Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    José Ribeiro

    Despesas de manutenção 2012

    Recommended Posts

    José Ribeiro

    Montepio Geral

    Se tiverem informação disponível de outras entidades bancárias, podem disponibilizar neste tópico!

    - A comissão de manutenção será atualizada no dia 1 de janeiro de 2012. Esta comissão, aplicada às contas à ordem, é cobrada trimestralmente e os montantes de envolvimento comercial passam a ser: até 1500 EUR, comissão de 15 EUR, de 1500 EUR (inclusive) a 2500 EUR, comissão de 10 EUR e de 2500 EUR (inclusive) a 3500 EUR, comissão de 5 EUR.

    Para um envolvimento comercial igual ou superior a 3500 EUR está isento desta comissão.

    No caso de falta de pagamento, o método de apuramento da referida comissão passa a ter um prazo máximo de 1 ano, utilizando o mecanismo de tentativas de cobrança até perfazer o montante total da(s) comissão(ões) de manutenção (de um ou de vários trimestres em dívida) e respetivo(s) imposto(s).

    - A partir de 2 de Janeiro de 2012, a Comissão por descoberto não autorizado, a qual será cobrada sempre que existir um movimento que gere um descoberto não autorizado, com um limite mensal de 3 cobranças, passa a ser de 10 EUR + Imposto de Selo.

    Nesta mesma data, a taxa de Juro de Descoberto Bancário associado a contas de depósitos à ordem, aplicável nas situações de Facilidade de Descoberto e Ultrapassagem de Crédito, passa para 26,75% (TANB).

    - A partir de 5 de Dezembro de 2011, serão alteradas as comissões a aplicar aos contratos de Garantias Bancárias.

    No que respeita às Comissões de Manutenção da Conta à Ordem não incluem as isenções para estes custos, além do envolvimento patrimonial de cada Cliente, contudo, encontram-se também isentos destes custos:

    Contas Abertas no último trimestre;

    Contas Judicialmente Cativas;

    Contas Associadas ao recebimento de Pensões/ Rendas da Associação Mutualista, desde que um dos seus titulares seja Pensionista/Rendista do Montepio;

    Contas Associadas ao Débito de Quotas de Modalidades Mutualistas, desde que um dos seus titulares seja Associado Montepio;

    Conta à Ordem em Moeda Estrangeira;

    Conta Montepio Mini;

    Conta Fun;

    Conta Montepio Futuro e Conta Montepio Futuro Poupança;

    Conta Montepio Especial Jovem;

    Montepio Júnior;

    Montepio Cresce;

    Montepio Reformados;

    Contas Associadas ao recebimento pensões de Reforma;

    Montepio Ordenado / Montepio Ordenado - Função Pública;

    Contas Associadas a Depósitos a Prazo Deficientes;

    Conta Serviços Mínimos Bancários;

    Poderão verificar estas condições de isenção através do site ao selecionar no canto inferior esquerdo a opção Preçário > - Preçário - Aviso 8/2009 do Banco de Portugal > 1 Contas de Depósito ( Particulares ) > 1.1. Depósitos à Ordem > 1. Comissão de Manutenção > Nota 1 e 2

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    José Ribeiro

    Nas isenções falta "Associados do Montepio".

    É verdade. Mas aqui o facto é a quantidade do tipo de contas e provimentos necessários para conseguir uma isenção!...

    Cada vez, se torna mais complicado para quem não é associado, conseguir isenção de despesas de manutenção, não possuindo os mínimos "olimpicos"!...  :o

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Lvsitano

    Já vai ficar bem pior, até no BPI com mais de 3000€ fica-se isento. Ainda bem que sai do Montepio. Não era por causa das comissões de manutenção, porque nisso nunca tive problemas. Mas era o preço do cartão de crédito, das transferências online... Mas mesmo assim ainda estou disposto a mudar novamente, para melhores condições.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    gupi

    As pessoas que tem muito dinheiro ficam isentas, as que tem pouco é que pagam.

    Eu acho que as pessoas que tem muito é que deviam pagar porque os bancos é que lhes fazem um favor de guardar e proteger o dinheiro.

    Se ter 500 euros em casa não é muito imagine-se 5000 ou 50000 ou 500 mil. Se os roubarem as pessoas ficam sem nada. O banco responsabiliza-se por isso.

    No meu entender as comissões de manutenção estão subvertidas.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    JRJordao

    As pessoas que tem muito dinheiro ficam isentas, as que tem pouco é que pagam.

    Eu acho que as pessoas que tem muito é que deviam pagar porque os bancos é que lhes fazem um favor de guardar e proteger o dinheiro.

    Se ter 500 euros em casa não é muito imagine-se 5000 ou 50000 ou 500 mil. Se os roubarem as pessoas ficam sem nada. O banco responsabiliza-se por isso.

    No meu entender as comissões de manutenção estão subvertidas.

    Os bancos não nos fazem favor nenhum ao guardar o nosso dinheiro, pois podem-no utilizar em seu proveito. E estão obviamente pouco interessados em ter contas com pouco dinheiro, daí a aplicação das comissões.

    De qualquer forma, actualmente basta recorrer a um dos bancos online (Best, BiG, ActivoBank) para não se ser sujeito a quaisquer comissões de manutenção.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    lothar_m

    Eu acho que as pessoas que tem muito é que deviam pagar porque os bancos é que lhes fazem um favor de guardar e proteger o dinheiro.

    O JRJordão já o disse mas sublinho:

    Os bancos, tal como existem hoje, não existem para guardar nem para proteger o dinheiro. Se assim fosse, não pagariam juros sobre os depósitos.

    Um deposito bancário é um empréstimo que o cliente faz ao banco.

    Tal como nos empréstimos à habitação, tb nos depósitos, quanto melhor for o cliente para o banco, maior incentivo tem o banco para oferecer melhores condições.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    radical_pt

    As pessoas que tem muito dinheiro ficam isentas, as que tem pouco é que pagam.

    Eu acho que as pessoas que tem muito é que deviam pagar porque os bancos é que lhes fazem um favor de guardar e proteger o dinheiro.

    Se ter 500 euros em casa não é muito imagine-se 5000 ou 50000 ou 500 mil. Se os roubarem as pessoas ficam sem nada. O banco responsabiliza-se por isso.

    No meu entender as comissões de manutenção estão subvertidas.

    Na economia de mercado em que vivemos, podes bem dizer que as dimensões sociais foram esquecidas em muitos aspectos.

    Contudo, o que poderias criticar é o facto do Montepio, enquanto banco da Associação Mutualista, com responsabilidades na área da intervenção social, não ter formas de ajudar as pessoas economicamente mais vulneráveis, muito embora exista na lei a figura das contas de "serviços mínimos".

    Ora, eu acho que o Montepio poderia e deveria destacar-se nesta área também!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    adec

    no caso de um cliente ter num deposito a prazo 4000 euros e na conta corrente assciada 0 euros, está sujeito a taxas de manutenção?

    Obrigado

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    radical_pt

    no caso de um cliente ter num deposito a prazo 4000 euros e na conta corrente assciada 0 euros, está sujeito a taxas de manutenção?

    Obrigado

    Não, visto que, para todos os efeitos, tem património superior a 3500 €, mesmo que a conta à ordem esteja parada, sem movimento...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest MGAM2

    As comissões galopantes foram de facto uma das razões que me levou a abandonar o Montepio.

    Como cliente não associado sentida-me cada dia mais limitado e os encargos foram subindo. A solução para mim foi muito clara, procurar um banco que me garantisse igual ou melhor atendimento e sem comissões, ou com comissões muito baixas.

    Acabei por trocar o Montepio pelo ActivoBank e até agora acho que foi das melhores decisões que já tomei, uma vez que tenho melhores produtos onde aplicar o meu dinheiro e comissões nem vê-las.

    Enquanto fui cliente Montepio por mais que tentasse nunca consegui perceber na prática qual a vertente social do banco, sim é um facto que ajuda instituições, mas não consegui interiorizar o que faziam eles pelos clientes que uma seguradora, ou outras entidades não fizessem. Sendo eles uma associação mutualista não deviam estar na linha da frente da captação de clientes de menores recursos e maximização do seu patrimônio em prol da melhoria da qualidade de vida dessas pessoas?

    Enfim, faz parte do meu passado...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    José Ribeiro

    A partir de 2 de janeiro de 2012, as taxas anuais das comissões a aplicar aos contratos de Garantias Bancárias serão alteradas.

    Nessa mesma data entram em vigor os novos prémios anuais do aluguer de cofres: Até 21 dm3: 40 EUR, de 21 a 50 dm3: 60EUR, de 50 a 100 dm3: 90 EUR e de 100 a 180 dm3: 130 EUR.

    Em janeiro de 2012, entra igualmente  em vigor a Comissão de Processamento da Prestação a aplicar aos Créditos ao Consumo, com o valor de 1,5 EUR/mês.

    Mutualista  ???

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    presidentedajunta

    nos tempos que correm falar em despesas de manutenção de conta só para os ricos que querem pagar!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    José Ribeiro

    Montepio Geral

    A partir de 1 de Fevereiro de 2012 a comissão de declaração de encargos de prestação será de 22,50 EUR e a comissão de autorização de cancelamento (liquidação no termo do contrato) será de 112,50 EUR.

    Mutualista  ???

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest césar

    gostaria de fazer uma pergunta....

    e se na minha conta à ordem eu quiser remover o dinheiro todo (E ficar a zeros) mas mantendo a conta aberta pois ainda uso para algumas transferências... o banco pode na mesma cobrar a comissão? Ou seja... se tiver 5€ na conta... o banco vai me cobrar 12.50€ a cada 3 meses?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ASB

    Se não tiver dinheiro na conta, duvido que o banco vá cobrar as comissões  e deixar a conta a descoberto, mas nos dias de hoje nada é impossível......

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    D@vid

    Já soube de casos desses na CGD ha uns tempos...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    PrinLeN

    Já soube de casos desses na CGD ha uns tempos...

    Eu há 3 anos fiz um estágio de Verão no BES e isso acontecia. As despesas de manutenção caiam independentemente do saldo e depois vinha (obviamente) uma comissão de movimento a descoberto. Aliás enquanto lá estive, "boa parte" do meu trabalho era contactar os clientes na tentativa de recuperar esses valores para depois fecharem contas.

    Agora não sei como funciona...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Manuel Gama

    Tenho um conflito com a CGD, alguem sabe a partir de que ano os Bancos passaram a cobrar taxas de manutenção ?.

    Grato pela atenção

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    D@vid

    Tenho um conflito com a CGD, alguem sabe a partir de que ano os Bancos passaram a cobrar taxas de manutenção ?.

    Grato pela atenção

    Não sei se isso é facil de se saber, cada banco tem a sua politica, há bancos que nunca cobraram despesas dessas.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Tenho um conflito com a CGD, alguem sabe a partir de que ano os Bancos passaram a cobrar taxas de manutenção ?.

    Grato pela atenção

    Daquilo que me lembro de algumas discussões aqui pelo fórum, já há alguns anos que a CGD diz no preçário que cobra comissões de manutenção de conta. Mas também me lembro que toda a gente dizia que ainda não tinha sido cobrado nada...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ABCD

    Tenho um conflito com a CGD, alguem sabe a partir de que ano os Bancos passaram a cobrar taxas de manutenção ?.

    Grato pela atenção

    Creio que a CGD começou a cobrar essas "despesas" para os clientes com pouco saldo por volta de 2010...

    No entanto, eles avisaram todos os clientes por carta. Terá ignorado essa carta, pensando que era publicidade, na altura?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    RANort

    Creio que a CGD começou a cobrar essas "despesas" para os clientes com pouco saldo por volta de 2010...

    No entanto, eles avisaram todos os clientes por carta. Terá ignorado essa carta, pensando que era publicidade, na altura?

    Eu fui cliente da caixa, e confirmo de que fui avisado por carta sobre despesas de manutenção.

    Todavia, mais tarde houve uma alteração no preçário, em que o limite mínimo de dinheiro a prazo passava de 3000 para 3500€. Como não fui avisado desta alteração, e como a minha leitura de cabeceira não passa pela revisão dos preçários dos bancos, levei com 15€ de despesas de manutenção de conta por não cumprir os requisitos mínimos...

    Mas como disse em cima, ..."eu fui cliente da caixa"...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest kinas

    qual é, neste momento, o minimo de saldo que se pode ter na CGD para nao pagar despesas manutenção ? O caixa ordenado elemina estas despesas mesmo abaixo 3000 € ?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa