Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Guest Barbaosa

    Prova de conteúdo de uma carta

    Recommended Posts

    Guest Barbaosa

    Boa noite.

    Gostaria de saber qual o real valor jurídico de uma notificação através de carta registada com aviso de recepção.

    Parto do princípio que a única coisa que fica provada é o envio e o eventual recebimento. Mas a minha dúvida tem a ver com o conteúdo.

    Como se prova, em tribunal, o conteúdo de uma carta?

    Surgiu-me recentemente a dúvida devido à nova lei do arrendamento. Parece que a negociação das rendas antigas será feita através de notificações postais entre senhorios e inquilinos. Parece que tanto inquilinos como senhorios têm prazos de 30 dias para responder às propostas que (supostamente) receberam. E parece que no caso de não haver resposta, a última proposta é vinculativa. O que não deixa de ser estranho!!!

    Quando digo supostamente é porque imagino que seja fácil retirar vantagens avassaladoras através de (falsas) notificações postais uma vez que o conteúdo nunca é provado.

    Com efeito, lembro-me desta possível situação:

    Chegam a tribunal o senhorio e o inquilino. O senhorio quer provar que enviou uma proposta ao inquilino e o inquilino quer provar que não recebeu proposta nenhuma. O senhorio tem na sua posse o registo dos CTT e a cópia da (eventual) proposta. O inquilino leva um "postal de Natal" e jura que foi isso que recebeu pelo correio registado.

    O problema aqui para o juiz é que esse caso levanta duas possibilidades:

    1- O senhorio pode mesmo ter enviado o postal de Natal para não receber nenhuma contra-proposta do inquilino e mais tarde querer provar em tribunal que a enviou e, com isso, sair beneficiado uma vez que a ausência de contra-proposta por parte do inquilino torna qualquer suposta proposta do senhorio vinculativa.

    2- O senhorio enviou uma proposta verdadeira mas o inquilino, como não quer negociar, ignora a carta que recebeu e compra um postal de Natal para fazer de conta que não recebeu nenhuma proposta e deixar tudo na mesma.

    Como se resolve uma coisa destas?

    Como se pode registar uma carta e o seu conteúdo? Os CTT têm esse serviço? Alguma entidade o faz?

    Obrigado pela atenção

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Rui frederico

    Notificação judicial avulsa. Simples a resposta para quem pensa que e esperto.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa