Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    hpassos

    EURIBOR - O que virá por aí...?!

    Recommended Posts

    hpassos

    Boas a todos...

    Negociei a compra da minha casa nova no inicio deste ano (Janeiro) - a Euribor nessa altura andava à volta dos 4%...fiz simulações para um crédito de 110000 e vi que conseguia aguentar com a euribor como estava.

    A casa só está pronta em Março de 2009 - vou fazer um crédito subdividido em 40000 (Outubro próximo) e 70000 na altura da escritura.

    Já fiz o CPCV - e já entrei com 17500 (a casa custa 127500)...

    Neste momento estou a começar a ficar assustado! A Euribor já vai nos 5%!!!!!! Em Fevereiro dizia-se que ela ia descer...

    Se chegar aos 6...acho que tenho de desfazer o negócio!!!

    Vai lá chegar e passar né?!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    D@vid

    Isso é fazer futurologia lol, nem os analistas sabem o que vai acontecer.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    CS

    Já no inicio do ano dos entendidos (economistas e afins) já apontavam que as taxas de juro estavam no pico e a tendência a médio longo prazo apontava para uma decida.

    No entanto, com toda a escalada da inflação impulsionada pelo aumento do preço do ouro negro, já dizem que o pico ainda não foi atingido.

    E eu concordo, pois a inflação enquanto não estiver controlada, teremos aumentos das taxas de juro.

    Agora o que eu tb digo, é que depois teremos um época de tendência contraria, ou seja de descida das taxas de juro.

    Sempre assim se portou a economia Internacional e tudo se tornará a tentar repetir.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Os preços andam a estabilizar, portanto a inflação é capaz de começar a voltar aos valores normais em breve. Isto significa que as taxas de juro podem vir a descer.

    No entanto, "previsões só no fim do jogo" e nestas coisas é sempre difícil garantir as previsões que se façam. Não tens outra hipótese de diminuir a prestação (negociando um aumento do prazo, por exemplo)? Ou então vê o que te sai na simulação com uma taxa fixa - se a Euribor descer em breve talvez percas algum dinheiro por pagar mais juros, mas tens que pesar quanto vale para ti a segurança de uma prestação que não anda ao sabor da economia?

    Quando fazem as simulações os bancos são obrigados a estimar também a prestação em caso de subida das taxas de juro em 1 ou 2 pontos percentuais. A maioria das pessoas, infelizmente, não liga tanto a esses valores como devia.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Nuno Cardoso

    Boas forum,

    Sim as taxas vao continuar a subir... pelo menos ate ao final do ano...é possivel que no proximo ano a tendencia seja para descer.

    Cumprimentos

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    hpassos

    Boas forum,

    Sim as taxas vao continuar a subir... pelo menos ate ao final do ano...é possivel que no proximo ano a tendencia seja para descer.

    Cumprimentos

    Em Novembro do ano passado dizia-se que a Euribor por esta altura estaria nos 3,5!

    Está quase nos 5,3!!!! Trocaram os números....

    Eu cada vez estou mais céptico...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Em Novembro do ano passado dizia-se que a Euribor por esta altura estaria nos 3,5!

    Está quase nos 5,3!!!! Trocaram os números....

    E, no entanto, até há pouco mais de 10 anos atrás, no tempo da Lisbor, as taxas sempre foram mais altas do que são hoje (ver gráficos).

    Uma sugestão para quem anda com a "corda ao pescoço": se for o caso, perguntem aos vossos pais como é que conseguiam suportar taxas de 15%, 20% ou mesmo 30% e pagar a prestação da casa... ainda num outro tópico alguém há dias dizia que podíamos aprender com os "antigos" ;)

    graf2.gif

    Fonte: CMVM

    numero_de_contratos.jpg

    Fonte: Público

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    elbmurcs

    Apesar de alguns "antigos" estarem fora das novas tecnologias, eles têm muito a ensinar à malta nova, especialmente no que nova a gestão de orçamento familiar.

    Há 30 anos atrás, era preciso fazer um mealheiro para comprar um frigorífico, era uma alteração no orçamento da família. Hoje em dia não é, porque pode-se fazer um crédito 10x sem juros  ::) O facilitismo tornou as pessoas facilitistas.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Pipocas

    elbmurcs :)

    Eu tenho mentalidade de "antiga", quase todas as compras que faço são pagas com o mealheiro que faço previamente. Se pudesse, até a compra da casa seria desta forma.

    pauloaguia :)

    O que eu tenho ouvido falar é que quando as taxas estavam nesses valores o usual era alugar casa. Quem não tinha dinheiro para alugar, mesmo depois do casamento, vivia em casa dos pais. :-[

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    CS

    Paulo, tens acesso a algum gráfico que mostre a evolução das taxas de juro associadas as poupanças?

    É que tenho o pressentimento que tb eram elevadas o que permitia o aforamento de poupanças.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    hpassos

    Parece mesmo que terei de desfazer o negócio!!!

    Já houve uma IC que me disse:

    Perante a sua situação profissional (contrato efectivo mas em regime de cedência a outra empresa do grupo) e da sua companheira (falsos recibos verdes), mesmo com uma taxa de esforço de 40% e Rácio FG perto dos 80% não arriscamos conceder-lhe o respectivo crédito...

    É da maneira que vou passar a dormir que nem um passarinho...

    LOL

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Pipocas

    hpassos  :)

    Lamento o sucedido :-[

    Já comprei uma casa em construção.

    Podem dizer que a conclusão do imóvel está prevista para X, mas esse X é sempre acrescentado de mais Z meses. Há sempre atrasos. Comigo foi assim. Até lá, dá para se amealhar mais algum.

    Na altura da conclusão, tive de pagar mais algum por uma nova avaliação. >:(

    hpassos, se gostas verdadeiramente dessa casa, não desistas. Há que recorrer a outro Banco.

    Aconselho-te, se possível, a fazeres as simulações directamente com os gerentes do Banco.

    Se não te importares, de todo, com esta rejeição, podes pedir a restituição do sinal ao vendedor (17.500eur). Basta apresentar-lhe cópia da decisão bancária (não sei se no teu CPCV existia uma cláusula que salvaguardava esta situação)

    Podes dizer-nos quanto foi a avaliação do imóvel?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa