Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    sudany

    Impostos

    Recommended Posts

    sudany

    Bom dia, tenho uma dúvida que gostaria de ver exclarecida com alguma urgênçia!

    Termino estágio profissional em Fevereiro e foi-me feita uma proposta para ficar,com um vencimento fixo mensal com contrato (Categoria A) e um valor à percentagem (recibos verdes-Categoria B). Gostaria que me informassem qual os impostos a pagar pela entidade patronal e quais os impostos a pagar como trabalhadora independente.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    A entidade patronal paga IRC e contribui para a SS mas isso provavelmente não te interessa nada.

    Enquanto trabalhadora por conta de outrem terás de pagar IRS e contribuir para a Segurança Social. Este último é simples - todos os trabalhadores por conta de outrem descontam pela taxa única de 11%. Relativamente ao IRS, haverá uma espécie de adiantamento que é retido na fonte. A taxa aplicável depende do número de dependentes, local de residência, estado civil e podes consultar em vários locais, por exemplo: http://www.millenniumbcp.pt/site/conteudos/60/6035/603530/article.jhtml?articleID=4025 (ainda não foram publicadas as tabelas para 2011, acho eu).

    Ou seja, um trabalhador solteiro, a morar no continente que ganhe 1000€ brutos, receberá 1000 - 11% (SS) - 8% (IRS) = 810€.

    Relativamente à parte de trabalhador independente há várias coisas que mudaram com a entrada em vigor do novo Regime Contributivo agora em Janeiro, posso dizer alguma coisa trocada pelo que convém que confirmes noutros lados (sobretudo na SS; a informação relativa às Finanças deve estar mais ou menos correcta) esta informação que vou dar a seguir:

    IRS:

    * Assumindo que ficas no Regime Simplificado, e que fazes menos de 10.000€ por ano em recibos verdes, tens direito a isenção no regime de IVA e a não fazer retenção na fonte (se optares por fazer retenção na fonte será à taxa de 21,5%). A retenção na fonte é opcional - a diferença é que se a fizeres no ano seguinte terás de pagar menos imposto (ver abaixo) porque já foste adiantando ao longo do ano.

    * Se passares os 10.000€ de facturação, tens que passar a cobrar IVA - acrescentas ao valor bruto o valor do IVA (dependendo do tipo de actividade, a mais comum é 23%)

    * Podes também optar pelo regime de contabilidade organizada - no regime simplificado o fisco assume que o teu rendimento líquido é 70% do teu rendimento bruto (20% se se tratar de venda de bens). Se tiveres despesas com a tua actividade que correspondam a menos de 30% (80%) óptimo (parece ser o caso); mas se for superior sai-se prejudicado. Pode-se optar pelo regime de contabilidade organizada - deduz-se as despesas que efectivamente se tem; por outro lado tem que se pagar a um contabilista (mais uma despesa). Quem facturar mais de 150.000€ não pode optar, tem mesmo que ir para contabilidade organizada.

    SS:

    A taxa única é de 29,6% calculada sobre a base do escalão em que se encontra, em função do seu rendimento líquido (70% ou 20% do valor bruto, no regime simplificado; o rendimento tributável no caso da contabilidade organizada). Ver a lista completa dos escalões em http://www1.seg-social.pt/left.asp?03.03.03.02

    No entanto, para quem acumula actividade por conta de outrem com recibos verdes tem direito à isenção da contribuição pela actividade de trabalhador independente (já desconta pelo outro lado). Ou seja, pode não descontar nada para a SS sobre os recibos verdes. No entanto, se prestar os seus serviços a uma única entidade esta pode ser chamada a contribuir para a SS.

    Ainda sobre o IRS, no próximo ano, depois de meteres a declaração é que o valor final é efectivamente calculado (só nessa altura é que o fisco soma os teus rendimentos por conta de outrem e recibos verdes, e ainda há direito a deduzir certas despesas como as de saúde e educação, por exemplo) - se tiveres pago a mais ao longo do ano (em retenções na fonte) o excesso é reembolsado; se o que se foi pagando ao longo do ano não foi suficiente, há que pagar o que falta.

    Por exemplo, as taxas de retenção na fonte sobre a actividade por conta de outrem não levam em conta o rendimento extra enquanto trabalhador independente, pelo que certamente ficarão aquém do necessário e deverás vir a pagar mais algum). Se as retenções na fonte ao longo do ano não forem suficientes, o Fisco começa a cobrar pagamentos por conta aos trabalhadores independentes, calculados em função daquilo que ainda foi preciso pagar a mais. Relativamente aos rendimentos de 2011, cuja declaração só se mete em 2012, estas cobranças surgirão durante o ano de 2013. É um pouco como as retenções na fonte - trata-se de uma forma de o contribuinte ir adiantando ao longo do ano, parte do imposto que tem de pagar de qualquer forma, em vez de pagar tudo de uma assentada no ano seguinte...

    Mais informações:

    Guia Prático da SS para a Actividade de Trabalhador Independente

    Taxas Contributivas (SS)

    RecibosVerdes.org (está um bocado desactualizado mas certamente chama a atenção para outras questões a ter em conta).

    Portal das Finanças - Perguntas frequentes

    Códigos Tributários (nomeadamente o do IRS e do IVA)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Apogeu

    Não há qualquer vantagem para a entidade patronal pagar y pelo recibo de vencimento e w por recibo verde.

    Com a entrada em vigor do código contributivo, o valor dos recibos verdes é adicionado ao valor do vencimento. A globalidade destes rendimentos pagam à segurança social pelas taxas gerais.

    Acabou o buraco.

    Cps

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Mrs Gold

    Olá,

    Assunto: Gerir imóveis como proprietário ou criar empresa imobiliária?

    Li alguns comentários Vossos sobre este assunto de há algum tepo atrás. Tenho algumas dúvidas-

    1 - Um proprietário, se arrenda o seu imóvel, pode colocar as despesas de condomínio, imi, obras, móveis, limpezas, etc??? Há tectos máximos?

    Obrigada.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa