Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Guest TeresaNeves

    IRS casa alugada

    Recommended Posts

    Guest TeresaNeves

    Bom dia

    Aqui vao algumas questões:

    Eu aluguei minha casa em Setembro de 2011. O contrato é por um ano, sendo que ao fim deste tempo, ou me compram a casa ou o aluguer acaba. Não vejo no contrato a dizer que é para residência própria do inquilino embora se deduza que sim, não é (mas como as leis não são deduções...)? Minhas questões são várias:

    1- Meu irs é realizado em maio, certo?

    2- O anexo que vou preencher , como senhoria, é o F, com o valor das rendas?

    3- Continuo a colocar os juros as amortizações e o IMI, no anexo H (a casa era hipotecada)?

    Obrigada

    Teresa   

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia
    1- Meu irs é realizado em maio, certo?

    2- O anexo que vou preencher , como senhoria, é o F, com o valor das rendas?

    3- Continuo a colocar os juros as amortizações e o IMI, no anexo H (a casa era hipotecada)?

    1- Certo.

    2- Sim.

    3- Se não é para habitação própria e permanente do inquilino, deixas de poder deduzir isso. Mas creio que para as Finanças, mais do que diz no contrato, importa se o inquilino mudou para lá a sua morada fiscal... Ter em atenção que para que o próprio inquilino possa deduzir as rendas no IRS se aplica o mesmo requisito... Pede um esclarecimento diretamente às Finanças, por via das dúvidas...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest TeresaNeves

    Obrigado Paulo pela resposta! Se perguntar ao inquilino e ele confirmar que tem a residencia lá posso colocar esses valores ou preciso de algum papel a declarar? Outra questão: do ano de 2011 aluguei 4 meses e dei dois meses à Remax. Esse valor é colocado onde? Desculpe o incomodo.

    Teresa Neves

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest TeresaNeves

    Após falar com a própria linha telefónica, onde me "apareceu" uma antipática de primeira classe e ter além disso "rebentado" com o saldo do meu telemóvel, sobram-me umas questões que já não tive coragem de perguntar:

    1- Não percebo aquilo do anexo H, quadro 6 renda 2001. Acho que não tem nada a ver comigo mas, gostava de perceber ou tem?

    2- A senhora que me atendeu disse que o que dei à imobiliaria, ou seja 922 euros não se coloca no IRS. Custa-me muito a acreditar?????

    3- Tive só 4 meses a casa alugada. Do banco (ao qual nao disse que tinha a casa alugada) tive um total anual de juros+capital. Como faço para colocar o valor de 6 meses? Uma regra de 3 simples? Parece-me um pouco idiota...

    Obrigada

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ruinavy

    Olá Teresa,

    Sou senhorio e pelo que consegui perceber julgo que estas a confundir tudo.

    bem... primeiro alugaste a tua casa com contacto (muito bem! ), deste entrada do contracto na repartição de finanças correcto?

    Apartir do momento que alugas a tua habitação, ela deixa de ser a tua "habitação propria permanente" logo apesar de efectivamente declarares no anexo H o pagamento de juros + amortizações nao irás receber qualquer beneficio.  Esse beneficio só é contabilizado quando pagas amortizações+juros para habitação propria permanente.

    Se leres o anexo H - beneficiios fiscais e deduções. Nesse anexo apenas introduzes todos os beneficios fiscais e todas as deduções (este ano entra o pagamento de juros e amortizaçoes para habitaçao propria permanente, PPRs, despesas de saude  6% e 23%(esta com receita agragada), educação, acrescimos por incumprimento de requesitos e finamente apresentas todas as tuas habitações sejam elas arrendadas ou hab.propria permanente.

    No anexo F - rendimentos prediais mencionas no ponto 401 qual a habitação que é sujeita a arrendamento, o valor recebido das rendas, a cota parte (será 100%) o NIF do arrendatário e todas as despesas que tiveste. - consulta o guia fiscal

    Neste caso não tens que alertar o arrendatário para nada.. repara... tu es senhoria, ja deste informação através do contrato que celebraste com o arrendatário nas financas, no teu IRS apresentas todos os dados ref.2011 incluindo as rendas recebidas e a quem as passas. Isto está tudo interligado. por sua vez o arrendatário terá que mencionar que paga a ti o valor das rendas que tu apresentaste

    Espero poder ter ajudado, qualquer coisa chuta! =)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest TeresaNeves

    Rui pela resposta. A senhora que me atendeu disse que eu tinha de retirar o valor (que já vem preenchido) com os juros+capital da casa (que confere com o papel que o banco deu). Assim sendo, pensava (como só aluguei 4 meses de 2011) que tinha era de só colocar 6 meses. Estou mesmo baralhada. Bjs

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ruinavy

    ?? dados errados concerteza.

    Tu tens que dar informação as financas das casas que pagas, alias aparece já os valores. Tu so os tens que confirmar. Não tem logica retirares...

    Agora no anexo H no campo 814 mencionas todas as tuas habitações. Nesse mesmo quadro que introduzes freguesia-tipo-artigo-fracçao, mencionas qual das habitações é para habitação propria permanente e qual é para arrendamento. Como te disse atras, apenas a habitação propria permanente te vai dar a dedução especifica.

    Alem do mais que este IRS refere-se a data de 31 de Dezembro de 2011 ... portanto.

    Qualquer coisa que possa ajudar, diz.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest susana nogueira

    Tenho uma habitação própria e gostaria de arrenda-la, para poder alugar uma mais perto do meu trabalho. Gostaria de saber como é que funciona em relação ao irs, quanto é que terei de dar as finanças.É uma percentagem em relação aos recibos? alguém me pode ajudar? Obrigado.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Ra

    O rendimento das rendas irá ser somado aos outros rendimentos  (trabalho dependente / independente / ...), e ao valor total é que será aplicado a taxa, conforme o escalão do nível de rendimentos.

    Quanto maior for o valor total de rendimentos, maior será a taxa.

    Assim, é difícil dizer que taxa/valor dará a pagar de irs pelo aumento dos rendimentos devido às rendas recebidas.

    Pode procurar um simulador e testar os dois cenários (com e sem rendas) para ter uma noção das diferenças.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa