Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • hferreira

    IRS - União de facto ou separados

    Recommended Posts

    hferreira

    Olá pessoal,

    Vivo com a minha companheira (não somos casados) na mesma casa (nos bis está a mesma morada fiscal) e agora também um filho para entrar no irs.

    Até hoje sempre fizemos a declaração de irs separados e sempre com o visto marcado como separados.

    Este ano sou obrigado a declarar o irs como união de facto ou é possível como opção marcar como separados. A razão é poder comparar os 2 cenários e verificar qual traz maiores vantagens fiscais.

    Obrigado desde já :)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Rosa

    Enquanto não estiverem casados e continuarem em União de Facto, têm sempre a opção de declarar os rendimentos juntos ou separados. Atenção que, no caso de meterem a declaração em separado, as despesas relativas ao dependente apenas poderão ser deduzidas numa das declarações.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    hferreira

    Certo RMMA, mas a questão é se temos de declarar como união de facto ou separados no irs ?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    hferreira

    Obrigado pelo link :)

    No nosso caso temos feito sempre declarações separadas e com o visto do estado civil de separado. A questão é que agora temos um filho e estando a viver na mesma morada fiscal à mais de 2 anos, é obvio que vivemos como união de facto apesar de não estar declarado como tal. Não somos assim obrigados a fazer a declaração única com a união de facto ou ainda assim no nosso caso existe a (ainda) a possibilidade declarar em separado ?

    Obrigado desde já :)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Rosa

    Para poder declarar IRS em união de facto, é condição essencial ter a mesma morada fiscal há mais de dois anos, mas isso não o obriga, naturalmente, a ter de optar pela união de facto na declaração de IRS. A questão do filho não se coloca para determinar uma união de facto e a obrigatoriedade de entregar junto ou separado.

    Pode escolher entre entregar em separado (colocando o visto em separado) ou em união de facto (colocando o visto em unido de facto.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    hferreira

    Uma vez mais obrigado RMMA.

    No meu caso fazer em separado (segunda a simulação dos outros anos) é mais vantajoso. Veremos quando eles se lembram de alterar isto mas até lá farei sempre o mais vantajoso dentro do que a lei permite :)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Rosa

    Pois bem. Afinal, esta possibilidade não deixa de ser a principal vantagem da união de facto em relação ao casamento ;)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    hferreira

    Por enquanto tem sido uma vantagem mas claro que não é a única e nem a principal.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    FilAlves

    Boa noite,

    Eu e a minha namorada comprámos casa em maio de 2011 e estamos a viver juntos desde essa data.

    Podemos fazer o IRS em conjunto?Se sim qual a opcao escolher tendo em conta que uniao de facto nao pode ser pois nao estamos juntos á pelo menos 2 anos.

    Obrigado pela ajuda,

    Filipe Alves

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    FilAlves

    Não podem fazer em conjunto

    Obrigado pela ajuda. Só mais uma questão. Tendo ela vivido no ano de 2011 com a mãe, ela poderá fazer o IRS com a mãe?

    Se sim, coloca a casa (juros/amortizações) no irs ou não?

    Se não posso eu colocar a totalidade do valor?

    Cumprimentos.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia
    Obrigado pela ajuda. Só mais uma questão. Tendo ela vivido no ano de 2011 com a mãe, ela poderá fazer o IRS com a mãe?

    Se sim, coloca a casa (juros/amortizações) no irs ou não?

    O que conta é a situação em 31 de Dezembro. Se ela já tinha mudado a morada fiscal nessa altura, já não pode meter a declaração com a mãe pois já não morava com ela.

    Além disso, para poder figurar como dependente da mãe é preciso cumprir um dos requisitos do Código do IRS:

    Artigo 13.º

    Sujeito passivo

    ...

    4 - Para efeitos do disposto no número anterior, e desde que devidamente identificados pelo número fiscal de contribuinte na declaração de rendimentos, consideram-se dependentes:

    a) Os filhos, adoptados e enteados, menores não emancipados, bem como os menores sob tutela;

    B) Os filhos, adoptados e enteados, maiores, bem como aqueles que até à maioridade estiveram sujeitos à tutela de qualquer dos sujeitos a quem incumbe a direcção do agregado familiar, que, não tendo mais de 25 anos nem auferindo anualmente rendimentos superiores ao valor da retribuição mínima mensal garantida, tenham frequentado no ano a que o imposto respeita o 11.º ou 12.º anos de escolaridade, estabelecimento de ensino médio ou superior;

    c) Os filhos, adoptados, enteados e os sujeitos a tutela, maiores, inaptos para o trabalho e para angariar meios de subsistência, quando não aufiram rendimentos superiores ao salário mínimo nacional mais elevado;

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Filipe Alves

    O que conta é a situação em 31 de Dezembro. Se ela já tinha mudado a morada fiscal nessa altura, já não pode meter a declaração com a mãe pois já não morava com ela.

    Além disso, para poder figurar como dependente da mãe é preciso cumprir um dos requisitos do Código do IRS:

    O que conta é a situação em 31 de Dezembro. Se ela já tinha mudado a morada fiscal nessa altura, já não pode meter a declaração com a mãe pois já não morava com ela.

    Além disso, para poder figurar como dependente da mãe é preciso cumprir um dos requisitos do Código do IRS:

    O que conta é a situação em 31 de Dezembro. Se ela já tinha mudado a morada fiscal nessa altura, já não pode meter a declaração com a mãe pois já não morava com ela.

    Além disso, para poder figurar como dependente da mãe é preciso cumprir um dos requisitos do Código do IRS:

    Mais uma vez obrigada.

    Nesse caso, poderei colocar o valor total da habitação (juros/amortizações)? Ou ela terá que colocar a parte a que lhe diz respeito?

    Cumprimentos.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest filomena sequeira

    Olá pessoal,

    Vivo com a minha companheira (não somos casados) na mesma casa (nos bis está a mesma morada fiscal) e agora também um filho para entrar no irs.

    Até hoje sempre fizemos a declaração de irs separados e sempre com o visto marcado como separados.

    Este ano sou obrigado a declarar o irs como união de facto ou é possível como opção marcar como separados. A razão é poder comparar os 2 cenários e verificar qual traz maiores vantagens fiscais.

    Obrigado desde já :)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Débora Lima

    Ola bom dia. Vivo em uniao de facto com o meu companheiro, mas inda estou com a morada dos meus pais. Neste momento tenho uma filha de 5 meses...nao sei que fazer em relação ao irs. Será que me poderiam ajudar? Agradecia imenso. Cumprimentos

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Ra

    Para poderem fazer o irs em conjunto, como unidos de facto, é preciso que tenham a mesma morada fiscal há pelo menos 2 anos. O que não é o caso.

    Tem de fazer o seu irs sozinha/solteira.

    E o seu companheiro faz igual sozinho/solteiro.

    A dependente só pode entrar num irs, ou entra no da mãe ou no do pai, nunca nos dois.

    Nesta parte da dependente... façam umas simulações e vejam o que será mais vantajoso.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest duvidas

    estou separada ha 2,5anos,tenho um filho de 22anos a meu cargo

    meu marido foi para outro pais, nao temos contacto nenhum.como preencho o irs? separado ou separado de facto, desculpe a ignorancia, mas nao entendo muito bem. e até o ano passado preenchi ainda casada. mas tenho de regularizar este ano.obrigada desde ja a atençao.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Madalena Ruivo da Silva

    Mais uma vez obrigada.

    Nesse caso, poderei colocar o valor total da habitação (juros/amortizações)? Ou ela terá que colocar a parte a que lhe diz respeito?

    Cumprimentos.

    Apenas pode declarar o valor respeitante à sua quota parte. O Sr. Filipe Alves apenas é proprietário de metade do imóvel.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    maria nunes

    boa tarde!!

    eu vivo em união de facto há 4 anos e o ano passado fizemos o irs em conjunto, no entanto este ano dá-nos mais vantagens de fazer em separado. É possivel fazer isso, ou a partir do momento que fizemos em conjunto teremos que manter sempre assim?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Luis Gi

    A minha companheira e eu temos o mesmo domicilio fiscal desde 16 de Abril de 2010. Podemos efectuar a declaração de rendimentos como unidos de facto dado que os dois anos requeridos já passaram?

    Obrigado

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Madalena Ruivo da Silva

    boa tarde!!

    eu vivo em união de facto há 4 anos e o ano passado fizemos o irs em conjunto, no entanto este ano dá-nos mais vantagens de fazer em separado. É possivel fazer isso, ou a partir do momento que fizemos em conjunto teremos que manter sempre assim?

    Sim, todos os anos podem optar por entregar a declaração de IRS em conjunto ou separadamente.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Madalena Ruivo da Silva

    A minha companheira e eu temos o mesmo domicilio fiscal desde 16 de Abril de 2010. Podemos efectuar a declaração de rendimentos como unidos de facto dado que os dois anos requeridos já passaram?

    Obrigado

    De 16 de Abril de 2010 a 16 de Abril de 2011 faz 1 ano.

    A declaração de IRS que entrega este ano é referente ao ano de 2011 e no dia 31 de Dezembro de 2011 ainda não tinham 2 anos com a mesma morada fiscal. Este ano ainda tem que ser em separado.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Anita Pereira

    Boa tarde,

    Estive desempregada em 2011. Tenho que enviar IRS? Se sim, envia-se a zeros? Tenho apenas um PPR, sou obrigada a declarar?

    Obrigada!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Estive desempregada em 2011. Tenho que enviar IRS? Se sim, envia-se a zeros? Tenho apenas um PPR, sou obrigada a declarar?

    Se não há rendimentos, não há obrigatoriedade de entregar a declaração...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa