Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • kika

    Fiança

    Recommended Posts

    kika

    Boa tarde

    Gostaria de saber se alguem me pode ajudar

    Os meus pais foram fiadores de um emprestimo já a mais de 16 anos, e os senhores nunca pagaram a renda.

    Na altura fomos chamados ao banco, a casa foi vendida e os juros foram parcialmente pagos, por nós uma vez que na altura os senhores nao tinham bens.

    Quando finalizamos o pagamento de parte dos juros, o advogado do banco diz para nao fazermos mais nada que ele ia tentar anular a divida perante o banco, e durante 12 anos nada nos foi dito.

    Agora passados 12 anos ficamos a saber que o nome do meu pai consta no banco de portugal, quando pensamos que o assunto estaria mais que resolvido.

    Agora pergunto:

    Tenho conhecimento que ambos os devedores estao a trabalhar, e ambas as filhas também, nao sei se haverá algum bem em nome deles, no entanto judicialmente pode-se entrar com uma acção para que lhe seja descontado uma parcela do ordenado por mês???

    aguardo a vossa ajuda

    obrigado

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    José Ribeiro

    Os meus pais foram fiadores de um emprestimo já a mais de 16 anos, e os senhores nunca pagaram a renda.

    Na altura fomos chamados ao banco, a casa foi vendida e os juros foram parcialmente pagos, por nós uma vez que na altura os senhores nao tinham bens.

    Quando finalizamos o pagamento de parte dos juros, o advogado do banco diz para nao fazermos mais nada que ele ia tentar anular a divida perante o banco, e durante 12 anos nada nos foi dito.

    Agora passados 12 anos ficamos a saber que o nome do meu pai consta no banco de portugal, quando pensamos que o assunto estaria mais que resolvido.

    Agora pergunto:

    Tenho conhecimento que ambos os devedores estao a trabalhar, e ambas as filhas também, nao sei se haverá algum bem em nome deles, no entanto judicialmente pode-se entrar com uma acção para que lhe seja descontado uma parcela do ordenado por mês???

    Não haverá por ai alguma omissão?

    Seja como for, o advogado tratou de tudo ou não tratou?

    Se tratou, deu-vos algum documento onde constava a não obrigatoriedade de continuar a pagar os juros e de serem fiadores?

    O advogado ainda tem escritório? Deveriam, primeiro pedir esclarecimentos a ele. Depois ao Banco de Portugal. Mas era bom que tivessem algum documento da época que comprovasse a não obrigatoriedade de continuarem a serem fiadores. E por fim, entrar na via judicial, que deveria ser evitada a todo o custo.

    Observação - Eis aqui um caso, de uma divida que permanece para toda a vida, mesmo quando se julgava que já estava saldada (http://www.forumfinancas.com/index.php?topic=4658.msg36017;topicseen#msg36017)!...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia
    Quando finalizamos o pagamento de parte dos juros, o advogado do banco diz para nao fazermos mais nada que ele ia tentar anular a divida perante o banco, e durante 12 anos nada nos foi dito.

    Agora passados 12 anos ficamos a saber que o nome do meu pai consta no banco de portugal, quando pensamos que o assunto estaria mais que resolvido.

    Quando as coisas ficam resolvidas diz-se alguma coisa. Se nada é dito em contrário, o problema continua, como é óbvio.

    Aliás, o mais provável é que os juros tenham continuado a aumentar desde essa altura... a dívida agora deve estar bem maior.

    Agora pergunto:

    Tenho conhecimento que ambos os devedores estao a trabalhar, e ambas as filhas também, nao sei se haverá algum bem em nome deles, no entanto judicialmente pode-se entrar com uma acção para que lhe seja descontado uma parcela do ordenado por mês???

    Quanto às filhas nada feito - ninguém é obrigado a pagar pelos problemas dos pais.

    Quanto a eles é possível que sim - falem com o advogado. Até porque ao fim de tantos anos começam a correr sérios riscos de começarem a prescrever certos prazos e ainda ficam com o problema todo às costas...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa