% + 0,50% de spread, o que dá um total de 2,957%.

Dúvidas que me surgiram:

1 - Existe alguma lei que nos impessa de renegociar antes de 1 ano desde a última renegociação (como é referido no 1º popst)?

2 - No caso de mudar mesmo para a Euribor, não será melhor esperar até Março?

3 - Acham que valerá mesmo a pena arriscar a mudança?

Afinal tb me querem aumentar o spread... Qual o aumento do spread que te propuseram?

E a ti, propuseram-te um aumento de quanto no spread?

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
pauloaguia

Dúvidas que me surgiram:

1 - Existe alguma lei que nos impessa de renegociar antes de 1 ano desde a última renegociação (como é referido no 1º popst)?

2 - No caso de mudar mesmo para a Euribor, não será melhor esperar até Março?

3 - Acham que valerá mesmo a pena arriscar a mudança?

1 - Não. Mas também não há nenhuma lei que obrigue o banco a aceitar uma renegociação.

2 - Cada mês que esperares é mais um mês a pagar juros à taxa mais alta. 2% ainda é uma diferença muito grande...

3 - Não sei qual será a evolução das taxas durante os próximos 4 anos. Mas não apostaria muito em que a média seja superior a 5%. Pessoalmente eu mudava, mas cada um sabe de si. Certifica-se é que te discriminam todos os custos envolvidos na operação. É que, o total das comissões a pagar pode dar umas contas bem diferentes do que olhando apenas para a diferença dos juros...

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
JATG

Paulo, desde já um muito obrigado pelos esclarecimentos.

Estou mesmo inclinado para a mudança para a taxa indexada a Euribor 3 meses.

3 - Certifica-se é que te discriminam todos os custos envolvidos na operação. É que, o total das comissões a pagar pode dar umas contas bem diferentes do que olhando apenas para a diferença dos juros...

Mas com esta última frase, fiquei outra vez a pensar...

Então não é suposto os bancos não puderem cobrar nada pelas renegociações?

Que tipo de custo podem estar envolvidos?

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Absolom

Ainda aguardo o valor referente ao aumento do spread (tenho um spread de 0,5%), mal o saiba comunico.

Relativamente à lógica de mudar de banco, complica porque como temos taxa fixa, qualquer amortização ou liquidaçãodo do valor em divida é acrescida de 2% ao invés dos 0,5% se fosse indexada. Dificil encontrar um banco que nos "aceite" sem nos cobrar nada e que pague 2% ao Santander, ainda por cima, sendo que temos o crédito recentemente contatado, e por exemplo na CGD, só não se paga custos de transferência se o valor em divida for 80% ou menos do valor inicialmente contratado.

Mal saiba alguma coisa sobre a minha situação, partilharei.

Saudações.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
JATG

Paulo, desde já um muito obrigado pelos esclarecimentos.

Estou mesmo inclinado para a mudança para a taxa indexada a Euribor 3 meses.

Mas com esta última frase, fiquei outra vez a pensar...

Então não é suposto os bancos não puderem cobrar nada pelas renegociações?

Que tipo de custo podem estar envolvidos?

Fui ao banco e disseram-me que a mudança não teria custos nenhuns. Disseram-me ainda que apenas poderei mudar agora porque em Março é a altura da minha revisão (uma vez que apesar de ser fixa irá passar para euribor ao fim de 5 anos).

Como não tem custos, vou mudar já, apesar do spread subir para 0.5%. Penso que a média de Fevereiro ainda será mais favorável que a de Janeiro.

Pergunto ao Paulo a que tipo de comissões se estava ele a referir.

Abraço!

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
pauloaguia

Então não é suposto os bancos não puderem cobrar nada pelas renegociações?

Que tipo de custo podem estar envolvidos?

O bancos não podem cobrar comissões. Mas, se houver lugar a uma actualização da escritura, por exemplo, pode haver custos para o cliente que não são cobrados pelo banco... Mas como não tenho créditos e muito menos os renegociei, não sei bem o que isto envolve... daí ter dito para perguntares os custos envolvidos ;)

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
JATG

O bancos não podem cobrar comissões. Mas, se houver lugar a uma actualização da escritura, por exemplo, pode haver custos para o cliente que não são cobrados pelo banco... Mas como não tenho créditos e muito menos os renegociei, não sei bem o que isto envolve... daí ter dito para perguntares os custos envolvidos ;)

Obrigado Paulo!

Como não me disseram que seria necessário actualizar a escritua, apenas me deram uns impressos para preencher, é capaz de não ter custos associados.

A decisão está tomada: mudar para Taxa varíável.

Passados uns meses (quando a Taxa fixa estiver mais baixa) é tentar regressar à Taxa Fixa. Se não for no Santander pode ser que seja noutro!

Os bancos são como as seguradoras, se não nos queixarmos não conseguiremos melhores preços.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
EdMarques

Como sabemos, os bancos tentam tudo para ganharem mais uns "cobres".

Um amigo meu, (que apelidamos muitas vezes de maluco) também estava a renegociar os spreads, os prazos, etc.. ao fim de 1 ano de empréstimo.

Diz ele que no banco andavam a empatar, apresentavam valores altos e ele um dia acordou mal disposto e resolvido a dar conclusão à situação.

Pegou na papelada toda referente à casa, documentação do condomínio, chaves e adicionou uma carta a dizer que não conseguia pagar a casa, que o banco não estava disposto a renegociar contrato e não queria acumular mais dívidas. Juntou tudo num dossier e foi ao banco falar com o gestor de conta.

Explicou a situação num minuto, entregou o dossier e disse que NÃO foi um prazer negociar com eles e um "obrigado por nada".

Passado meia-hora estava a receber um telefonema para ir ao banco.

Conseguiu melhores condições que tinha e ainda lhe ofereceram qualquer coisa relacionada com a conta.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoticons maximum are allowed.

×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entrar para seguir isto  

×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa