Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    pssantos72

    Mudança de unipessoal para ENI

    Recommended Posts

    pssantos72

    Viva

    acabei de descobrir este forum devido a uma ideia que me anda a passar pela cabeça e gostaria de ouvir opiniões isentas.

    Tenho um cabeleireio+estetica há 4 anos como uma sociedade unipessoal devido aos "custos" que tenho tido nestes anos (dar €€€ a todos menos para mim), andei a investigar e parece-me proveitoso fechar a empresa e abrir como ENI com contabilidade não organizada.

    As actuais saídas de dinheiro fixas são mais ou menos 4300€ mensais (ordenados, rendas, contabilista, Seg.Social, etc.), só em pagamentos "extra" até meados de 2010 paguei 4000€ (IVA, PEC e IRC) e o ano ainda não acabou, sendo que facturamos cerca de 6000€/mês como podem ver trabalha-se para dar mais a todos os outros do que para a casa!

    Olhando para estes custos o maior custo é renda e o imediatamente a seguir é o contabilista, estou a falar em 250€x14 meses, os vencimentos como são variáveis não atrapalham grande coisa, no limite se não houver trabalho não pago a ninguém.

    Sendo que temos uma porta aberta, caso venha a alterar a minha "pessoa" juridica tenho algumas questões que gostaria de ver esclarecidas:

    - a quem passo os recibos verdes? a cada serviço\cliente?

    - um Eni pode ter empregados com contrato de trabalho? e contrato de serviços?

    - ao ser ENI, deixo de pagar PEC, IRC, correcto?

    - qual o valor normal de pagamento a um contabilista que trate da contabilidade não organizada ?

    - dos 6.000€ mensais em serviços posso ou não deduzir o IVA dos produtos comprados ?

    - o IVA continua ser pago trimestralmente? Não deduzindo o IVA dos produtos, quer dizer que automaticamente pago a cada 3 meses, mais ou menos 3700€ IVA?

    - se a minha facturação se mantiver - 6.000x12 = 72.000€ como funciona o calculo para sede de IRS?.

    Peço desculpa pelo extenso "mail" e agradeço desde já as respostas dadas.

    Cumprimentos

    Pedro

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    A primeira coisa que me salta à vista é que dizes que tens um volume de negócios de cerca de 6000€ / mês e despesas de 4300€ / mês.

    Ora, no regime sem contabilidade organizada, e como se trata da prestação de serviços e não de vendas, o fisco assume que 70% do volume de negócios é lucro (se venderes produtos aos teus clientes, então nessa parte o lucro é de 20% do volume de negócios). Ou seja, assume que só tens cerca de 2000€ de despesas e serás tributada sobre o remanescente. Assim de repente parece-me que a opção pela contabilidade não organizada pode não ser a melhor... E se deixas de pagar IRC passas a pagar IRS - e olha que tenho ideia que as taxas de IRS são mais altas que as de IRC...

    Ou seja, assim de repente, o teu rendimento seria de 72.000€ * 70% = 50.400€. Ora isto calha no escalão dos 36,5% (como o IRS é um imposto progressivo dá uma taxa média de cerca de 30%) o que, com umas deduções e abatimentos, deve dar entre 10.000€ a 15.000€ de IRS no fim do ano, mas isso só com mais dados (mas podes sempre pegar na aplicação do portal das finanças e simular o teu caso para ficares com uma ideia mais aproximada).

    Se estás no regime de IVA (e em princípio estarás, pois tens um volume de negócios superior a 10.000€ anuais) podes deduzir o IVA dos produtos comprados, da mesma forma que tens que cobrar IVA sobre os serviços que forneces...

    Quanto ao resto não sei. Mesmo o que está para trás pode não estar completamente correcto, eu não sou propriamente especialista nestas coisas...

    De qualquer forma, eu sugeria que colocasses essas questões ao teu contabilista e também nas Finanças, para te chamarem a atenção de alguma falha nesse raciocínio (ou mesmo alguma impossibilidade de o por em prática) e para te ajudarem (sobretudo o teu contabilista) a fazer estas contas...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pssantos72

    ok! Obrigado pela resposta.....

    realmente ao ver o o valor de IRS a pagar a coisa muda de figura ! mesmo que a facturação "caia" para metade estamos a falar em pagar anualmente de IRS qualquer coisa como 12.000€.........

    vou fazer umas contas, embora neste momento já não me pareça compensar.

    Abraço

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa