Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    elbmurcs

    Taxas altas - Caja Duero, Privat Bank, BIG

    Recommended Posts

    elbmurcs

    Olá!

    Recentemente tem aparecido uns bancos menos conhecidos com depósitos a prazo com taxas muito mais elevadas que a banca a retalho. Mas eu pergunto, serão de confiança? Para ganhar mais uns trocos, vale a pena arriscar o bolo?

    No caso do Privat Bank, é romeno...  Apesar de estar no fundo de garantias do banco de portugal.

    O Caja Duero é um banco espanhol considerável, mas não sei se está no tal fundo.

    Destes todos, o Privat Bank é o que me faz mais confusão.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    D@vid

    Eu recomendo o BIG, tenho lá conta e têm sido 5 *****

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Pedro Pais

    Acho que se procurares aqui no fórum vais encontrar muita informação sobre diversos depósitos a prazo e inclusivamente mensagens sobre os bancos que referes.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    elbmurcs

    Claramente, o BPN é que o oferece taxas mais altas na banca a retalho.

    E a mim faz-me um pouco de confusão bancos desconhecidos como caja duero e o privat bank. Muito mais que o Big. Se bem que o caja é uma granda caixa em espanha. Mas Espanha é Espanha.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Luna

    o Banco Caja Duero é uma caixa de ahorros espanhola, é uma instituição financeira sem fins lucrativos e como tal não se pode financiar no mercado bolsista. na zona de castilha e leon é quase um banco como a caixa geral de depositos aqui em Portugal.

    A Caja Duero no ultimo semestre aumentou a liquidez e a solvabilidade financeira.... e esto quer dizer mt.....

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Gaelic

    Tenho lido que se estudam (ou se preparam), fusões entre "cajas de ahorro" em Espanha! O que é que isso significa não sei! Falta de solidez ou ambição, na luta contra os grandes da Banca Espanhola, na luta por mercados importantes da América do Sul (nomeadamente, o Brasil)?

    Portanto da solidez dessas "cajas", não sei! Dos bancos on-line portugueses, também não!

    O que sei é que, por algumas dezenas de euros, não vou deixar o meu dinheiro, depositado nesses bancos e depois ter que andar o prazo que escolher a "rezar para que não chova"!...

    Serei muito conservador, no que toca à poupança-depósito, mas prefiro sem qualquer espécie de dúvida, a segurança do banco do Estado - a CGD! Pelo menos durmo descansado e pelo menos a inflacção não me "come" o depositado!

    Penso assim, pelo menos, neste período de turbulência!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    carlosramos

    Tenho lido que se estudam (ou se preparam), fusões entre "cajas de ahorro" em Espanha! O que é que isso significa não sei! Falta de solidez ou ambição, na luta contra os grandes da Banca Espanhola, na luta por mercados importantes da América do Sul (nomeadamente, o Brasil)?

    Portanto da solidez dessas "cajas", não sei! Dos bancos on-line portugueses, também não!

    O que sei é que, por algumas dezenas de euros, não vou deixar o meu dinheiro, depositado nesses bancos e depois ter que andar o prazo que escolher a "rezar para que não chova"!...

    Serei muito conservador, no que toca à poupança-depósito, mas prefiro sem qualquer espécie de dúvida, a segurança do banco do Estado - a CGD! Pelo menos durmo descansado e pelo menos a inflacção não me "come" o depositado!

    Penso assim, pelo menos, neste período de turbulência!

    Está enganado a taxa de juro que a caixa paga é comida completamente pela inflacção

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Gaelic

    A rentabilização do dinheiro, talvez, o capital não, por amor de Deus! Contudo, não digo que para pequenos/médios depósitos, não seja pouco aliciante.

    E digo mais: Falando noutro dia, com o gerente de uma agência bancária (meu amigo), que não da CGD, a certa altura,  à pergunta que lhe fiz sobre a crise, quais os contornos conhecidos, etc., respondeu-me muito enigmaticamente: "não sei o que te hei-de responder, para além de não poder"!

    Essa conversa, desde esse dia, deixou-me de "pé atrás"!

    Portanto, a minha máxima no momento é : caldos de galinha e pouca ambição até que a crise passe!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa