Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    Poupas

    Preciso de 2.500€ e...

    Recommended Posts

    Poupas

    Olá a todos!

    Preciso de 2.500,00€. Tenho duas aplicações desse montante e não sei qual delas devo levantar:  ???

    - tenho 2.500,00€ em certificados de aforro desde 2001, que estão a render a uma taxa de 6.075%;

    - e tenho 2.500,00€ num produto que constitui um fundo de investimento, da Fidelidade/ CTT "euro 16", em que há garantia do capital inicial, nesta fase já não há penalizações pelo levantamento, é de 8 anos, e vai em 3 anos e meio, faltando 4 anos e meio para o seu vencimento; neste momento, cada unidade vale 99,48€ (no início, valia 100€).

    O que é que acham? Qual será que vai ter uma evolução mais favorável (e, portanto, não devo mexer?)

    Se precisarem de mais elementos para opinarem, digam!  ;)

    Obrigada,

    Poupas

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    lothar_m

    tenho 2.500,00€ em certificados de aforro desde 2001, que estão a render a uma taxa de 6.075%;

    tens certeza que os teus certificados de aforro têm uma taxa de 6%? julgava que a taxa andava actualmente nos 3%.

    quanto à outra aplicação (euro16 dos CTT) não conheço os pormenores da aplicação (rendibilidades) pelo que não consigo fazer qualquer comparação. Não obstante digo-te que resgatar as unidades de 99,48 euros é mau mas não é trágico. Assumes a perda de capital de 1,52% e segues em frente. Mas é como te digo, não conheço o produto dos CTT nem as rendibilidades esperadas. Se calhar ainda vai dar uma pipa de massa no futuro...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    tens certeza que os teus certificados de aforro têm uma taxa de 6%? julgava que a taxa andava actualmente nos 3%.

    Se são de 2001 não são da série actual e, portanto, têm uma taxa base mais elevada. Para além disso em 7 anos já deve ter alguma bonificação seguramente...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    santasnoites

    os certificados de aforro no mes de Novembro da serie B estava com a taxa 3.017 + 2 (premios de permanencia), está neste mês com uma taxa total de 5.017.

    Podes estar sempre a par neste Link

    http://www.igcp.pt/fotos/editor2/Menu%20Lateral/Certificados%20de%20Aforro/Historico/2008/TaxaCA_AB.pdf

    Relativamente ao outro, não conheço o produto.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Poupas

    Obrigada desde já pelos vossos contributos.

    - Quanto à rentabilidade dos certificados de aforro, estou a falar de uma quantia aplicada em Maio de 2001; fiz uma simulação no site dos CTT (http://www2.ctt.pt/feapl/jsp/certaforro/protected/certcarteiralistaForm.jsf?lang=def), e aparece RL (=rendibilidade líquida) de 4,075%, e PP (=prémio de permanência bruto) de 2%; daí ter falado em 6,075%;

    - quanto ao fundo de investimento, estive a ler a descrição do produto e diz o seguinte:

    duração do contrato: 8 anos e um dia, com início a 22 de Agosto de 2003 e termo em 23 de agosto de 2013, podendo terminar antecipadamente na data de aniversário em que o somatório dos montantes resultantes das taxas de rendimento anuais do Fundo Autónomo de Investimento, líquidos de encargos de gestão, atinja 16%;

    o contrato garante ao beneficiário em caso de vida da pessoa segura no termo do contrato ou na data de aniversário em que ocorra a cessação antecipada por ter sido atingido o rendimento máximo de 16%, o pagamento do capital seguro à data do vencimento;

    em caso de vida da pessoa segura em cada uma das datas de aniversário do contrato, o pagamento de uma fracção do capital seguro, a qual corresponderá ao valor resultante da aplicação da taxa de rendimento do Fundo Autónomo de Investimento, líquidos de encargos de gestão, verificada nessa anuidade, ao prémio pago não resgatado

    Isto é o que diz no documento das condições gerais.

    No prospecto publicitário, diz que

    o total do rendimento a distribuir ao longo do prazo será no máximo de 16% do capital investido, havendo lugar ao reembolso antecipado do capital no termo da anuidade em que o total das taxas de rendimento distribuídas atinja os 16%

    o produto tem por base obrigações estruturadas com rendimento garantido, cotadas na  bolsa da OCDE e emitidas por instituições financeiras internacionais...

    o activo, no 1º ano, garante um rendimento fixo de 4% e nos anos seguintes um rendimento variáve, determinado em função das taxas de rendimento anteriormente distribuídas e da taxa de juro euribor a 12 meses, de acordo com o seguinte:

    taxa de rendimento do ano no 1º ano: 4%;

    taxa de rendimento do ano nos anos seguintes: multiplicador X taxa de rendimento no ano anterior - Euribor 12 meses

    o multiplicador para o 2º ano é 1,4

    o multiplicador para o 3º ano é 1,5

    o multiplicador para o 4º ano é 1,6

    o multiplicador para o 5º ano é 1,7

    o multiplicador para o 6º ano é 1,8

    o multiplicador para o 7º ano é 1,9

    o multiplicador para o 8º ano é 2,0

    Agora que li e transcrevi isto, ainda fiquei com mais dúvidas...  ??? ??? ???

    Que me dizem?  :-[

    Obrigada!

    Poupas

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Susana

    Há aí um erro quanto aos Certificados de aforro que convém alertar... a rendibilidade liquida já inclui os 2% de prémio de permanencia!! se tens 4.075% liquido, that's it!!...

    Eu tenho um C.A. de Abril 2001 e estive a fazer a simulação no site dos Ctt e dá-me uma rend. liquida de 4.041% em Outubro 2008 e será de 4.062% em janeiro 2009. Calculando a TANB dá-me 5.002% (serve para comparar com as TANB de outros depósitos e ver qual a melhor...)

    Abaixo está a informação disponivel do site de IGCP

    Vencimento dos Juros

    Trimestral

    Capitalização dos Juros Vencidos

    O juros vencidos em cada trimestre são capitalizados pelo seu valor líquido de IRS

    Taxa de Juro

    A taxa de juro aplicada no cálculo dos juros de cada trimestre é a que resulta da soma da taxa de juro base com o prémio de permanência

    Taxa de Juro Base

    A taxa de juro base está indexada às taxas de juro de mercado através de mecanismo definido em Portaria do Ministro das Finanças. Actualmente a taxa base é obtida através de 0,60*TBA.

    Prémios de Permanência

    Fixados por Portaria do Ministro das Finanças. Actualmente, o prémio é de 0,25% no 2º semestre de capitalização e aumenta 0,25% em cada um dos semestres seguintes até atingir 2%.

    Cálculo dos Juros

    Taxa trimestral proporcional à taxa anual

    Vencimento dos Certificados

    Sem data de vencimento. Mantêm-se vivos até ser efectuado o resgate

    Resgates

      A efectuar pelo titular ou movimentador nas Estações dos CTT

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa