Ir para o conteúdo
  • FORMAS DE POUPAR

  • stradale

    Renda e IRS

    Recommended Posts

    stradale

    Boa tarde a todos.

    Queria a vossa ajuda para esclarecer duas dúvidas que tenho em relação à renda de uma habitação.

    Como a renda é paga com antecedência ao mês a que diz respeito, dá-se a situação de eu ter recibos de Janeiro que foram pagos em Dezembro do ano anterior. Para efeitos da declaração de IRS, devo ter em conta o mês do pagamento (que também consta no recibo) ou o mês a que dizem respeito? Faz todo o sentido ser a data do pagamento, mas queria confirmar.

    Segunda dúvida. No ano passado (2011) mudei de cidade e houve um mês (quando me mudei) em que paguei renda de duas habitações. Está prevista alguma situação de exceção para estes casos, ou devo apenas colocar o somatório de todas as rendas, independentemente de haver um mês sobreposto?

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    Visitante Ra

    Quanto à primeira, sou da mesma opinião.

    Na segunda, eu acho que o que pode chamar a atenção são divergências de valores declarados entre os senhorios e os inquilinos. Se os senhorios vão declarar tudo o que receberam e se você declarar tudo o que pagou, declarando os 13 meses (1 duplicado)... os valores vão bater certos com os senhorios... eu penso assim.

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    pauloagsantos

    quando à segunda só existe dedução das rendas da habitação permanente (residência fiscal) se ouve um mês que pagaste duas rendas, só deverá contar a renda da casa onde foi a tua residência fiscal nesse mês. Esta é a minha interpretação. Já viste o cenário de uma pessoa pagar renda de 4 ou 5 casas e depois deduzir essas rendas todas?

    quando à primeira o que vale é a data de pagamento que vem no recibo.

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    Visitante Ra

    A minha opinião foi no sentido de que as duas moradas foram residêcias fiscais dele, até se calhar durante o mesmo mês (por exemplo, pode ter mudado de morada a meio do mês), e por isso os valores senhorios/inquilino batendo certo nem teria problemas em declarar as duas rendas daquele mês, porque efectivamente ele as pagou.

    Eu faria uma simulação com e sem 1 recibo de renda do tal mês e via as diferenças de resultado, se calhar até nem faz diferença e aí mete só 12 recibos sem estar a arriscar...

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    stradale

    Obrigado pelas respostas.

    De facto, esta renda "extra" não vai influenciar os valores a pagar/receber.

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites

    Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

    Visitante
    Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
    Responder a este tópico

    ×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa