Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    dig

    Dúvida Cartão Crédito

    Recommended Posts

    dig

    Tenho um cartão crédito CGD - ISIC ( estudante ),

    visto ter que pagar uma reparação automóvel e somente ter essa quantia disponível para finais de janeiro ou fevereiro resolvi usar este cartão (que somente usava para pequenas compras na net e pagar a 100%)

    no entanto surgiu uma dúvida:

    O mecânico somente aceita dinheiro em notas, logo pelo que estive a ler vou ter de fazer um cash-advance, o meu problema é que não me lembro do PIN, é necessário para fazer um levantamento (cash-advance) num multibanco com este cartão sem pin?

    outra dúvida, é que se escolher para pagar por ex a 10%, isso é a mesma coisa que 'pagamentos fraccionados'?

    se depois reunir a quantia total qual a taxa para abater tudo ?

    Obrigado

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    José Ribeiro

    Não seria preferivel apanhar os transportes públicos?

    Parece-me que ficará mais em conta e remedeia-se até Janeiro ou Fevereiro quando irá ter a quantia disponível para o arranjo!...

    Mas se quer mesmo seguir por essa via, aguarde por mais umas respostas!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    M_R_J
    O mecânico somente aceita dinheiro em notas, logo pelo que estive a ler vou ter de fazer um cash-advance, o meu problema é que não me lembro do PIN, é necessário para fazer um levantamento (cash-advance) num multibanco com este cartão sem pin?

    Precisas do PIN para fazer cash-advance no Multibanco. Pelo menos a única vez que precisei de fazer isso, pediu PIN.

    Se não conseguires arranjar outra solução que não te faça pagar juros, tens de ir a um balcão do banco.

    ...ou perguntas o que tens de fazer para recuperar o PIN (o que pode demorar e/ou implicar custos)

    ...ou perguntas se é possível fazer cash-advance ao balcão. Muitos (todos?) os cartões de crédito deixam transferir parte do plafond para a tua conta à ordem. Pagando juros, claro está. Microcrédito.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Julgo que precisas do PIN para cash advance, sim...

    Sim, qualquer coisa que não seja pagamento a 100% é pagamento fraccionado.

    Segundo o preçário da CGD, a TAN desse cartão é de 20,75%. Quer isso dizer que em cada mês te é cobrado 20,75/12 =~1,73% do montante em dívida, sob a forma de juros. Não esquecer que a própria operação de cash-advance tem comissões...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    dig

    Obrigado pelas respostas,

    preciso mesmo do carro porque as aulas são de noite e a essa hora não tenho acesso a transportes públicos visto viver numa aldeia.

    Penso que vou optar, como dito por um user, por transferir online parte do plafond para a conta à ordem, penso que assim já não me pede o PIN

    comissão: (3,75% + 1,50 EUR) + imposto de selo de 4%

    penso que o imposto de selo 4% serão sobre a comissão certo ?

    Obrigado

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia
    penso que o imposto de selo 4% serão sobre a comissão certo ?

    Certo

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    dig

    obrigado

    já agora por falar em taxas e comissões, fiquei com outra dúvida,

    uma pessoa só pode fazer cash-advance ou transferir para uma conta à ordem os 100% do plafond ou tem de contar com cerca de menos 4 ou 5% do limite do plafond já para contar com taxas que vão cobrar ?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Não sei a resposta, mas afinal de quanto é que precisas?

    Se o montante for razoável, é capaz de valer a pena fazer uma pesquisa por empresas de crédito pessoal - as taxas podem ser bem mais atrativas que as do cartão de crédito (mesmo contando com a penalização de 0,52% em caso de eventual amortização antecipada).

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    José Ribeiro

    Se o valor do arranjo rondar os 500€ e atendendo aos juros e afins, mais vale pensar investir num carro em segundo mão!...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    dig

    Obrigada desde já,

    A minha lógica é preferir gastar na reparação do meu do que comprar outro e não saber qual o seu verdadeiro estado.

    O arranjo são uns 650 euros, o plafond é que é baixo e concordo visto ser o cartão que é, penso ser 500 euros, daí a minha dúvida em poder levantar 500 ou menos 5% desse valor.

    Conto depois lá para finais de janeiro poder amortizar o que estiver em dívida.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    José Ribeiro

    A minha lógica é preferir gastar na reparação do meu do que comprar outro e não saber qual o seu verdadeiro estado.

    O arranjo são uns 650 euros, o plafond é que é baixo e concordo visto ser o cartão que é, penso ser 500 euros, daí a minha dúvida em poder levantar 500 ou menos 5% desse valor.

    Conto depois lá para finais de janeiro poder amortizar o que estiver em dívida.

    E se daqui a umas semanas avariar novamente?

    Se passar por um stand de usados de qualidade, ainda lhe dão um ou dois anos de garantia consoante aquilo que pretender e pode entregar esse como amortização.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    M_R_J

    E se daqui a umas semanas avariar novamente?

    Se passar por um stand de usados de qualidade, ainda lhe dão um ou dois anos de garantia consoante aquilo que pretender e pode entregar esse como amortização.

    Bom, mas aí depende da disponibilidade financeira de cada um. Dificilmente se consegue um usado com garantia por menos de 4 mil euros (a não ser que seja meeeesmo antigo e não seja suposto aguentar mais que a garantia).

    Não é por o carro se avariar uma vez que valerá a pena trocar uma carroça por outra, dependerá do historial do "bicho". E é bom que o mecânico dê garantia do seu trabalho para o carro não avariar passadas apenas umas semanas :)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest NA

    Pedia era ao mecânico pagamento a prestações ^

    Concordo plenamente...mas isso é algo que deveria ter sido conversado antes de mandar reparar a viatura.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    j0rge

    é daquelas coisas. Diz simplesmente ao mecânico que não tens dinheiro e que vais pagando ! Milhões de empresas pagam a 120 dias e minguem chora... já o diz o ditado "quem tem vergonha na cara passa mal " :D

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    João Miguel

    é daquelas coisas. Diz simplesmente ao mecânico que não tens dinheiro e que vais pagando ! Milhões de empresas pagam a 120 dias e minguem chora... já o diz o ditado "quem tem vergonha na cara passa mal " :D

    É bem verdade, nos tempos que correm, até pagamento em géneros começa a ser usual. Todos temos alturas de maiores apertos e muitos dos comerciantes entendem isso, é uma questão de tentar.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest junho

    Arranja o carro diz que vais dar uma volta para ver se está tudo bem e vai-te embora e não pagues. 

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest andré miranda

    boas, queria saber se já alguém pediu um aumento do plafond do cartão ISIC, se a resposta demora muito tempo e se eles aumentam facilmente o plafond...

    cumprimentos

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Bruno Azevedo

    boas, queria saber se já alguém pediu um aumento do plafond do cartão ISIC, se a resposta demora muito tempo e se eles aumentam facilmente o plafond...

    cumprimentos

    Já o fiz 2x. A primeira vez fiz diretamente online pelo caixadirect. Da segunda não foi possível, pedi a alteração telefónicamente e foi necessária validação comercial. Demorou cerca de 1 semana.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    CFinanceiro

    Boa Tarde,

    Se o limite do aumento do plafond estiver dentro do tried aprovado no banco para ti e se estiver dentro dos limites da agência, julgo que será rápido o aumento do plafond. Caso contrário é necessário uma avaliação das tuas condições financeiras, pois trata-se de concessão de crédito.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa