Ir para o conteúdo
AMSinvest

Retenção no arrendamento

Recommended Posts

AMSinvest

Boa tarde,

Vou arrendar um imóvel comercial por 850€/mês. Eu não tenho mais nenhum rendimento.

Gostaria de saber se é necessário o inquilino fazer retenção.

O contrato começa em Março 2013, ou seja até Dezembro o meu rendimento será 850€ x 10 = 8.500 €

Se é necessário fazer retenção, qual é a taxa?

Há alguma diferença entre arrendar para nome individual ou nome da empresa?

Cumprimentos e muito obrigado.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
azimuter

Eu penso que ainda é assim, pelo menos para o habitacional:

Se o inquilino, é particular não há retenção na fonte.

Se o inquilino, for uma empresa e o senhorio é um particular cujo rendimento não ultrapassa os 10.000 € então estas isento, penso ser o teu caso.

Mas olha que as novas leis de arrendamento podem ter mudado neste apectos.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
AMSinvest

Obrigada pela sua resposta.

O contrato que vou fazer, será com particular, sendo eu particular também.

Neste caso há lugar a retenção?

Cumprimentos

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Ra

Obrigada pela sua resposta.

O contrato que vou fazer, será com particular, sendo eu particular também.

Neste caso há lugar a retenção?

Cumprimentos

Não.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
maia-serrano

Os senhorios têm de declarar as rendas que recebem, os chamados rendimentos prediais, no anexo F da declaração de IRS. O Fisco engloba estes rendimentos (depois de descontados eventuais encargos com a manutenção da casa) a outros rendimentos que obtenham, por exemplo, de trabalho.

Quando o arrendamento é feito a um particular para habitação própria, não é preciso fazer retenção na fonte.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
AMSinvest

Boa tarde,

Obrigado pela sua resposta.

Mas neste caso trata-se de um estabelecimento comercial.

Sendo arrendado a um particular, tenho a mesma a isenção da retenção?

Cumprimentos

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
maia-serrano

Se o inquilino, for uma empresa e o senhorio é um particular cujo rendimento não ultrapassa os 10.000 € (todo o rendimento predial como senhorio, se tiver várias rendas todas elas entram para este cálculo), então existe isenção de retenção na fonte de IRS (nos termos do n.º 1 do artigo 9.º do Decreto-Lei n.º 42/91, de 22 de Janeiro);

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
AMSinvest

Boa tarde,

Neste caso o inquilino também é particular.

Sendo o inquilino um particular, tem que fazer retenção?

Trata-se de um estabelecimento comercial e não habitacional.

Cmpts

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Ra

O que quer dizer com particular?

Quer dizer que não é uma empresa, mas sim um empresário em nome individual?

Ou que não é uma empresa nem empresário em nome individual?

Empresa ou empresário em nome individual terá de ser, senão porque alugaria um estabelecimento comercial... Por isso o termo "particular" pode não ser o mais correcto a utilizar.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoticons maximum are allowed.

×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa