Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Como movimentar Poupança Reforma - AM


    Guest Joel

    Recommended Posts

    Boa tarde

    Pretendo encerrar a minha conta no Banco Montepio, no local sou associado mutualista.

    Em 2009, sendo este na altura o único banco onde tinha fundos, e querendo efetuar PPR, do qual beneficiei da correspondente isenção fiscal (20%), acabei por subscrever um PPR da Associação Mutualista com capital garantido sem me ter sido dado conhecimento de todas as condicionantes (letras pequenas...) Culpa minha (assinei de cruz)

    Ao efetuar o pedido de transferência do mesmo (no banco Best) onde pretendo subscrever NB PPR, fui confrontado com a impossibilidade de este produto mutualista ser transferido, pois, apesar de ser PPR, segundo os mesmos, é um MPR, não estão abrangidos pelo decreto de lei que faz jurisprudência sobre o tema. Posso pedir desistência associado, e reembolso do mesmo, mas teria que repor todos os benefícios fiscais tidos

    Já alguém passou pelo mesmo??? Como resolveram a situação???

    A única forma que vejo viável de momento, é manter a conta em "coma induzido", e ir pagando prestações do C.Habitação (tenho noutra instituição) com o mesmo, e usar capital para subscrição mensal do PPR que pretendo.

    Espero que isto sirva de alerta para quem está a pensar realizar subscrições da AM

    Agradeço sugestões e feedback  

    Obrigado.

    Link to post
    Share on other sites
    A 10/08/2020 às 17:53, Visitante Joel disse:

    Boa tarde

    Pretendo encerrar a minha conta no Banco Montepio, no local sou associado mutualista.

    Em 2009, sendo este na altura o único banco onde tinha fundos, e querendo efetuar PPR, do qual beneficiei da correspondente isenção fiscal (20%), acabei por subscrever um PPR da Associação Mutualista com capital garantido sem me ter sido dado conhecimento de todas as condicionantes (letras pequenas...) Culpa minha (assinei de cruz)

    Ao efetuar o pedido de transferência do mesmo (no banco Best) onde pretendo subscrever NB PPR, fui confrontado com a impossibilidade de este produto mutualista ser transferido, pois, apesar de ser PPR, segundo os mesmos, é um MPR, não estão abrangidos pelo decreto de lei que faz jurisprudência sobre o tema. Posso pedir desistência associado, e reembolso do mesmo, mas teria que repor todos os benefícios fiscais tidos

    Já alguém passou pelo mesmo??? Como resolveram a situação???

    A única forma que vejo viável de momento, é manter a conta em "coma induzido", e ir pagando prestações do C.Habitação (tenho noutra instituição) com o mesmo, e usar capital para subscrição mensal do PPR que pretendo.

    Espero que isto sirva de alerta para quem está a pensar realizar subscrições da AM

    Agradeço sugestões e feedback  

    Obrigado.

    Dentro do Montepio não pode fazer a transferência para um PPR e depois pedir a transferência do PPR?
    Sendo um MPR, pode fazer o pagamento de prestações de CH?  É pq o decreto de lei também só fala em PPR.

    Link to post
    Share on other sites
    há 10 horas, Wakka disse:

    Dentro do Montepio não pode fazer a transferência para um PPR e depois pedir a transferência do PPR?
    Sendo um MPR, pode fazer o pagamento de prestações de CH?  É pq o decreto de lei também só fala em PPR.

    Não. O Montepio não o permite.

    E na linha mutualista a única solução que dão é o pedido de reembolso do mesmo... 

    Essa é a alternativa. 

    Já pedi parecer vinculativo à AT. Aguardo resposta. 

    Obrigado pelo feedback. 

    Link to post
    Share on other sites
    • 1 month later...
    A 10/08/2020 às 17:53, Visitante Joel disse:

    Boa tarde

    Pretendo encerrar a minha conta no Banco Montepio, no local sou associado mutualista.

    Em 2009, sendo este na altura o único banco onde tinha fundos, e querendo efetuar PPR, do qual beneficiei da correspondente isenção fiscal (20%), acabei por subscrever um PPR da Associação Mutualista com capital garantido sem me ter sido dado conhecimento de todas as condicionantes (letras pequenas...) Culpa minha (assinei de cruz)

    Ao efetuar o pedido de transferência do mesmo (no banco Best) onde pretendo subscrever NB PPR, fui confrontado com a impossibilidade de este produto mutualista ser transferido, pois, apesar de ser PPR, segundo os mesmos, é um MPR, não estão abrangidos pelo decreto de lei que faz jurisprudência sobre o tema. Posso pedir desistência associado, e reembolso do mesmo, mas teria que repor todos os benefícios fiscais tidos

    Já alguém passou pelo mesmo??? Como resolveram a situação???

    A única forma que vejo viável de momento, é manter a conta em "coma induzido", e ir pagando prestações do C.Habitação (tenho noutra instituição) com o mesmo, e usar capital para subscrição mensal do PPR que pretendo.

    Espero que isto sirva de alerta para quem está a pensar realizar subscrições da AM

    Agradeço sugestões e feedback  

    Obrigado.

    Também sou associado. A fiscalidade é equivalente aos PPR. Agora eu perguntei logo no inicio e indicaram-me que nunca seria transferido mas sim reembolsado no fim do prazo. E faz sentido visto ser um produto mutualista para ter ao longo da vida. Porque não utilizar ambos, este MPPR e o NBPPR, um garantido e outro sem garantia?...

    Pode ser usado também para pagar o CH.

    Link to post
    Share on other sites
    há 4 horas, Visitante Bucks disse:

    Também sou associado. A fiscalidade é equivalente aos PPR. Agora eu perguntei logo no inicio e indicaram-me que nunca seria transferido mas sim reembolsado no fim do prazo. E faz sentido visto ser um produto mutualista para ter ao longo da vida. Porque não utilizar ambos, este MPPR e o NBPPR, um garantido e outro sem garantia?...

    Pode ser usado também para pagar o CH.

    Correto 

    Mas com valorização de 0.15%/ano (pelo menos no último ano) quase não paga a cota (no meu caso particular) e daí procurar melhor alternativa, além de que as mais valias da associação mutualista encontram-se um pouco por toda a parte. Mas até 2010 era possível movimentar/transferir estes produtos. 

    De momento estou a usar para pagar CH

    Link to post
    Share on other sites

    Qual a diferença entre um PPR e um complemento de reforma da AMM? Os complementos de reforma têm benefícios fiscais?

    A modalidade mutualista Poupança Reforma é equiparada a um PPR – Plano Poupança Reforma, sendo aplicável o mesmo regime fiscal, isto é, o valor entregue a cada ano é passível de dedução à coleta em sede de IRS e, no momento de reembolso, aplica-se o regime fiscal dos PPR.

     

    https://foreveryoung.sapo.pt/preparar-a-reforma-o-guia-essencial-para-evitar-surpresas/

    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...