Ir para o conteúdo
  • FORMAS DE POUPAR

  • tiagogouveia

    RECLAMAÇAO INDEVIDA TMN s/ conhecimento

    Recommended Posts

    tiagogouveia

    Exms. Srs.

    serve o presente email a questionar o seguinte, sendo que nao resido em Portugal, mas sim em Espanha, e o residente numa morada que vivi há um ano atrás reportou-me que recebeu uma carta - Citaçao Via Postal – vinda do Agente de execuçao XXXX referente a uma dívida que  sinceramente, desconheço, com o Operador TMN.

    Pelo que me foi informado, as dívidas (facturas) relativas à prestação de serviços públicos considerados essenciais (onde se inclui o serviço de TV) prescrevem 6 meses após a respectiva prestação do serviço.

    Este entendimento decorre, como referido, pelo DL n.° 23/96 de 26 de Julho, artigo 10.º

    A questao aquí é que nao recebi nunca nenhum aviso nem carta de aviso que tinha uma dívida com o Operador TMN sendo que já nao tenho qualquer numero TMN ha muitos anos e resido no estrangeiro já desde 2007.

    Se não me engano, as operadoras não podem cobrar dívidas que, à data do primeiro aviso, tenham mais de 6 meses.  A carta que enviaram apenas pede para pagar uma divida, não se refere a que serviço ao certo nem numero de telefonoe associado, s e de que altura era.

    que procedimento devo adoptar neste caso?!

    Se possivel agradeço uma resposta sendo que estando no estrangeiro é complicado gestionar esta situaçao,

    Cumprimentos

    [Pedro Pais] Pf não divulguem dados pessoais, especialmente de terceiros.

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    master-chief

    olha nao sei... a carta que tens nao indica mais nada?

    Nao podes scannar a carta e ocultar os teus dados e colocares aqui como imagem?

    será telefone tmn... ou poderá ser algum numero de banda larga movel? internet movel?

    eu nao sei... pagar nao creio ser a soluçao! Se te achas com direito, eu começaria por enviar fax para a PT e perguntar mais informaçoes sobre essa "divida" tua

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    joaomr

    ...  A questao aquí é que nao recebi nunca nenhum aviso nem carta de aviso que tinha uma dívida com o Operador TMN...

    mas recebeste um aviso ou não? Uma carta registada? Alguem te disse que tinhas uma divida?

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    tiagogouveia

    mas recebeste um aviso ou não? Uma carta registada? Alguem te disse que tinhas uma divida?

    Recebi hoje apenas a primera carta do agente de execuçao dizendo que tinha uma divida com a TMN onde nao tenho nenhuma informaçao de que se trata nem de q numero de telefone nada!

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    MiguLuso

    Para pagar uma divida?

    Por que via?

    Isso provavelmente é uma carta que, como tens uma divida, serve para informar que estas inscrito no fundo dos clientes das 3 operadoras...

    Caso queiras contratar um serviço pós pago, na vodafone portugal, provavelmente vais ser barrado porque tens uma divida.

    Mas atenção, estou a especular como tudo! Como não sei o conteúdo da carta, nem se tem algum valor...

    Cumps

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    Velha Guarda

    Este tipo de situação é muito frequente com a PT, e provavelmente aqui sucedeu algo identico.

    O facto de não ter recebido o primeiro aviso costuma resultar de já não se morar na localização indicada, e portanto não haver lá ninguém para o receber.

    Sei de dois casos passados com a PT (Telecom):

    [list type=decimal]

    [*]Um pai de família tinha o telefone a seu cargo, mas saiu de casa e mais tarde divorciou-se. O telefone continuou a ser pago pela ex-mulher, que ficou com a casa, e o ex-marido, para não complicar, não foi aos TLP cancelar a assinatura. Tudo bem, até que anos depois a tal ex-mulher vende a casa e muda-se, mas não pode cancelar a assinatura do telefone por que não está em nome dela, e com o ex-marido não fala.  Portanto, o telefone deixa de ser pago, mas também deixa de ser usado. No entanto, os TLP continuam a cobrar a assinatura, e um dia o tal ex-marido descobre que não lhe deixam subscrever o MEO porque tem uma dívida para pagar do tal telefone, de que nunca ninguém recebeu qualquer aviso...

    [*]Outra parecida: um senhor era arrendatário de uma casa e assinante dos TLP. Vende a casa ao filho e à nora, a quem deixa o telefone, e morre. Anos depois o filho e a nora divorciam-se, e fica só a nora na casa, usando e pagando o telefone que continua em nome do defunto senhor. Mesmo essa nora um dia muda-se e arrenda a casa, deixa de usar e de pagar o telefone, mas não tem maneira de cancelar a assinatura, que não está em nome de ninguém vivo - e continuam a cair-lhe em casa as intimidações e as facturas pelo aluguer...

    Não sei se a história é bem a mesma. Nestes casos que referi não havia, de facto, nenhum uso a pagar, mas nem sempre será assim...

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites

    Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

    Visitante
    Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
    Responder a este tópico

    ×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa