Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    supermax

    renogoçiação de spread

    Recommended Posts

    supermax

    Tentei junto da cgd baixar o meu spread, foi me dito que baixavam de 0,875 para 0,75, mas para isso tería que mudar de euribor a 3meses para 6 o que nesta altura não me parece que seja vantagoso, visto que o meu empréstimo foi revisto este mês e mantendo como está será revisto novamente em abril em baixa, se fizesse essa mudança da taxa para 6meses seria revista agora á taxa de novembro que aínda não estava tão baixa e depois só em julho seria refletido esta grande queda da euribor será que estou a pensar bem?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Speedbird

    Olá ,

    Se fosse a vc não caía nessa.Eu acho que a Euribor deve nivelar por volta dos 2% mais coisa , menos coisa. Não é bom momento para mudar para 6 meses...È melhor deixa-la tocar o fundo ,ver qual vai ser a média de Maio ,que é a usada para a de 6 meses e em Junho  , mudar a euribor para 6 meses.

    O que vc devia fazer neste momento , isso sim , é ir a outros bancos ,ver quem lhe ofereçe menos e apareçer com as simulações À frente do seu gerente.Eu por exemplo , tenho uma amiga que apresentei agora ao BBVA e lhe foi ofereçido 0;45%.Bem negociado acabou por fechar a 0.35%.

    Se vc quiser alguma ajuda lá , mande-me uma mensagem.

    Abraço ,

    Speedbird

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    hap17

    Tenho um crédito à habitação, taxa euribor 6 meses + 0,8 spread. Pelo que ouço várias pessoas a dizer este spread é muito alto! É possível saber se realmente está muito alto ou não, sem ser falando com o gestor de conta do banco?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Tenho um crédito à habitação, taxa euribor 6 meses + 0,8 spread. Pelo que ouço várias pessoas a dizer este spread é muito alto! É possível saber se realmente está muito alto ou não, sem ser falando com o gestor de conta do banco?

    Depende muito das tuas condições para pagar o empréstimo. Nomeadamente:

    * da relação financiamento / garantia - quanto dinheiro pediste? e por quanto está avaliado o imóvel? Tens fiadores ou outras garantias para além da hipoteca sobre o imóvel?

    * do teu factor de endividamento - qual a percentagem das prestações dos teus empréstimos relativamente ao rendimento líquido do teu agregado familiar?

    Por exemplo, se deves menos de metade do valor da casa e a prestação corresponde a menos de 20% do teu rendimento, esse spread podia ter sido mais bem negociado. Se deves mais dinheiro do que a casa vale ou metade do teu rendimento é para pagar a prestação, tiveste muita sorte - normalmente os spreads cobram spreads bem mais altos do que isso nesses casos.

    Para além disso, os bancos tendem a baixar um pouco o spread em troca do cliente subscrever mais alguns dos seus produtos. Também depende um bocado de quanto da tua vida está no banco onde tens o empréstimo.

    No final tudo depende do banco e da vossa capacidade de negociar um com o outro... e não perdes nada em pedir a opinião do gestor de conta do banco...

    Para além disso, muitos dos comentários que podes ter lido podem já ter alguns meses. Com a crise financeira, os bancos já não praticam spreads tão baixos como o faziam há apenas uns meses atrás. Por isso, mesmo que até tenhas ficado com um spread alto para a altura, pode ser difícil renegociá-lo com o banco agora (mas podes sempre tentar na concorrência).

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Michael Collins

    Boas pauloaguia!

    Independentemente das questões que levantas na tua última mensagem para a possibilidade da renegociação do "spread", gostaria de te colocar estas:

    - Quem tem um valor residual no CH, torna-se mais difícil renegociar?

    - Na eventualidade de pagar antecipadamente esse valor, esse facto permite "jogar" mais facilmente com simulações de outros bancos, para pressionar o "meu"?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    - Quem tem um valor residual no CH, torna-se mais difícil renegociar?

    Não vejo em quê. Aliás, como o facto de haver parte da dívida deixada para o fim do empréstimo baixa a prestação, isso até poderia ajudar no cálculo da taxa de esforço... Mas não vejo que o facto de ser especificamente um empréstimo com factor residual possa ter grande influência numa negociação com os bancos.

    - Na eventualidade de pagar antecipadamente esse valor, esse facto permite "jogar" mais facilmente com simulações de outros bancos, para pressionar o "meu"?

    O que interessa aos outros bancos é o capital em dívida (seja ela para pagar metade no fim ou ir pagando aos poucos). Até porque, ao negociar com outros bancos não precisas necessariamente de voltar a contratar um empréstimo com as mesmas condições...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Michael Collins

    Era aquilo que pensava, mas vá-se lá saber porque razão no Banco nos dão informações distorcidas ou pouco claras (no mínimo!

    Obrigado Paulo!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Era aquilo que pensava, mas vá-se lá saber porque razão no Banco nos dão informações distorcidas ou pouco claras (no mínimo!

    E não te explicaram o porquê da afirmação? E tu, não perguntaste? :)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    hap17

    pauloaguia, obrigado pelo esclarecimento.

    Vou entrar em contacto com o administrador de conta então.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Michael Collins

    E não te explicaram o porquê da afirmação? E tu, não perguntaste? :)

    É claro que os questionei sobre a falta de lógica da situação!

    A explicação foi uma "algaraviada" sem ponta de senso, do princípio ao fim (do género: "não tenho a certeza"; "vou ter que consultar o Departamento não sei de quê")... A ilação que tirei, foi (imagino) o receio de que pedisse, porventura a transferência do crédito para outra instituição;a funcionária, ligada ao sector dos créditos, é muito jovem e pareceu-me acima de tudo, assustada talvez com essa possibilidade de mudança. Depois, o BPI, na zona daquela Agência é "líder" e acho que isso também a preocupou! Em concelhos pequenos, as repercussões são grandes e mexem de imediato com os actuais e potenciais clientes.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Speedbird

    A melhor forma de negociar com os bancs é com a simuação de outros na mão....

    Se ela ficou assustada com a possibilidade de vc se mudar de banco , explore isso...

    Abraço,

    Speedbird

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa