Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Lei do Matrimônio


    Speedbird

    Recommended Posts

    Pareceum assunto off -topic , mas não é , já que um mau casamento pode arruinar as poupanças da vida de um homem (claro).

    Alguém sabe ao certo o que diz a nova lei do matrimonio? È verdade que não se pode casar mais om separação total de bens??

    Agradeço informações já que estou totalmente por fora do assunto.

    Abraços

    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Estas a perguntar sobre a lei em Portugal ou no Brasil?

    No Brasil desconheço por completo. Esquece - ja´ vi que te ligas através da TvCabo :D

    Em Portugal, da ultima vez que vi, havia 3 regimes definidos:

    * comunhão total de bens - todos os bens passam a pertencer ao casal. Era o regime por defeito ate há uns anos atrás. Actualmente nao pode ser escolhido caso um dos noivos já tenha filhos de um casamento anterior.

    * comunhão de adquiridos - somente os bens adquiridos após o casamento passam a pertencer ao casal. o que foi adquirido antes do casamento pertence a quem o adquiriu. O que for recebido por um dos noivos sob a forma de doação ou herança também continua a pertencer a essa pessoa e nao ao casal. Salvo disposição em contrario por parte dos noivos e´ o regime que vigora para os casamentos mais recentes.

    * separação de bens - aquilo que cada um compra com o seu dinheiro continua a ser seu e nao do casal. Este e´ o regime obrigatório quando um dos noivos tiver mais de 60 anos.

    * os noivos podem ainda convencionar um regime diferente feito `a sua medida, podendo combinar elementos de cada um dos anteriores.

    Link to post
    Share on other sites

    Dado que me casei à pouco tempo  ;D, posso confirmar o que o pauloaguia disse.

    Mais, se fores para o regime 'normal' - separação de bens, pagas 100€ no registo civil. Se fores para qualquer um dos outros, pagas sensivelmente o dobro (200€).

    Cumps,

    Link to post
    Share on other sites

    È verdade que não se pode casar mais om separação total de bens??

    Julgo que se pode casar com separação de bens. Neste caso nenhum bem é dos dois.Cada um dos cônjuges preserva em seu nome aquilo que já era seu antes de casar, o que herdar, o que lhe for doado e o que adquirir depois do casamento. Mas, se depois do enlace, por exemplo, o casal comprar um carro, cada um será proprietário da percentagem do montante que gastou.

    Não tenho a certeza absoluta  ???

    Link to post
    Share on other sites

    Pareceum assunto off -topic , mas não é , já que um mau casamento pode arruinar as poupanças da vida de um homem (claro).

    Alguém sabe ao certo o que diz a nova lei do matrimonio? È verdade que não se pode casar mais om separação total de bens??

    Agradeço informações já que estou totalmente por fora do assunto.

    Abraços

    Do homem e da mulher no caso que conheço foi totalmente e continua a ser totalmente da mulher porque como o homem literalmente fugiu para o estrangeiro nenhuma conta ou vencimento dele no exterior (caso a tenha) pode ser penhorada.

    Penso que o regime normal será o comunhão de adquiridos e não o separação totral de bens. Se estou errada corrijam me por favor.

    Link to post
    Share on other sites

    speedbird...

    Para me fazeres essa pergunta sabes de algum modo legal que obrige ele a pagar metade da casa e que de pensao de alimentos estando ele supostamente a trabalhar em inglaterra ( digo supostamente porque não sabemos se ele está a trabalhar e se consegue obter conta bancária lá) ? Se souberes por favor informa me urgentemente para a minha amiga tomar as devidas providencias é que todos lhe dizem que estando ele fora do pais não existe maneira de lhe penhorar vencimentos nem contas bancárias.

    Link to post
    Share on other sites

    È verdade....não há mesmo....Mas achei curioso toda essa história pq esse é dos raros casos em que a mulher se dá mal.

    Tenho N amigos que tiveram que sair de suas casas com uma mão nafrente e outra atrás ,começar a vida do zero pq perderam casas e em alguns casos carro e aind tinham que pagar pensão.

    Agora há 2 semanas tive um colega de trabalho que pediu demissão. Foi-se averiguar , o homem morava junto com uma mulher há 9 anos, até que ela começou a insistir em casar. Para ele não fazia sentido pq estava com a mulher há 9 anos e sentia-se casado , mas ok..vamos lá.....Casaram , e na volta da lua-de-mel ela disse-lhe que tinha um amante e que queria a casa ecomo não trabalhava também uma pensão...Por issso é que ele pediu demissão ...À parte que não anda a bater bem....

    Link to post
    Share on other sites

    Pois Há pessoas que não têm o minimo escrupulo e este é um deles. deixou a mulher e o filho de 4 anos esta nã inglaterra com outra e não dá nem nunca deu nem um tostão sequer para o filho.

    Enfim pessoas que só merecem o pior...

    Link to post
    Share on other sites

    È verdade....não há mesmo....Mas achei curioso toda essa história pq esse é dos raros casos em que a mulher se dá mal.

    Tenho N amigos que tiveram que sair de suas casas com uma mão nafrente e outra atrás ,começar a vida do zero pq perderam casas e em alguns casos carro e aind tinham que pagar pensão.

    Agora há 2 semanas tive um colega de trabalho que pediu demissão. Foi-se averiguar , o homem morava junto com uma mulher há 9 anos, até que ela começou a insistir em casar. Para ele não fazia sentido pq estava com a mulher há 9 anos e sentia-se casado , mas ok..vamos lá.....Casaram , e na volta da lua-de-mel ela disse-lhe que tinha um amante e que queria a casa ecomo não trabalhava também uma pensão...Por issso é que ele pediu demissão ...À parte que não anda a bater bem....

    Chiça! "Parece" uma telenovela de gosto duvidoso  >:(

    Link to post
    Share on other sites
    Guest Michael Collins

    Do homem e da mulher no caso que conheço foi totalmente e continua a ser totalmente da mulher porque como o homem literalmente fugiu para o estrangeiro nenhuma conta ou vencimento dele no exterior (caso a tenha) pode ser penhorada.

    Penso que o regime normal será o comunhão de adquiridos e não o separação totral de bens. Se estou errada corrijam me por favor.

    Link to post
    Share on other sites
    Guest Michael Collins

    Viva Luana!

    O que referes sobre a impossibilidade de a tua amiga, vir a obter aquilo a que tem direito, foi informação de algum advogado, ou é apenas a tua sensibilidade pessoal que to diz? É estranho, porque Inglaterra faz parte do Reino Unido (membro da União Europeia) como nós. É claro que no Direito Civil, o que prevalece é a ordem jurídica desse país. Intentou ela, alguma vez, uma acção na justiça portuguesa? Pergunto tudo isto, porque, há sempre a possibilidade de mediante uma carta rogatória expedida pelos nossos tribunais, certas diligências serem cumpridas no estrangeiro!

    Quanto aos alimentos, se o interessado residir em Portugal (filho/a) e quem deve prestar os alimentos residir no estrangeiro, deve dirigir um requerimento/exposição à Direcção Geral dos Serviços Judiciários - Ministério da Justiça - Avenida 5 de Outubro, 125 - 1069-044 Lisboa, juntando todos os documentos necessários: certidão de casamento, certidão de nascimento do menor. Julgo, que através desse serviço, será indagado qual o nº do NHS (National Health System) e NIN (National Insurance Number), ou seja, o equivalente ao nosso Sistema Nacional de Saúde e Segurança Social, respectivamente, do "rapazinho"! Ninguém trabalha em Inglaterra (pelo menos legalmente) de não tiver o NIN (nº da Segurança Social Inglesa) e para a qual fazem os respectivos descontos!

    Diz alguma coisa, para o caso de poder ajudar!

    Link to post
    Share on other sites

    o problema é nós não sabermos se ele esta realmente a trabalhar pois ele está lá a viver com outra mulher ( ele ainda não esta divorciado) e se ele agir lá como aqui vai viver à custa dela até ela se fartar. Infelizmente ele é daqueles que não quer trabalhar e desde que lhe paguem os vicios (tabaco, alcool e .....) ele é ta-se bem.

    mas vou falar nessas hipoteses á minha amiga pode ser que ela tenha safa.

    Qto a essa informação de ela dificilmente conseguir penhorar algo dele, foi-lhe dito por um advogado da junta (para um particular não há $$$$) e pelo banco ( ela tentou ir lá para ver se dava para o obrigarem a pagar pelo menos metade da renda).

    Rendimentos cá ele não tem.

    Bens tem a casa que esta a minha amiga a pagar.

    Direito de herança, calculo que não pois os pais estão vivos.

    obrigada pelo teu apoio.

    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...