Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    pfcustodio

    Renegociação CH

    Recommended Posts

    pfcustodio

    Boa tarde a todos,

    vou tentar explicar de forma sucinta a minha situação de forma a pedir uma opinião/ajuda da vossa parte em termos de renegociação do CH.

    Dados:

    Banco: CGD

    Valor contratualizado: 108.500€

    Data: Janeiro de 2009

    Tipo: Taxa fixa por 2 anos com valor residual de 30%

    Taxa efectiva: 3.247%

    Valor Prestação: 344,53€

    Seguro: 26,97€

    Tempo: 588 Meses

    A pergunta é a seguinte; dado que a taxa fixa finaliza em Janeiro de 2011, quero o quanto antes  falar com o banco para renegociar os meus valores, que actualmente os considero elevados (mas na altura eram a melhor solução).

    O que devo fazer? Continuar com taxa fixa? Que argumentos devo utilizar com o banco?

    Desde já agradeço todas as opiniões.

    PS:

    Acabei de fazer uma simulação no BPI... hum, pelos vistos os meus valores não são maus! Fico a aguardar a vossa opinião.

    Simulação BPI:

    Financiamento € 108.500,00

    Valor Residual € 32.550,00

    Prazo empréstimo 40 anos (não permite mais)

    Mensalidade € 362,37

    Seg. Vida (1) € 11,69

    Seg. Multirriscos (1) € 9,36

    Tx. Nominal (TAN) 3,128%

    Spread:2,40%Indexante:Euribor 3 meses: (0,728%). Base de Cálculo 360 dias. TAE:3,937% TAER:4,709%

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Pedro Pais

    Antes de mais, que spread tens agora e que soluções possíveis tens? Imagino que quando tenhas aceite o crédito tenham definido que seria taxa fixa durante um período e depois disso seria taxa X, certo? O que foi exactamente acordado?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pfcustodio

    Boa tarde,

    desde já agradeço a 1ª resposta. Para ser preciso, transcrevo parte do contrato com o banco:

    "Durante um primeiro período de dois anos, o empréstimo vence juros a uma taxa de base fixa de dois virgula seiscentos por cento, ao ano, acrescida de um diferencial de zero virgula seis pontos percentuais, o que se traduz actualmente na taxa de juro nominal, para pagamentos mensais de três virgula duzentos por cento, a que corresponde a taxa efectiva de três virgula duzentos e quarenta e sete por cento.

    Findo o período referido no número anterior, se não for convencionado entre as partes outro período ou outro regime de taxa de juro, o empréstimo vencerá juros à taxa correspondente a média aritmética das taxas EURIBOR a três meses(...)"

    O que acham disto?

    Obrigado.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa